Logo do Fórum

Diretoria está trabalhando 24 horas por dia, 7 dias por semana
guaramiranga - 17-12-12 em 11:04 AM

http://fortalezaec.net/Arquivos/Fotos/514x386/201212162233-Visita-Dilma.jpg
“Boa tarde a todos. Ouvi dizer que essa camisa é um presente pra mim. É verdade?” Perguntou a presidente apertando a m?o de Baquit, que a aguardava ? beira do gramado do Pici. “É sim presidenta, n?o só a camisa, mas como também esse cart?o de sócio do nosso Programa de Fidelidade”, respondeu o dirigente tricolor.

“Muito bonita a camisa do Fortaleza. Uma das mais bonitas que já recebi”, ressaltou Dilma posando com o presente. Advertida de que seu nome estava estampado nas costas da camisa, a presidente virou-a imediatamente, “Olha que lindo. Muito obrigada. Agradeceu a Chefe do Estado Brasileiro.

Enquanto conversava com o presidente Baquit, Dilma observava atentamente a estrutura do Estádio Alcides Santos. “Muito bonito o estádio de voc?s. Organizado. Qual a capacidade?” Indagou. Osmar respondeu já adiantando um pedido, sobre a possibilidade de um patrocínio da Caixa Econômica Federal, no que Dilma respondeu sorrindo: “Procure o Banco do Brasil mesmo”.

Foi um domingo marcante na história do Fortaleza Esporte Clube e do Parque dos Campeonatos, que teve o privilégio de receber a visita de uma Chefe de Estado, e exatamente a nossa presidenta Dilma Rousseff, que encantou a todos pela sua simplicidade e educaç?o para com os dirigentes tricolores.

Do Pici, Dilma Rousseff seguiu para uma visita ao Hospital da Mulher, e logo depois foi participar da inauguraç?o do Arena Castel?o.

Receberam a presidenta Dilma no Pici, além de Osmar Baquit, o assessor da presid?ncia Adailton Campelo, os diretores Noé de Brito, Fábio Mota e Aldemir Melo, bem como o assessor de imprensa Nodge Nogueira.


guaramiranga - 3-1-13 em 11:24 AM

O presidente Osmar Baquit confirmou mais outras contrataç?es, como a do volante Jackson, de 30 anos, que estava no Guarani de Campinas. "É o maior ladr?o de bola da Série B", comentou Baquit.

O volante Jonilson, de 34 anos, que passou por vários clubes de S?o Paulo, também foi confirmado.

O Fortaleza acertou ainda com o goleiro Saulo, do Guaratinguetá/SP.


guaramiranga - 2-8-13 em 03:39 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Enquanto conversava com o presidente Baquit, Dilma observava atentamente a estrutura do Estádio Alcides Santos. “Muito bonito o estádio de voc?s. Organizado. Qual a capacidade?” Indagou.
Osmar respondeu já adiantando um pedido, sobre a possibilidade de um patrocínio da Caixa Econômica Federal, no que Dilma respondeu sorrindo: “Procure o Banco do Brasil mesmo”.


A Caixa patrocina um monte de times.
Dilma mandou procurar o Banco do Brasil.
Alguém fez o pedido?


NonatodeManaus - 4-8-13 em 03:10 PM

Podem até trabalhar 7 dias por semana, 30 dias por m?s ou 365 dias por ano, mas o fazem de uma forma muito equivocada, onde sobra a incompet?ncia.
N?o sei como o Fortaleza, um time rico, que contrata e manda embora dezenas de jogadores toda temporada ( isso custa caro) e mantém um treinador com um salário que nem clubes da série B pagam, e mesmo assim n?o se consegue fazer um time que preste.
Gostaria que esses dirigentes, alguns empresários e outros políticos, contratassem para suas empresas e/ou gabinetes, profissionais com a qualidade que contratam jogador para o Fortaleza.
Falta tudo: homens capazes, planejamento sério, metas para serem cumpridas com atitudes(corretas) e n?o com palavras.
Dizem que temos uma boa categoria de base...boa para que mesmo? será que os jovens cearenses n?o sabem jogar bola, para se aproveitar pelo menos um por temporada?
Fico triste em n?o ter nenhum prazer em assistir, ou pelo menos acompanhar pela internet um jogo do Fortaleza, já que sempre tenho uma certeza e uma dúvida: a certeza é que seremos derrotados nos jogos fora de casa, e a dúvida é se conseguiremos vencer em casa.
Essa contrataç?o do HDA com o alto salário e a tal multa rescisória, para trabalhar com esse elenco de qualidade duvidosa, foi um ato de extrema irresponsabilidade e incompet?ncia, já que ele n?o pede para sair, nem o Fortaleza o demite...será que morrer?o abraçados? Deus queira que n?o...é o Vanderley Luxemburgo fazendo escola.


