Logo do Fórum

SEMINÁRIO O FORTALEZA ESPORTE CLUBE QUE QUEREMOS
Clerton - 5-1-11 em 11:41 AM

Recebi um email do pessoal do Socio Torcedor sobre esse seminário e como acho importante a divulgaç?o para todos que possam participar, estou divulgando aos amigos aqui do forum.

Esse seminário tem o apoio da nova diretoria e isso mostra que estamos em outro rumo. Com certeza teremos um futuro muito melhor.
Parabéns ao pessoal do MITT e parabéns a nova diretoria por apoiar o evento.
--------------------------------------------------------------------------------

CONVITE SEMINÁRIO O FORTALEZA ESPORTE CLUBE QUE QUEREMOS

O FORTALEZA ESPORTE CLUBE convida os Srs. Sócios Torcedores a participarem do Seminário “ O FORTALEZA ESPORTE CLUBE que queremos”, evento planejado e organizado pelo MITT- MOVIMENTO INDEPENDENTE DA TORCIDA TRICOLOR, a ser realizado próximo sábado dia 08/01/2011 no Auditório da Câmara Municipal de Fortaleza situado ? Rua Dr. Thompsom Bulc?o N? 830 – Bairro Luciano Cavalcante, com início ?s 8h15min e encerramento ?s 17h15min.

As inscriç?es devem ser feitas na sala do MITT localizada no Complexo Administrativo Manoel Guimar?es na Av. Sen. Fernandes Távora, N? 200 – Pici ou pelo telefone 3496-2846 – ramal 31, o valor da taxa de inscriç?o ? de R$ 30,00 (trinta reais) para cobertura dos gastos com a realizaç?o do evento.

Contamos com a presença de todos.

Para visualizar o folder do seminário, clique aqui!!

http://www.eusoufortaleza.com.br/emkt/docs/seminario110108.pdf

[Editado em 5-1-2011 por Clerton]


SuperTricolor - 5-1-11 em 07:48 PM

Muito legal esse tipo de iniciativa!


guaramiranga - 27-1-11 em 08:42 PM

1. INTRODUÇ?O
Segundo divulgaç?o da Federaç?o Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), o Fortaleza Esporte Clube é um dos melhores clubes sul-americanos da primeira década do século XXI (2001-2010).
De acordo com o ranking divulgado pela entidade, que tem o reconhecimento oficial da FIFA, o nosso Tricolor de Aço desbancou clubes do Nordeste como Bahia e Náutico e figura como o 25? melhor clube do Brasil. Já na América Latina, o Le?o fica na 154? posiç?o.
Todo este sucesso foi prejudicado pelas últimas administraç?es do clube, que se distanciaram de uma administraç?o mais participativa para administraç?es mais paternalistas ou individualistas. O princípio do futebol empresa n?o tem se mostrado vencedor na maioria dos casos, e neste momento prevalece ? participaç?o do torcedor como cliente principal do clube, seja como sócio torcedor, seja como adquirente de produtos da marca do clube que implicam na obtenç?o de mais patrocinadores.
O MITT, neste tocante, promoveu um Seminário para discutir “O FORTALEZA ESPORTE CLUBE QUE QUEREMOS” com a participaç?o de profissionais do Futebol (Especialistas convidados, Dirigentes e Ex-Dirigentes) e os sócios do clube (conselheiros, sócios proprietários e sócios torcedores) com o objetivo de contribuir para o debate de novos rumos que o clube deveria tomar e discutir a viabilidade dos projetos planejados pela nova diretoria.

[Editado em 27-1-2011 por guaramiranga]


guaramiranga - 27-1-11 em 08:49 PM

6. Palestrantes
1? Palestra: “Receitas de um clube de futebol”
Maurício Pinheiro Dias – 10 anos no mercado de futebol, é Sócio Diretor da empresa Stadia, responsável pela tecnologia de acesso, bilhetagem e administraç?o de recebimentos.
Mark Pinheiro – Formado em Ci?ncia da Computaç?o em 1989 na PUC-PR. Participou da criaç?o dos Programas de Relacionamento do Clube Atlético Paranaense (Sócio Furac?o) e do Avaí Futebol Clube (Sócio Coraç?o).

2? Palestra: “O Marketing no Futebol”
Demétrius Coelho - Advogado, Especialista em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho com extens?o em Direito Desportivo pela FESAC.
Wilson Bastos - Atualmente faz Ph.D. em Marketing na Universidade do Arizona. Publicou, em 2010, um artigo cientifico sobre o comportamento do consumidor no periódico americano Journal of Positive Psychology.

3? Palestra “Administraç?o de um clube de futebol no nordeste e a importância dos conselheiros, sócios proprietários e sócios torcedores no sucesso desses clubes”
Jorge Mota – Advogado do Banco do Brasil, ex-Presidente FEC

4? Palestra “O Fortaleza Esporte Clube que Queremos”
Paulo Arthur – Atual Presidente da Diretoria Executiva

