Logo do Fórum

[2013] - Tudo sobre o FEC na imprensa
guaramiranga - 6-1-13 em 06:25 PM

Blog do Graziani, 04/01/13

Leandro tem capacidade para ser o melhor reforço e um dos destaques do Fortaleza em 2013. Evidente que faz um bom tempo que o jogador n?o se destaca (suas passagens por Gr?mio, Comercial e Vasco n?o foram boas), mas é difícil acreditar que ele n?o saiba mais jogar futebol, ainda que tenha ficado seis meses (por problemas particulares, como alega) ausente dos gramados. No discurso na sua chegada, marcou presença com um veemente “n?o vim aqui para brincar”, que precisará ser provado no dia a dia, evidente.

Atuando pelo Corinthians, faz tempo, Leandro foi muito bem jogando como atacante pela direita, formando o 4-3-3 do ent?o técnico Carlos Alberto Parreira. No S?o Paulo, atuou como atacante ao lado de Aloisio, mas também formou a zona centra criativa e até de lateral direito avançado fez boas partidas.

Vica já avisou que, com os treinamentos, vai decidir se vai aproveitá-lo como meio-campista ou atacante. Pela capacidade do atual elenco tricolor neste momento, vejo Leandro com mais chance de ajudar como homem de ataque, mas é bom ter no elenco alguém que faça pelo menos duas funç?es.

Se quiser, e dependendo da preparaç?o tática que escolher, Vica pode utilizá-lo pela direita, com Jailson centralizado e Assisinho pela esquerda. Outra possibilidade é deixá-lo como homem de movimentaç?o no ataque, tendo Jailson como pivô. Neste caso, Assisinho ganharia a funç?o de tentar buscar a bola no meio-campo.


guaramiranga - 11-1-13 em 08:45 PM

O presidente Osmar Baquit sempre que se pronuncia na Sala de Imprensa Carlos Rolim Filho, ou em qualquer outra situaç?o, sempre elogia e agradece ? imprensa que cobre a rotina do Le?o, pelo apoio dado ao clube.

E esse fato n?o é discurso de político, pois no Fortaleza imprensa e clube sempre caminham juntos, seja na vitória ou na derrota. Há uma interaç?o e uma harmonia muito grande entre membros da imprensa esportiva e o Fortaleza Esporte Clube, sem a necessidade de se encobrir nada ou se noticiar o que n?o é verdade, ou ainda especular em torno de assuntos que n?o merecem divulgaç?o.

Trata-se de uma parceria que n?o gera depend?ncia ou comprometimento, nem para um lado nem para o outro. É cada um fazendo a sua parte, com profissionalismo e respeito mútuo. E o resultado disso é um clima de muita alegria e descontraç?o no dia-a-dia de treinamentos no Parque dos Campeonatos, principalmente no período da tarde, quando há uma maior presença da nossa press esportiva, em especial das nossas musas da TV, como Ana Cláudia Andrade (TV Cidade), Allana Alves (TV O Povo) e Wannifer Monteiro (TV Cidade), a quem devemos muito pela divulgaç?o da nossa marca. Fica aqui o nosso muito obrigado.

Nossos mais sinceros agradecimentos aos nossos parceiros da imprensa, Miguel Júnior (Globo/OPovo/CBN/FM 95.5/TVOPovo), Aluisio Lima (Rádio Assunç?o), Océlio Pereira (Cidade 860), Everaldo Baima (Metropolitana), Edson Ferreira (Verdinha 810), Jorge Telmo (A Voz da Fiel-Rádio Clube), Rodrigues Andrade (FM 92), Evandro Braga (FM 100), PH Nunes (Nas Garras do Le?o), Ar?o Feijó (Metropolitana).

N?o podemos esquecer também os parceiros da telinha, Victor Hannover (Tv Diário), Weberte Lemos (TV Jangadeiro), Alysson Oliveira e Luis Costa (TV Verdes Mares) e o grande Ivan Bezerra (Diário do Nordeste), gente que todos os dias está no Pici. Enfim, nosso maior agradecimento a todos que de uma forma ou de outra colaboram para a divulgaç?o do Tricolor de Aço no cenário esportivo local e nacional.

http://fortalezaec.net/Arquivos/Fotos/514x386/201301111711-Imprensa-interna.jpg


guaramiranga - 14-1-13 em 06:31 PM

Fortaleza e /Ceará fizeram cinco e quatro pontos respectivamente na primeira fase da Copa S?o Paulo. Para o tricolor foi o suficiente para ficar entre os 32 melhores, como campe?o do seu grupo. O Botafogo será o adversário no meio de semana. Já para o alvinegro, o segundo lugar do grupo representou a eliminaç?o.