guaramiranga - 6-8-13 em 12:55 AM

O vice-presidente da diretoria executiva do clube começou a entrevista falando sobre a opç?o pelo treinador Luís Carlos Martins, que chega amanh? a capital cearense, treina o Le?o no Parque dos Campeonatos e na quarta-feira já estará no PV, comandando o Tricolor de Aço pela 1? vez em 2013. “É um treinador que tem recentemente conquistado muitos acessos. E é isso que nós queremos agora. Sempre tive muito desejo de trazer o Luis Carlos Martins para cá e a torcida deve estar muito satisfeita com a contrataç?o”.

Em seguida Daniel Frota comentou com os setoristas sobre a importância do torcedor no projeto “Dívida Trabalhista Zero” e explicou a todos de onde surgiu a ideia do projeto. “Peço ao torcedor que comparecerá em grande número ao PV, que compre o cupom do programa Dívida Zero. Foi uma medida criada pelo Vasco da Gama e que está dando muito certo lá, por isso nós resolvemos copiar”.

Por fim, Daniel Frota falou sobre a sua conversa com Luis Carlos Martins. O vice presidente fechou a contrataç?o do treinador na manh? deste sábado e comentou com o novo comandante sobre o atual elenco do Tricolor e a Série C. “Ele conhece parte do elenco. Me perguntou sobre o Guaru, Esley, Marinho Donizete, Fabrício e Assisinho, alguns dos jogadores que ele conhece. É um treinador que acompanha a Série C e que se mostrou muito empolgado em vir para o Fortaleza”.


guaramiranga - 6-8-13 em 02:08 PM

Hélio dos Anjos e Jurandi Junior n?o fazem mais parte da realidade do Fortaleza. A diretoria do clube optou pelas mudanças e, assim, técnico e gerente de futebol foram substituídos. Entram Luiz Carlos Martins e Julio César Manso.

Há algo em comum em ambos que n?o garante o acesso, mas é sempre importante: seriedade e compet?ncia. Para voltar a disputar a Série B n?o basta, evidente, e qualificar o elenco ou que pelo menos dar ao atual time uma cara, um sistema tático definido e bem trabalhado, é fundamental.
Com os profissionais anteriores, muito contestados, principalmente Jurandi, alvo de protestos constantes da torcida, isso n?o estava ocorrendo e os resultados em campo ficaram nítidos para tal caminho. Perda da classificaç?o para a Copa do Nordeste 2014 (o time nem chegou nas finais do cearense), eliminaç?o para o Luverdense na Copa do Brasil e recentemente perda do lugar no G4 na Série C.

A decis?o do presidente Osmar Baquit e do vice, Daniel Frota, é mais uma tentativa de tirar o time da Série C. Desde que caiu, já é o quarto ano de disputa, algo que, nem é preciso dizer, incomoda demais. A diretoria tem sua grande parcela de culpa, talvez a maior, e agora confia em dois profissionais com experi?ncia (Julio Manso já exerceu o cargo no clube e Luiz Carlos Martins tem bons trabalhos em divis?es de acesso) e na mudança de comando da equipe para que o time chegue ao G4 e dispute o mata-mata que vai classificar para a Segundona de 2014.

Luiz Carlos Martins e Julio Manso t?m um desafio enorme e muita responsabilidade para tentar fazer o time jogar o que ainda n?o conseguiu.
V?o ter que buscar do grupo algo que esses jogadores que o formam ainda n?o tiveram: entrega total, talento e capacidade para superar as dificuldades inerentes ao atual momento do clube.


guaramiranga - 15-8-13 em 05:42 PM

Para 2013, sem chance. Mas para 2014, a possibilidade de patrocínio é bem razoável. Esse foi o saldo da reuni?o dos dirigentes de /Ceará e Fortaleza com representantes da Caixa Econômica Federal na tarde desta quarta-feira (14), em Brasília.

No encontro, que durou cerca de 50 minutos, o presidente da instituiç?o bancária, Jorge Hereda, foi taxativo ao afirmar que, para este ano, a chance de patrocínio n?o existe, uma vez que o orçamento da Caixa para 2013 já foi fechado e aprovado pelo Conselho.

Para o ano que vem, o executivo deixou as 'portas abertas' para um acordo. Com ressalvas. "Da reuni?o, ficou certo que a Caixa se disp?e a fechar essa parceria, mas desde que os dois clubes criem uma relaç?o institucional, que pode ser feita com órg?os públicos, no caso Prefeitura e Governo do Estado, ou mesmo companhias privadas. Se isso acontecer, tá resolvido", destacou, em entrevista exclusiva ao Portal Esportes O POVO, o deputado federal Danilo Forte, que mediou o encontro entre os clubes e a Caixa.