[Editado em 27-1-2011 por guaramiranga]


guaramiranga - 27-1-11 em 08:53 PM

- Direitos televisivos do clube como forma de aumentar suas receitas, mas de maneira inteligente e bem negociada;
- A importância dos preços dos ingressos no futebol europeu que ainda responde por 31% das receitas dos clubes;
- A venda de produtos da marca do clube em lojas oficiais ou autorizadas com percentual de repasse ao clube;
- Valorizaç?o do jogo como um espetáculo, e como tal, deve ser bem administrado e suas receitas maximizadas durante os jogos (venda de bebida nos bares, vendas de souvenires, ades?es de novos sócios, arrecadaç?es com sorteios etc);
- O processo de venda de ingressos deve ser profissionalizado de maneira que se evite a falsificaç?o de ingresso; facilitar a venda através do aumento dos pontos de venda antecipada; bilheterias suficientes para atender a demanda evitando que o torcedor evite comprar o ingresso; uso de catracas eletrônicas para agilizar o acesso aos torcedores e identificaç?o dos mesmos para efeitos estatísticos e campanhas de marketing; facilidade de pagamento na compra de ingressos; compra pela internet;
- Aprimorar o tratamento dos torcedores que v?o ao estádio desde a entrada até sua saída, deixando claro a satisfaç?o do clube em t?-lo como parceiro nos jogos;
- Os programas de relacionamento (Sócio Torcedor e Sócio Proprietário) que atualmente est?o atuando como verdadeiros reconstrutores dos clubes e reaproximando a torcida do clube. Há a necessidade dos dirigentes entenderem que os programas de relacionamento vierem para ficar e por isso devem ser estimulados e cobrados para satisfaç?o do torcedor;
- A título de informaç?o, a empresa que administra o sócio torcedor do Fortaleza, afirmou que o clube vai dispor de equipe própria nas aç?es que envolvem o projeto, tais como, campanha de marketing, tratamento do sócios, e incentivo a novas ades?es integrado com a diretoria do clube.

[Editado em 27-1-2011 por guaramiranga]


guaramiranga - 27-1-11 em 08:57 PM

- Tornar os jogos do Fortaleza em um evento, um espetáculo com som ambiente e sorteios de pr?mios nos intervalos;
- A necessidade de um trabalho constante para melhorar a auto-estima do torcedor, através da comunicaç?o direta com o torcedor, seja no estádio, seja na mídia;
- Melhorar a integraç?o com os parceiros (sócio torcedor, licenciamento da marca, lojas dedicadas ao clube) no sentido de melhorar o atendimento e aumentar a satisfaç?o dos torcedores;
- Valorizaç?o da marca Fortaleza para melhor negociar os patrocínios, deixando claro que a situaç?o atual do clube é passageira, e que o clube disp?e de uma ótima valorizaç?o na mídia nacional pelos títulos conquistados e o potencial de sua enorme torcida;
- Utilizaç?o da mídia para mostrar as credenciais do clube (história, títulos conquistados, posiç?o nos ranques esportivos, resultados das pesquisas colocando o clube como o de maior torcida no estado e com uma das maiores torcidas do nordeste etc);
- Valorizaç?o do site oficial do clube, tornando-o o principal meio de comunicaç?o entre o clube e a torcida (atualmente o site tem 5.000 acessos por dia);
- Valorizar a história do clube, através de seus ex-jogadores, como por exemplo, implantando a calçada da fama no Estádio Alcides Santos, construç?o do museu do clube, fotos dos times campe?es ao lado dos respectivos troféus etc.;
- Encontros periódicos entre os sócios, torcedores e dirigentes, como café da manh? com a diretoria e jogadores;
- A volta das festas sociais do clube, como por exemplo, a realizaç?o do pré-carnaval no Pici;
- O Fortaleza deve adotar uma política de marketing voltada para a troca de valores entre o clube e a torcida;


guaramiranga - 27-1-11 em 09:02 PM

- Situaç?o difícil que o Fortaleza Esporte Clube se encontrava no início do ano 2000, que levou a uni?o da família tricolor e levou o clube ? primeira divis?o do futebol brasileiro;
- A disputa vitoriosa com o rival em ótimas condiç?es financeiras, mas com um Fortaleza unido;
- Em uma época de dificuldades surgiu o trabalho de todos para reconstruç?o do clube, inclusive com a construç?o da nova sede e melhoria do estádio (arquibancadas, campo de futebol, salas de fisioterapia, musculaç?o, departamento médico e outros estruturas);
- O nascimento do sonho de chegar ? primeira divis?o do futebol brasileiro a partir da reestruturaç?o do clube e da uni?o de todos os tricolores;
- A importância do planejamento na administraç?o de um clube de futebol como o Fortaleza que ainda n?o é auto-suficiente financeiramente;
- Nenhum clube futebol se mantém se n?o formar um bom time que se mostre vencedor e motive o torcedor;
- A importância das categorias de base na sustentabilidade de um clube de futebol no nordeste. Das categorias de base o clube pode conseguir receitas com a venda de jogadores ou reduzir a folha salarial do clube tornando-o administrável;
- A importância do marketing no futebol atual no sentido de conseguir receitas alternativas para o clube;
- O departamento financeiro precisa ser atuante e co-responsável com o presidente da executiva para evitar o endividamento do clube;
- A precariedade do departamento médico traz muito prejuízo para o clube. Começa no exame médico antes da assinatura do contrato passando pela recuperaç?o de jogadores que os deixam muito tempo sem jogar e o clube pagando o jogador, e ainda, quando autorizam precipitadamente a volta do jogador muitas vezes piorando a contus?o;
- O departamento jurídico deve ser sempre consultado antes da celebraç?o dos contratos, bem como, na negociaç?o de encerramento dos contratos. Isto poderia evitar várias reclamaç?es trabalhistas que corroem as finanças do clube;
- O cuidado que se deve ter ao assinar os contratos com os jogadores da categoria de base. O clube deve ter um olho clínico para vislumbrar os jogadores que poder?o ter contratos mais longos a título de investimento. Se fizer contratos com um grande número de jogadores n?o qualificados, o clube aumentará suas despesas e enfrentará problemas para romper os referidos contratos;
- Os conselheiros e os sócios de um clube de futebol s?o importantes, mas um clube só é vitorioso se tiver uma grande torcida. O torcedor precisa ser valorizado, pois é a raz?o de ser de um clube de futebol;
- No momento de dificuldades financeira do clube, os conselheiros muitas vezes s?o chamados a contribuir. Infelizmente, esta necessidade afasta muitos conselheiros do clube, principalmente quando n?o ver resultados em campo;
- Embora a diretoria executiva tenha autonomia para tomar decis?es na administraç?o do clube, o conselho n?o pode deixar de se envolver e ficar omisso. Muitas vezes, o conselho n?o disp?e de mecanismos legais para substituir a diretoria do clube. Mas, seria importante que o novo estatuto do clube determinasse os limites até onde o presidente da diretoria executiva pode ir na conduç?o do clube;
- A diretoria de um clube deve agir com muita prud?ncia no trato com jogadores de futebol. Jogadores de futebol além do salário, geralmente reivindicam “bichos” por vitória e premiaç?o por títulos. Muitas vezes o dirigente é posto contra a torcida nos momentos de negociaç?o;
- O importante para o Fortaleza neste momento seria ter um projeto para dotar o clube de uma infraestrutura física e financeira que o levasse e o mantivesse na primeira divis?o do futebol brasileiro. A construç?o do Centro de Treinamento já é um grande passo, mas precisa ainda de uma carteira de sócios torcedores e proprietários, aliada a uma política de obtenç?o de receitas alternativas que possibilitasse a manutenç?o ou a contraç?o de jogadores de nível mais competitivo neste tipo de campeonato;