Mais até do que o desempenho de ambos na competiç?o (apenas uma partida de cada foi transmitida pela TV), a diferença do meio de transporte utilizado para mandar os garotos até S?o Paulo virou debate.

Em texto publicado aqui neste blog no dia primeiro de janeiro deste ano, informei que o elenco do /Ceará iria de avi?o, enquanto o elenco do Fortaleza seguiria de ônibus.

N?o fiz qualquer juízo de valor no texto, mas a informaç?o era, sim, relevante. Ninguém é idiota, pelo menos em tese, a ponto de achar que o sucesso de uma equipe depende exclusivamente do meio de transporte utilizado para chegar a uma competiç?o. Fosse assim, o /Ceará n?o teria jogado t?o mal contra o Santa Cruz, na estreia. Vale o trabalho e a capacidade, mais do que tudo.

Ainda assim, penso ser evidente que a diretoria do Fortaleza, se pudesse, teria enviado os atletas de avi?o. É possível que, com um esforço maior para driblar a situaç?o financeira, isso tivesse ocorrido, mas os dirigentes n?o foram capazes de contornar o problema e só eles podem responder o motivo. É uma quest?o de conforto, preservaç?o e segurança dos jogadores, algo muito óbvio, basta perguntar a qualquer preparador físico, qualquer técnico e aos próprios atletas. Ou a qualquer pessoa de fora do futebol.

Encarar uma viagem de mais de tr?s dias pelas ridículas estradas brasileiras foi uma dificuldade adicional para os jogadores. Fisicamente n?o é a mesma coisa. Assim, o mérito dos comandados de Jorge Veras foi ainda maior e a entrega no jogo deste domingo foi comovente, especialmente no final da partida. Tenho convicç?o de que a maioria da torcida pensa assim e foi bacana ver durante a semana tricolores chateados com a decis?o da diretoria. Nada mais natural.

Entretanto, porém, todavia, destarte, eis que aparece agora, depois dos desempenhos das duas equipes, gente indignada por causa das críticas que foram feitas ao Fortaleza por escolher mandar os meninos de ônibus. Gente que trata a exceç?o e uma escolha errada como motivos do sucesso.

Como os jogos mostraram, isso n?o foi fundamental para a classificaç?o do time e n?o dá pra saber de uma possível influ?ncia no decorrer da competiç?o, mas a falta de senso crítico de parte da torcida continua muito presente e isso sim, fundamentalmente, atrapalha demais qualquer clube.


guaramiranga - 17-1-13 em 11:29 AM

ESSA história da dívida do Fortaleza que a Secel cobra publicamente remete a alguns questionamentos. Pergunta que n?o quer calar. De que lado está raz?o - de quem cobra ou de quem desconhece a dívida?

PORTADOR n?o merece pancada. Ou merece? Se a dívida estava pendurada desde aquela fatídica decis?o contra o Oeste, por qual raz?o n?o constou no borderô da partida?

TEM mais. Se constou, como é praxe, por qual raz?o os R$ 44 mil n?o foram recolhidos a quem de direito, no caso aos cofres da FCF, para que fossem repassados a quem de direito? Palavra facultada a Mauro Carmélio.

OUTRO questionamento. Por qual motivo só agora Secel, de novo administrador, resolveu vir a público cobrar, quando podia ter sido feito na época do ent?o Secretário? Palavra facultada a Nildo Sobral.

MAIS um. Pode ser? Final da decis?o é obrigatório a confecç?o do borderô para que se saibam os números do jogo, renda, público pagante, n?o pagante, despesas extras. Palavra facultada ao tesoureiro de plant?o.


PRINCIPAL de todos. Como o jogo ocorreu dia 11 de novembro, o que foi feito deste dinheiro, zanzando durante mais de dois meses? Foi parar no cofre de quem, na gaveta de quem ou no bolso de quem?