A 'relaç?o institucional', em quest?o, seria a contra-partida para o patrocínio. Um dos cenários mais lógicos seria a Caixa Econômica fechar acordo de exclusividade para assumir as contas bancárias do funcionalismo público do Estado ou da Prefeitura de Fortaleza. "Teve um clube, n?o me recordo agora qual, que fechou com a Caixa Econômica cedendo as contas de uma rede de Supermercados. Ou seja, o acordo pode ser uma relaç?o institucional com uma empresa privada", ressaltou o parlamentar.

O Portal Esportes O POVO apurou que o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, já foi acionado para entrar no caso e deve participar da próxima reuni?o que debaterá os patrocínios para os clubes cearenses.


Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Enquanto conversava com o presidente Baquit, Dilma observava atentamente a estrutura do Estádio Alcides Santos. “Muito bonito o estádio de voc?s. Organizado. Qual a capacidade?” Indagou.
Osmar respondeu já adiantando um pedido, sobre a possibilidade de um patrocínio da Caixa Econômica Federal, no que Dilma respondeu sorrindo: “Procure o Banco do Brasil mesmo”.


Repito mais uma vez:
A Caixa patrocina um monte de times.
Dilma mandou procurar o Banco do Brasil.
Alguém fez o pedido?


guaramiranga - 23-8-13 em 02:16 PM

O Prefeito Roberto Cláudio esteve reunido ontem ? tarde no Paço Municipal com o presidente do Fortaleza, Osmar Baquit, com o vice do /Ceará, Robinson de Castro, com o presidente da Federaç?o Cearense de Futebol, Mauro Carmélio e com seu assessor, Carlos Silva, e com o deputado federal Danilo Forte. A pauta do encontro era o patrocínio da Caixa aos clubes locais, com a participaç?o da Prefeitura.

A Caixa quer a Prefeitura Municipal como parceira institucional, para que possa liberar o patrocínio. Se tudo for definido, o patrocínio será somente em 2014. O Prefeito Roberto Cláudio disse que Prefeitura já é parceira da Caixa, mas esse relacionamento poderá ser aprofundado. No final de setembro os clubes voltam a se encontrar com o Prefeito, que irá checar seus contratos anteriores com a Caixa e assim poder preencher um dos requisitos para o patrocínio. Com a reposta do Município, em termos de parceria com a Caixa, será definido ou n?o o patrocínio para o ano que vem.


LinoFortaleza - 26-8-13 em 10:53 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Hélio dos Anjos e Jurandi Junior n?o fazem mais parte da realidade do Fortaleza. A diretoria do clube optou pelas mudanças e, assim, técnico e gerente de futebol foram substituídos. Entram Luiz Carlos Martins e Julio César Manso.

Há algo em comum em ambos que n?o garante o acesso, mas é sempre importante: seriedade e compet?ncia. Para voltar a disputar a Série B n?o basta, evidente, e qualificar o elenco ou que pelo menos dar ao atual time uma cara, um sistema tático definido e bem trabalhado, é fundamental.
Com os profissionais anteriores, muito contestados, principalmente Jurandi, alvo de protestos constantes da torcida, isso n?o estava ocorrendo e os resultados em campo ficaram nítidos para tal caminho. Perda da classificaç?o para a Copa do Nordeste 2014 (o time nem chegou nas finais do cearense), eliminaç?o para o Luverdense na Copa do Brasil e recentemente perda do lugar no G4 na Série C.

A decis?o do presidente Osmar Baquit e do vice, Daniel Frota, é mais uma tentativa de tirar o time da Série C. Desde que caiu, já é o quarto ano de disputa, algo que, nem é preciso dizer, incomoda demais. A diretoria tem sua grande parcela de culpa, talvez a maior, e agora confia em dois profissionais com experi?ncia (Julio Manso já exerceu o cargo no clube e Luiz Carlos Martins tem bons trabalhos em divis?es de acesso) e na mudança de comando da equipe para que o time chegue ao G4 e dispute o mata-mata que vai classificar para a Segundona de 2014.

Luiz Carlos Martins e Julio Manso t?m um desafio enorme e muita responsabilidade para tentar fazer o time jogar o que ainda n?o conseguiu.
V?o ter que buscar do grupo algo que esses jogadores que o formam ainda n?o tiveram: entrega total, talento e capacidade para superar as dificuldades inerentes ao atual momento do clube.