[Editado em 27-1-2011 por guaramiranga]


guaramiranga - 27-1-11 em 09:05 PM

- O clube deve dar uma maior importância a Timemania, pois através do que é arrecadado neste jogo, o Fortaleza vem conseguindo pagar sua dívida com os impostos devido ao poder público. Uma campanha de incentivo a apostas pela torcida tricolor poderia aumentar demasiadamente a arrecadaç?o do clube;
- Os benefícios que o Fortaleza oferece aos seus funcionários poderiam ser estendidos aos jogadores da categoria de base, como auxílio médico, dentista e cesta básicas. Muitos jogadores s?o pobres e precisam de ajuda neste aspecto. Outra aç?o importante para manutenç?o dos jogadores menores de 15 anos é a integraç?o do clube com os pais dos garotos, que em muitos casos s?o torcedores do Fortaleza;


guaramiranga - 27-1-11 em 09:09 PM

- O Fortaleza Esporte Clube na nova gest?o vai ser uma empresa que paga suas contas em dia;
- Para se conseguir um Fortaleza forte, se faz necessária uma diretoria forte, na qual cada diretor faz seu planejamento antes de assumir suas obrigaç?es;
- Cada diretoria terá sua autonomia segundo as diretrizes traçadas pelo presidente executivo e os interesses do clube;
- O Fortaleza que queremos é um clube auto-sustentável que n?o precisa da ajuda financeira de padrinhos ou de abnegados. É um clube que busca receitas alternativas para sua manutenç?o e investimentos;
- A política de reduç?o dos custos administrativos e racionalidade nas despesas correntes fazem parte de um clube bem sucedido;
- No relacionamento com a imprensa, o comando do clube vai ser enérgico quando os interesses do clube forem ameaçados ou quando a imagem do clube for posta ao ridículo;
- Os recursos oriundos de patrocínios ao clube devem ser aplicados de acordo com os interesses do clube, e n?o carimbados para determinada aplicaç?o. No caso específico dos recursos públicos, a diretoria vai negociar com os patrocinadores esta condiç?o;
- A diretoria vai buscar receitas para cumprir o fluxo de caixa do clube, desde as despesas atuais até a liquidaç?o de despesas anteriores, pois o clube é impessoal e responsável;
- O clube já projetou as potenciais receitas, bem como estabeleceu metas a serem alcançadas para o perfeito cumprimento do fluxo de caixa do clube;
- O novo Fortaleza vai ser administrado com uma política de “pé no ch?o” evitando a contrataç?o de jogadores de salários exorbitantes, muitas vezes reclamada pela imprensa como forma de colocar o dirigente contra a torcida. O Fortaleza que Queremos terá uma administraç?o responsável;

[Editado em 27-1-2011 por guaramiranga]


guaramiranga - 27-1-11 em 09:14 PM

- Para evitar obrigaç?es para os futuros dirigentes, os contratos firmados com jogadores n?o formados no clube ser?o encerrados no final da gest?o do presidente do clube no período;
- A metodologia de contrataç?o de jogadores n?o será a de ver o jogador em DVD, mas de ver o jogador em aç?o ou treinamento, e ainda conhecendo seu comportamento fora de campo. É recomendado que o técnico seja parceiro na decis?o de quem vai ser contratado;
- Os movimentos independentes, como o MITT, Projeto Arena Tricolor, IFEC, Torcidas Organizadas devem ser parceiros da diretoria e n?o interferir na gest?o do clube. Mas, suas aç?es devem ser coordenadas para atender as demandas do clube;
- Um fator importante para o sucesso do clube é a integraç?o entre a diretoria e a torcida.
- A valorizaç?o dos jogadores da base é prioritária na nova administraç?o, e os jogadores que se destacarem ter?o de imediato melhorias de salários;
- A contrataç?o de novos jogadores somente será feita após a avaliaç?o dos jogadores já contratados. O clube n?o pode inchar o elenco na busca de um time ideal;
- A manutenç?o de outras modalidades esportivas do clube no atual contexto financeiro deverá ser ainda avaliada.
No caso específico do futebol feminino, por exig?ncia da legislaç?o da Timemania, o clube deve dar apoio dentro das suas limitaç?es.
- Quanto ao Projeto Sócio Torcedor, o presidente informou que a diretoria de marketing está renegociando os percentuais contratuais. Houve uma alteraç?o na administraç?o do Projeto.
A meta da nova diretoria é de 10 mil sócios torcedores adimplentes em 2011.