PALAVRA facultada ao Sherlock Holmes, mas aí só se for ressuscitado...


CABE mais uma perguntinha inútil e inócua - tem raz?o Márcio Lopes em cobrar o que lhe é devido ao Fortaleza? Ou tem raz?o Osmar Baquit em bradar aos quatro ventos que ele, Márcio, primeiro tire a camisa do /Ceará?

--------------------
Já estamos devendo a reposiç?o das cadeiras.

Agora, 3 dias depois do fim do mundo, verificaram que deram mais R$ 44.000,00 para nós?

Estranho demais.


lopez03 - 17-1-13 em 01:37 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
ESSA história da dívida do Fortaleza que a Secel cobra publicamente remete a alguns questionamentos. Pergunta que n?o quer calar. De que lado está raz?o - de quem cobra ou de quem desconhece a dívida?

PORTADOR n?o merece pancada. Ou merece? Se a dívida estava pendurada desde aquela fatídica decis?o contra o Oeste, por qual raz?o n?o constou no borderô da partida?

TEM mais. Se constou, como é praxe, por qual raz?o os R$ 44 mil n?o foram recolhidos a quem de direito, no caso aos cofres da FCF, para que fossem repassados a quem de direito? Palavra facultada a Mauro Carmélio.

OUTRO questionamento. Por qual motivo só agora Secel, de novo administrador, resolveu vir a público cobrar, quando podia ter sido feito na época do ent?o Secretário? Palavra facultada a Nildo Sobral.

MAIS um. Pode ser? Final da decis?o é obrigatório a confecç?o do borderô para que se saibam os números do jogo, renda, público pagante, n?o pagante, despesas extras. Palavra facultada ao tesoureiro de plant?o.


PRINCIPAL de todos. Como o jogo ocorreu dia 11 de novembro, o que foi feito deste dinheiro, zanzando durante mais de dois meses? Foi parar no cofre de quem, na gaveta de quem ou no bolso de quem?


PALAVRA facultada ao Sherlock Holmes, mas aí só se for ressuscitado...


CABE mais uma perguntinha inútil e inócua - tem raz?o Márcio Lopes em cobrar o que lhe é devido ao Fortaleza? Ou tem raz?o Osmar Baquit em bradar aos quatro ventos que ele, Márcio, primeiro tire a camisa do /Ceará?

--------------------
Já estamos devendo a reposiç?o das cadeiras.

Agora, 3 dias depois do fim do mundo, verificaram que deram mais R$ 44.000,00 para nós?

Estranho demais.



Guará, estranho é o Alan Neto e Sérgio Ponte (chamava de [Censurado] - benefício temporário), principalmente este, defenderei o FEC.


guaramiranga - 21-1-13 em 11:12 AM

FORTALEZA.
Foi goleado pelo Confiança. Tomou de 3 a 0 quando podia ter sido de quatro ou cinco se o time sergipano forçasse mais a barra. Jogo se decidiu no primeiro tempo, quando o Confiança fez 2 a 0. No outro tempo administrou a vantagem diante da fraqueza do adversário.

IMPRESS?O deixada, aliás nítida aos olhos de quem viu a bola rolar pela telinha, é a de que o Fortaleza viajou apenas por viajar. Tamanha a pasmaceira dos comandados de Vica, inertes em campo, perambulando como se tivessem acordado naquele momento e ido para o campo.

N?O caiam para trás. Apenas um chute em direç?o ao gol no primeiro tempo através de Assisinho, 36 minutos, sem qualquer perigo. Seu parceiro de ataque, Jaílson, nem isso. Apenas fazia número como a maioria.

CONFIANÇA construiu fácil a vitória. Antes do primeiro gol mandou uma bola na trave. Logo depois, cabeçada do atacante Da Silva que Jo?o Carlos mandou para escanteio. Foram dois recados de que n?o estava para brincadeira e queria ganhar o jogo. Quem ousa vence. Quem n?o ousa pede para perder. Da Silva fez o primeiro em falha coletiva da defesa. Diego Neves marcou o segundo em falha clamorosa do goleiro Jo?o Carlos. Último gol o lateral Ângelo, livre dentro da grande área, só fez escolher o canto. N?o tem goleiro bom para defesa ruim.