Só uma perguntinha e uma resposta ao exilado: Esse tal de Jurandir já escafedeu do Pici?


guaramiranga - 27-8-13 em 02:24 PM

A Série C do Campeonato Brasileiro, para um time de massa como o Fortaleza, se apresenta como uma espécie de ´cárcere´ para o clube.

Nessa situaç?o, o clube v? investimentos minguarem e a torcida fica apreensiva.

Para tentar fugir dessa condiç?o indigesta, o clube tem buscado há quatro anos, entre erros e acertos, a importaç?o de jogadores, sempre em busca do time ideal para subir ? Série B.

Se for feita a conta de 2010 - quando o time iniciou as disputas da Série C - até os dias atuais, as sucessivas diretorias que passaram pelo clube n?o pouparam tentativas. Nesse período, já chegaram ao Pici 148 atletas.

A vinda desses profissionais sempre acarreta em despesas extras, como passagens, hospedagens e moradia, o que onera ano a ano as finanças do clube.

A ´ciranda´ de contrataç?es começou em 2010. Naquele ano, foram trazidos 33 jogadores na temporada. O tetra estadual foi atingido, mas a fuga da Série C n?o foi possível.

Assim, em 2011, vieram 46 jogadores, sendo 21 para o Campeonato Cearense e 25 para a Série C. Desta feita, nem Estadual nem acesso ? Série B.

Em 2012, mais 35 reforços foram trazidos pelo clube e agora, em 2013, já foram contratados 34 jogadores.

Os números assustam porque dividindo-se os 148 jogadores em quatro temporadas (48 meses), chega-se ao número de tr?s novos jogadores chegando por m?s, ou ainda, uma média de uma contrataç?o a cada dez dias.

Nos quatro anos em que esteve na Terceirona, 13,5 times foram formados pelo clube do Pici sem que houvesse a resposta esperada em campo, ou seja, o acesso para a Série B.

O vice-presidente do clube, Daniel Frota, faz ressalvas: "no nosso caso, n?o podemos dizer que todos s?o importaç?es. Temos vários jogadores que s?o da regi?o e até cearenses. Os de outras gest?es vieram porque sempre há a busca pelo elenco ideal. Se os jogadores que temos em casa sozinhos n?o podem resolver, sempre há a necessidade de serem contratados outros", justificou o dirigente.

Ivan Bezerra, DN, 27/08/13


guaramiranga - 12-9-13 em 12:17 PM

Com a mesma opini?o de Baquit, o vice-presidente do Fortaleza Esporte Clube também ressaltou a importância da presença maciça da torcida no jogo do fim de semana.

“Trouxemos dois jogadores e isso já foi fruto da presença do torcedor domingo, pois deu um ânimo e coragem para arriscar mais um pouco na competiç?o e nas contrataç?es. A torcida nos deu um combustível muito grande”.

Daniel Frota também aproveitou a oportunidade para comentar do sucesso que foi a campanha Dívida Trabalhista Zero, além de explicar como será a próxima promoç?o.

“Foi um sucesso absoluto, com 340 cartelas vendidas. Agora faremos uma com o mesmo valor e na compra o torcedor ganhará o ingresso do jogo contra o Sampaio Correia/MA e poderá ganhar um iPad. Participando do “Dívida Trabalhista Zero” o torcedor está investindo no futebol do Fortaleza”.

No fim, Daniel discorreu sobre Danilo Rios e Celsinho, contrataç?es que vieram para qualificar e gabaritar ainda mais o elenco do Tricolor de Aço.
“S?o dois jogadores que estavam em plena atividade, jogaram no fim de semana e eram destaques em seus clubes.
O Celsinho inclusive fez gol na rodada do fim de semana. O Danilo Rios foi destaque nacional, eliminando clubes como Ponte Preta/SP e Coritiba atuando pelo Nacional/AM na Copa do Brasil”.


guaramiranga - 13-11-13 em 05:02 PM

Hoje é dia de abraçar e parabenizar um dos grandes destaques da diretoria executiva do Fortaleza Esporte Clube no decorrer deste ano. O Vice presidente Daniel Frota, que aniversaria na data de hoje.

Responsável direto pelo equilíbrio financeiro alcançado pelo clube na atual gest?o, Frota trabalha 24 horas do dia em prol do Tricolor de Aço, com muita dedicaç?o e determinaç?o, primando pela transpar?ncia e acima de tudo com honestidade de propósitos.

A família leonina parabeniza e agradece a esse grande Tricolor pelo trabalho hercúleo e pelo esforço despendido em favor das coisas do Fortaleza Esporte Clube, desejando-lhe muita saúde, paz e sobretudo muita fé, pois 2014 está chegando e há de premiar o trabalho que vem sendo desenvolvido.