guaramiranga - 27-1-11 em 09:18 PM

- A uni?o das chapas que concorreram nas últimas eleiç?es na composiç?o da nova diretoria foi uma decis?o de unir a família tricolor e levar o clube novamente ?s vitórias;
- As obras do Pici v?o continuar em 2011. A nova diretoria espera terminar seu mandato com o estádio com a capacidade para 10 mil torcedores.
O trabalho do Dr. Manoel Guimar?es no estádio foi muito destacado no seminário.
- Um grande destaque foi dado ao atual vice presidente Osmar Baquit, principalmente seu envolvimento nas decis?es do clube e seu companheirismo com o Presidente Paulo Arthur;
- Um fator que poderá ser muito importante para o sucesso do nosso clube é a interatividade que está havendo entre o conselho deliberativo e a diretoria executiva;
- O Presidente do Conselho Deliberativo espera contar com um número expressivo de conselheiros para ajudar a reconstruir o Fortaleza seja na área administrava, seja na
área de infraestrutura do clube, como, por exemplo, na manutenç?o do Centro de Treinamento e na conclus?o do Estádio Alcides Santos;


guaramiranga - 27-1-11 em 09:21 PM

O MITT conclui este Relatório Final consciente do dever cumprido, e demonstrando seu agradecimento aos senhores palestrantes e integrantes das mesas, bem aos participantes do evento, que se empenharam em repassar seus conhecimentos no sentido de contribuir com a reconstruç?o do Fortaleza Esporte Clube numa vis?o de
clube de futebol moderno, e levar novas idéias para a nova diretoria executiva com o objetivo de ajudar no planejamento do clube para alcançar suas metas para 2011 e 2012 que s?o: presentear os torcedores com o título de Penta Campeonato inédito para o clube, retornar o Fortaleza para a série B em 2011, e ainda, conseguir o acesso a série A em 2012.

Os DVDs com as palestras em sua íntegra podem ser obtidos na sede do MITT diante do pagamento de R$50,00 por DVD.

O sucesso do Seminário é dividido com todos os sócios e conselheiros que compareceram ao evento, com todos integrantes do MITT, com o Presidente do Conselho Deliberativo do Fortaleza e com toda diretoria do Fortaleza que prestigiou o seminário, em especial, com o Presidente Paulo Arthur que mostrou transpar?ncia e firmeza em suas atitudes na discuss?o sobre o que pensa a atual administraç?o do Fortaleza.


guaramiranga - 1-5-11 em 01:34 PM

O futebol é uma paix?o para o torcedor, mas é um grande negócio para os clubes. Alhures muito mais que aqui. Mas, por cá, as coisas est?o ganhando nova dimens?o. Vamos ao caso do/Ceará Sporting, que está na primeira divis?o nacional. De cara, a novidade impensável há apenas alguns anos: o clube já n?o depende da renda dos jogos para sobreviver. Com 13 mil sócios, o/Ceará arrecada 500 mil reais por m?s. Seis milh?es ao ano. Com o patrocínio de empresas nos uniformes e instalaç?es, levanta mais R$ 200 mil ao m?s ou R$ 2,4 milh?es/ano. No total, R$ 8,4 milh?es por ano. Se levarmos em conta a venda dos direitos de transmiss?o, esse valor praticamente dobra. O contrato de 2011 já foi assinado com o Clube dos 13. Portanto, o/Ceará hoje tem a garantia de um orçamento de aproximadamente R$ 20 milh?es para 2011. N?o vai ficar nisso.
Há tr?s semanas, no Rio de Janeiro, o presidente do/Ceará Sporting, Evandro Leit?o, se reuniu com o diretor executivo da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. A pauta: venda dos direitos de transmiss?o para 2012, 2013 e 2014. A Globo tinha em m?os os números do clube, como a ótimo média de pagantes nos jogos do time no Castel?o (menor apenas que o resultado do Corinthians em 2010) e o desempenho da venda do Pay Per View no Estado. Foi batido o centro da negociaç?o. Em breve, nova rodada de conversas.
O/Ceará planeja dobrar o valor que recebe hoje. A meta é receber aproximadamente R$ 70 milh?es nos tr?s anos pelos direitos de TV. O maior desafio continua o de sempre: manter-se na primeira divis?o.

Fabio Campos


FCOCARLOSBARBOSA - 1-5-11 em 04:34 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
O futebol é uma paix?o para o torcedor, mas é um grande negócio para os clubes. Alhures muito mais que aqui. Mas, por cá, as coisas est?o ganhando nova dimens?o. Vamos ao caso do/Ceará Sporting, que está na primeira divis?o nacional. De cara, a novidade impensável há apenas alguns anos: o clube já n?o depende da renda dos jogos para sobreviver. Com 13 mil sócios, o/Ceará arrecada 500 mil reais por m?s. Seis milh?es ao ano. Com o patrocínio de empresas nos uniformes e instalaç?es, levanta mais R$ 200 mil ao m?s ou R$ 2,4 milh?es/ano. No total, R$ 8,4 milh?es por ano. Se levarmos em conta a venda dos direitos de transmiss?o, esse valor praticamente dobra. O contrato de 2011 já foi assinado com o Clube dos 13. Portanto, o/Ceará hoje tem a garantia de um orçamento de aproximadamente R$ 20 milh?es para 2011. N?o vai ficar nisso.
Há tr?s semanas, no Rio de Janeiro, o presidente do/Ceará Sporting, Evandro Leit?o, se reuniu com o diretor executivo da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. A pauta: venda dos direitos de transmiss?o para 2012, 2013 e 2014. A Globo tinha em m?os os números do clube, como a ótimo média de pagantes nos jogos do time no Castel?o (menor apenas que o resultado do Corinthians em 2010) e o desempenho da venda do Pay Per View no Estado. Foi batido o centro da negociaç?o. Em breve, nova rodada de conversas.
O/Ceará planeja dobrar o valor que recebe hoje. A meta é receber aproximadamente R$ 70 milh?es nos tr?s anos pelos direitos de TV. O maior desafio continua o de sempre: manter-se na primeira divis?o.

Fabio Campos


E tudo isso, caro Guaramiranga, começou ou foi retomado a partir da torcida deles, que nós, erroneamente acho eu, a consideramos burra, abraçou a idéia salvadora de tornar realidade o sócio-torcedor, ou seja, com um pouco mais de R$ 1,00 por dia, isso mesmo, nós, assim como eles já o fazem, poderíamos em conjunto com os grandes baluartes tricolores devolver a todos nós o ORGULHO DE SER TRICOLOR DE AÇO.
Todavia, sem a torcida abraçar essa causa super importante e os desastres administrativos, desuni?o, péssimas contrataç?es e distratos mal feitos só um milagre para nos conduzir de novo aos nossos tempos áureos do início desse mil?nio.
Rezemos...


guaramiranga - 28-6-11 em 12:42 AM

A diretoria do Fortaleza Esporte Clube vem de público agradecer aos senhores conselheiros e colaboradores, as doaç?es feitas para a compra de novo mobiliário para os departamentos recém inaugurados no Parque dos Campeonatos.

Após ampla reforma no departamento de futebol do clube, promovida pela diretoria em parceria com o MITT no m?s de maio próximo passado, todo o mobiliário dos diversos setores daquele complexo foram trocados, além de mudanças dos móveis do setor administrativo. Todo o material foi adquirido para que na inauguraç?o dos setores, tudo estivesse renovado.

E como tudo que vem sendo feito na gest?o dos presidentes Osmar Baquit (Executiva) e Mozart Martins (Conselho Deliberativo), tem sido com a ajuda de conselheiros e colaboradores, no caso dos móveis n?o foi diferente. Mais uma vez esses verdadeiros abnegados tricolores chegaram junto e bancaram boa parte do valor investido na troca do mobiliário.

Diante disso, a Diretoria Executiva, na pessoa do seu presidente Osmar Baquit, agradece aos tricolores abaixo relacionados, que colaboraram em mais essa conquista no âmbito administrativo do clube.

Altemir Moura de Sousa (colaborador)
José Almiro Vasques (conselheiro)
Francisco de Assis Tomaz (conselheiro)
Elpídio Brígido Filho (conselheiro)
Gilberto Luiz de Carvalho (conselheiro)
Daniel de Paula Pessoa (conselheiro)
Paulo Uchoa Viana (conselheiro)
Demétrius Coelho Ribeiro (conselheiro)
Antonio Irapuan Teles Fortaleza (conselheiro)
Clóvis Bezerra do Carmo (conselheiro)
Paulo Albuquerque Costa (conselheiro)
Jo?o Fontenele Tahim (conselheiro)


guaramiranga - 16-8-11 em 04:32 PM

Citação:
Mensagem original enviada por FCOCARLOSBARBOSA
Também acho que, com uma ruma de jogadores sem compromisso com a Instituiç?o Fortaleza EC e também com sua torcida, o nosso foco agora sem dúvida é "Fica Le?o na 3? Divis?o” (que lamentável).
O passo seguinte é cobrar para que a atual Diretoria ou sua sucessora n?o siga o mesmo caminho traçado pelo RenAnta ao final de 2010, que inviabilizou totalmente a formaç?o de um time no mínimo decente pro manjadinho desse ano, evitando, assim, mais vexames.
3? passo: contratar ou definir um Diretor de Futebol que entenda de verdade de "futebol" e que n?o esteja de rachide com empresários.
4? passo: ...........
.
.
.
.
n passo: ..............
Por fim promover uma sess?o ecum?nica de desaloja lá no Pici.

Citação:
Mensagem original enviada por EduardoPaixaoGuilherme
Concordo!
E o nosso presidente que dá carta branca, azul, vermelha, branca pra esse Jurandir.
Meus amigos, se esse cara fosse bom ele estaria no kanal até hoje, o qual querendo ou n?o, é uma casa de moral e de ordem. E se tem moral e ordem, porque que ele n?o trabalha mais lá? Prefer vir para um time quebrado como está hoje o FEC?
Conversa pra boi dormir.
Fora Jurandir!
Rimou, até...

Trouxe essas mensagens para o tópico que considero mais adequado.

Lamentavelmente nem todos os tricolores avaliam bem os estragos que nos fazem há muito tempo.
E até hoje n?o entendo como todos conseguem formar times que apresentam algum padr?o de jogo, como Horizonte, ASA, Guarani Sobral e Guarani de Juazeiro.
Até o Crato (lembram dos 4x0?) conseguia.
Somente o Fortaleza n?o consegue.

Desde que Roberval Davino chegou no Pici os jogadores deixaram de jogar, os técnicos deixaram de treinar e tudo indica que todos paramos de trabalhar.
Passamos 45 dias e n?o sabemos o que fizeram lá.

Deve haver algo errado. Cleisson (jogou /Ceará e depois veio para o PICI) disse que perdeu a vontade de jogar, pois n?o sentia mais alegria. Nonato (artilheiro no Bahia) disse que jamais viu tanta desorganizaç?o como no PICI. Aderbal Lana (treinador amazonense) disse que a trairagem corria solta.

Continuo achando que nosso problema é falta de trabalho, de treinamento, de treinamento e de treinamento.
Deve faltar cobrança e assim falta trabalho.

Ou ent?o só tem uma explicaç?o :
Alguém deu nossa camisa ao Mick Jagger.
Temos que arranjar um jeito para que ele nos devolva.


FCOCARLOSBARBOSA - 16-8-11 em 05:41 PM

Guará essa do Mick Jagger foi 10 e até acho que voc? descobriu toda essa zica que estacionou lá pros lados do Pici.
Sugest?o: quem encontrar o Mick Jagger e conseguir que ele devolva o nosso manto, de quebra presenteia ele com uma bem novinha do k-anal.

[Editado em 16-8-11 por FCOCARLOSBARBOSA]


NonatodeManaus - 16-8-11 em 07:54 PM

Gostaria de expressar minha modesta opini?o:
O grande problema do Fortaleza n?o é dinheiro, muito pelo contrário, acho que somos um clube rico, a julgar pela enorme quantidade de jogadores que s?o contratados todos os anos.
O desperdício de dinheiro no Fortaleza é uma coisa astronômica, desde a época do grande Ribamar Bezerra, até a gest?o atual, haja vista que esse ano um time já foi contratado e mandado embora, e outro já foi contratado pelo Osmar Baquit.
O que falta no Fortaleza s?o homens inteligentes, que entendam pelo menos um pouquinho de futebol, e saibam contratar jogadores para o nosso Fortaleza.
Torçamos para que surjam novas revelaç?es de diretores, pois se continuar como está, cada vez mais afundaremos.


guaramiranga - 9-12-11 em 03:28 PM

Clube catarinense colhe muitos elogios ao final da apresentaç?o na maior feira de futebol e negócios do mundo

O Furac?o de Santa Catarina marcou presença na maior feira de futebol e negócios do mundo. Na manh? desta segunda-feira (28), terceiro dia da Soccerex Global Convention 2011, o Figueirense fez uma apresentaç?o no Workshop Comercial de Clubes com o tema Os Desafios e a Busca pela Inovaç?o, explanando a parceria com a empresa Alliance Sports, que trouxe a reestruturaç?o e profissionalizaç?o na gest?o do Clube Alvinegro.

Em uma participaç?o inédita, o Figueirense Futebol Clube foi o único representante Brasileiro no Workshop, que também contou com a participaç?o do Chelsea (Inglaterra), Real Madri (Espanha), Boca Juniors (Argentina), Milan (Itália), Hamburger SV (Alemanha) e a ag?ncia de publicidade Punto Ogilvy (Uruguai).


guaramiranga - 9-12-11 em 03:28 PM

A chegada da Alliance Sports no Figueirense

Após o vídeo, Moura apresentou a empresa Alliance Sports, sua estrutura e a atuaç?o dela dentro do Figueirense. A parceira chegou ao Clube em março de 2010, quando o time estava na série B, com apenas 6.500 associados ativos, com menos de 12% dos direitos econômicos de cada atleta da base e tendo 100% dos custos, e praticamente falido.

O desafio era muito grande, ainda mais para um clube do porte do Figueirense, e para reverter ? situaç?o foi preciso criar pilares sólidos para enfrentar o poder econômico e dar a volta por cima.

Profissionalismo e planejamento aliados ao esporte

Renan Dal Zotto, diretor de operaç?es e marketing, apresentou ? platéia o Guia de Planejamento do Figueirense 2010/2015, onde nele est?o os caminhos que o Clube seguiu para a sua reestruturaç?o, e ainda segue nos seus modelos de gest?o e profissionalizaç?o. “Percebemos que a Instituiç?o Figueirense precisa crescer como um todo, isso para n?o ficarmos eternamente refém dos resultados técnicos em campo, para isso precisamos ter uma gest?o integrada, é justamente em momentos de dificuldades que o clube precisa ser forte para superar estas fases", explicou Dal Zotto.


guaramiranga - 9-12-11 em 03:30 PM

O resultado da parceria entre Figueirense e Alliance Sports surtiu efeito já no primeiro ano, em 2010, quando o Clube Alvinegro retornou ? elite do futebol nacional. Em 2011, a equipe vem disputando o seu melhor campeonato brasileiro, quebrando recordes históricos e pela primeira vez disputando uma vaga na Copa Libertadores da América.

Também neste ano, o Figueirense praticamente dobrou o número de associados ativos, chegando ? 13.600. Um número muito importante, já que seu estádio, o Orlando Scarpelli, possui uma capacidade de 19.584 lugares.


Renan Dal Zotto explicou que a ideia de fazer do Figueirense um dos tr?s maiores times do sul do Brasil n?o é utópica, e para acompanhar esse crescimento do Clube foi desenvolvido pela equipe de gestores alvinegros, uma matriz de indicadores esportivos e financeiros, que trabalham em vários aspectos, tais como: Centro de Treinamento de qualidade, estádio próprio, participaç?es em campeonatos da série A, ranking da CBF, dívidas, média de público, produtos licenciados, etc.


guaramiranga - 9-12-11 em 03:30 PM

Como se fazer mais com menos

O diretor de futebol Marcos Teixeira apresentou aos participantes do Workshop toda a estrutura do futebol profissional do Figueirense, e como ela é enxuta, porém muito eficaz.

Abordando a composiç?o do departamento e os profissionais que nele atuam, Teixeira mostrou como é possível fazer um trabalho com qualidade embora tenha poucos recursos para isso. Segundo o diretor, a margem de erro do Figueirense precisa ser muito pequena, e para isso, o futebol possui um sistema de gest?o próprio, que atua individualmente para cada atleta. Esse sistema também auxilia, através de diversas estatísticas, no rendimento dos jogadores após cada partida, e também na montagem do elenco, gest?o de contratos, investimento em cada atleta, etc.


O sucesso do Figueirense em 2011 se deve ao equilíbrio conseguido através do profissionalismo no departamento de futebol. Um elenco sem grandes estrelas e sem salários milionários, mas com muita vontade de vencer, tanto é que passou grande parte do Campeonato Brasileiro entre os 10 primeiros lugares na classificaç?o.


guaramiranga - 5-11-13 em 08:06 PM

O Fortaleza Esporte Clube realiza no próximo dia 4 de dezembro o Seminário Fala Le?o. O evento, voltado para o programa Le?es do Pici e para o Sócio Proprietário, faz parte da celebraç?o dos dois anos de criaç?o do Programa de Fidelidade Fortaleza.

Entre as aç?es est?o a apresentaç?o de experi?ncias de sucesso que s?o exemplo em outros clubes do País e também a oportunidade do torcedor participar ativamente do crescimento do programa.

O Fala Le?o é uma oportunidade para que o sócio-torcedor e o sócio-proprietário conheçam melhor o Le?es do Pici, com a proposta de fomentar a troca de ideias e o recebimento de proposiç?es para a melhoria do programa.

Durante o seminário, os sócios-torcedores e sócios-proprietários ser?o convidados a conhecer, discutir e propor aç?es sobre a transpar?ncia do Le?es do Pici, além de participar ativamente da elaboraç?o de propostas que permitam a melhor relaç?o entre o programa e seus associados, a valorizaç?o da marca Fortaleza Esporte Clube, a gest?o e o funcionamento do programa de sócios, entre outros pontos.

De caráter participativo e propositivo, o Seminário Fala Le?o é um dos resultados do trabalho de consultoria realizado no Fortaleza Esporte Clube, iniciado em junho de 2013. As consultorias focaram, prioritariamente, na estrutura organizacional e gest?o do clube, desenvolvendo atividade de análise nas áreas administrativa, financeira e operacional, mapeamento de processos, avaliaç?es de atribuiç?es funcionais, gest?es estratégicas, promoç?o institucional e acompanhamento periódico de relatórios.


guaramiranga - 5-11-13 em 08:18 PM

Coletiva de imprensa

Todos os detalhes sobre o Seminário Fala Le?o ser?o apresentados em entrevista coletiva nesta terça-feira (5), a partir das 16h horas, na Sala de Imprensa do Fortaleza. Alisson Celedonio e Ernesto Antunes devem apresentar ? imprensa as informaç?es sobre o evento e sobre a participaç?o dos sócios.

Em breve, as inscriç?es ser?o abertas, gratuitas e voltadas para o sócio-torcedor e o sócio-proprietário.

http://fortalezaec.net/Arquivos/Fotos/514x386/201311051235-Fala-Leao.jpg


guaramiranga - 7-11-13 em 11:51 AM

O evento mais importante do Fortaleza nessa reta fina de ano é sem dúvida o Seminário Fala Le?o. O evento está marcado para o próximo dia 4 de dezembro e será aberto para quatrocentas pessoas.

Informaç?es sobre o Seminário foram repassadas ? imprensa pelos organizadores do evento, em entrevista coletiva realizada na tarde dessa quarta feira, na Sala de Imprensa Carlos Rolim Filho, com explanaç?es do gerente do Programa de Fidelidade Fortaleza, Alisson Celedonio, do colaborador Fernando Elpídio e do consultor do Sebrae, Ernesto Antunes.

Segundo Alisson será uma grande oportunidade dos sócios torcedores e sócios proprietários conhecerem melhor o funcionamento dos programas: “Estamos completando dois anos do nosso programa de sócios, e queremos que o associado conheça como isso funciona e como o dinheiro dele está sendo empregado no clube, bem como sugerir inovaç?es”, assinalou.

O consultor do Sebrae, Ernesto Antunes está prestando serviço para o Fortaleza desde junho, trabalhando n?o só no Le?es do Pici, mas no clube como um todo: “Desde o meio do ano que estamos analisando de forma detalhada o funcionamento da parte administrativa do Fortaleza, que com o empenho dos gestores e a ajuda da sua torcida, deve em breve ser profissionalizado em todos os setores, funcionando realmente como uma empresa”, acentuou.

Sobre o desenvolvimento do Seminário Fala Le?o, Fernando Elpídio informou como funcionará: “Será aberto para um grupo de aproximadamente quatrocentas pessoas. Esse pessoal será distribuído em tr?s grupos de trabalho com temas diferentes, com os participantes tendo a oportunidade de apresentar propostas e discutir estratégias que visem melhorar o atendimento e maximizar o programa”, ressaltou o organizador.

O Seminário Fala Le?o ainda n?o tem o local de realizaç?o definido, entretanto o evento deve ser realizado no auditório do Sebrae, funcionando em tr?s turnos.


guaramiranga - 23-11-13 em 11:07 PM

De caráter participativo e propositivo, o I Seminário Fala Le?o é um dos resultados da consultoria empresarial realizada no Fortaleza Esporte Clube. O Projeto também faz parte da programaç?o oficial de comemoraç?o dos dois anos de fundaç?o do Programa de Fidelidade Fortaleza – Le?es do Pici. O “Fala Le?o” acontece no dia 04 de dezembro, no Marina Park Hotel.

A realizaç?o da primeira ediç?o desse evento é estratégica, objetivando uma verdadeira participaç?o dos sócios torcedores e sócios proprietários no futuro do Fortaleza Esporte Clube. A proposta também é tornar o evento permanente no calendário oficial do Clube.

Podem se inscrever Sócios Proprietários e associados do Programa de Fidelidade Fortaleza, que pela primeira vez ter?o a oportunidade de conhecer detalhadamente como funciona o Programa, bem como debater e opinar sobre o que pode e deve ser melhorado para que o torcedor do Le?o continue sendo o principal patrocinador do clube.


guaramiranga - 23-11-13 em 11:08 PM

Confira a programaç?o do I Seminário Fala Le?o

TARDE
Sal?o Escuna / Marina Park Hotel
15H30 - Credenciamento e Entrega de Kit
17 horas - Abertura Oficial
17h30min - Palestra “Movimento por um Futebol Melhor” /Rafael Pulcinelli
18 horas – Palestra “Le?es do Pici 2 Anos” / Alisson Celedonio
18h30min - Apresentaç?o dos Grupos de Trabalho / Fernando Elpídio

NOITE
Sal?o Catamar? e Sal?o Iate / Marina Park Hotel
19 ?s 21 horas - Atividades dos Grupos de Trabalho
21h30min - Coquetel de Encerramento

Toda a programaç?o do I Seminário Fala Le?o será gratuita, e o acesso ?s palestras e grupos de trabalho será administrado através do credenciamento dos sócios torcedores e sócios proprietários confirmados nas inscriç?es. Confira o regulamento no site www.leoesdopici.com.br.

Outras informaç?es:
(85) 3055.2846 / 3055.1918


guaramiranga - 1-12-13 em 12:00 PM

No momento, parece um dos sonhos mais distantes ver o Fortaleza na Série A, se ele ainda está na Série C do Brasileiro. Entretanto, fazendo um trabalho planejado, um grupo de torcedores do clube, de bom poder aquisitivo, quer dotar o clube das condiç?es ideais para atingir esse objetivo. E eles juram que n?o desejam receber nada em troca.

Esses torcedores n?o querem aparecer para mostrar o que far?o. Mais se sabe que est?o sendo organizados pelo jornalista Marcos André, dono da VSM Comunicaç?o. "O grupo é bem eclético, formado por profissionais de diversos segmentos industriais, profissionais liberais, altos executivos do setor público e privado, magistrados, médicos", exp?e Marcos André.

A proposta é se reunir com a diretoria atual para montar a estrutura e oferecer a contribuiç?o em curto prazo (Estadual e acesso ? Série B) e - principalmente - em médio prazo (valorizando as categorias de base para chegar forte no centenário) e torná-lo autossustentável.


guaramiranga - 5-12-13 em 01:36 AM

Mesmo com as inscriç?es encerradas, quem n?o se inscreveu ainda tem a oportunidade de participar via internet, mandando suas propostas e projetos www.leoesdopici.com.br, no link Fala Le?o, onde todos os Sócios Torcedores e Sócios Proprietários precisam apenas preencher o formulário completamente e enviar. Mas ainda há outra oportunidade para aqueles que n?o se inscreveram, pois poder?o faz?-lo na hora, no Marina Park Hotel. Valendo ressaltar que restam poucas vagas.

O I Seminário Fala Le?o começa a partir das 15h30min, com o credenciamento e a entrega dos kits. A abertura será ?s 17 horas, no Sal?o Escuna, onde também acontecem as palestras e apresentaç?o dos grupos de trabalhos. As atividades dos grupos e o coquetel de encerramento será nos Sal?es Catamar? e Iate.

O I Seminário Fala Le?o é um dos resultados da consultoria empresarial realizada no Fortaleza Esporte Clube. O Projeto também faz parte da programaç?o oficial de comemoraç?o dos dois anos de fundaç?o do Le?es do Pici - Programa de Fidelidade Fortaleza.
http://fortalezaec.net/Arquivos/Fotos/514x386/201312041634-Seminario.jpg


Sartojr - 5-12-13 em 02:59 AM

Show de bola o seminário.


Sartojr - 5-12-13 em 02:37 PM

Citação:
Mensagem original enviada por Sartojr
Show de bola o seminário.


Participei do debate "Gest?o da informaç?o e transpar?ncia". O principal pedido dos torcedores que participaram de tal debate foi a disponibilizaç?o dos balanços contábeis no site do Fortaleza.

Acho que o efeito foi imediato. heheh

http://fortalezaec.net/Noticia/Ver/Conselho-Deliberativo-apresenta-balanco-patrimonial-201312051012