QUANDO se esperava alguma reaç?o tricolor no segundo tempo, apenas um ensaio, com duas mudanças. Saiu pior a emenda que o soneto. Tirar um atacante para colocar um lateral-esquerdo. Vica estará desaprendendo? Só pode. Depois, tirar um meio-campo para colocar outro. Qual a vantagem? Nenhuma. É o mesmo que trocar seis por meia dúzia.

VISÍVEIS os pontos falhos do Fortaleza. Aliás,a bem da verdade, nenhum setor funcionou. Porém a defesa foi uma avenida escancarada. A dupla Gabriel e Ciro Sena só pode ter sido apresentada antes do jogo. A meia cancha, a quem cabe o primeiro combate, totalmente desnorteada. Por ali, o Confiança deitou, rolou, dominou, chegou como quis a goleada de 3 a 0. Vica levante as m?os para o céu seu time n?o ter tomado de mais de tr?s que, por sinal, fez por onde merecer. Um desastre.

-------------
Nem mesmo Alan Neto suportou tanta falta de vontade, falta de determinaç?o, falta de vergonha na cara.


guaramiranga - 15-2-13 em 04:14 PM

Alan Neto, 15/02/2013

QUE denso mistério é este da aus?ncia da torcida do Fortaleza nos jogos do PV. Se for decis?o aí é que cisma aumenta.

DE duas, uma. Ou continua na síndrome do pânico após o que houve contra o Oeste ou ent?o o time atual n?o inspira confiança.

MAIOR prova. Jogo contra o Santa Cruz, clássico da regi?o. Presença de público n?o chegou sequer a casa dos 9 mil pagantes.

Graziani, 07/02/2013
Muito mais do que o aspecto técnico, o Fortaleza conseguiu mostrar tranquilidade e paci?ncia na vitória sobre o Confiança por 3×0. Essa postura foi cobrada insistentemente por Vica durante as conversas com o grupo que antecederam a partida.

N?o dá para negar que derrota para o Oeste ainda está na memória, até porque comiss?o técnica e boa parte do grupo permanecem (um acerto da diretoria). Os torcedores também, muitos, invocaram a intranquilidade quando da eliminaç?o da Série C e temiam que, contra a equipe sergipana, a história fosse repetida no mesmo cenário.

Antes do jogo o técnico foi claro. Esqueceu o aspeto tático e técnico (até porque o Fortaleza tem um elenco bem superior) e colocou na cabeça dos atletas que eram 90 minutos para se ganhar a partida, sem ansiedade. A liç?o funcionou e certamente a ruim lembrança do ano passado começou a ser esquecida e da melhor maneira possível: aprendendo com o erro.

-------------
Observem que a todo momento eles procuram lembrar nosso fracasso!
Est?o sempre dizendo que nós vamos amarelar a qualquer instante.
Precisamos superar esse trauma.
Mas para isso é preciso jogar bola!


[Editado em 15-2-2013 por guaramiranga]


guaramiranga - 21-2-13 em 11:48 AM

PRIMEIRO CASO

ATÉ onde a vista alcançou, a decis?o do STJD absolvendo o Fortaleza por unanimidade dos incidentes no PV, contra o Oeste é o primeiro caso do futebol cearense e também brasileiro.

AUTOR da façanha, advogado Paulo Rubens que sempre defendeu o Tricolor no tapet?o do STJD.

COMO o Direito é fascinante com suas mil e umas brechas, trafegou por uma delas. Se colar, colou. Colou.

EXPLICANDO. Os 33 vândalos do quebra-quebra tinham sido identificados e punidos pela Justiça cearense. Portanto, o clube estava totalmente isento de culpa.

PRIMEIRA Câmara nem titubeou em absolver o Fortaleza por unanimidade.

PRECEDENTE aberto? E daí cara-pálida. A partir de agora, como bem disse conhecido mestre em Direito,firmou-se também jurisprud?ncia. Sirvam-se ? vontade.

MORAL da história. O que nenhum clube brasileiro conseguira fazer, até ent?o, o Fortaleza é o primeiro da história. Bingo!


LeoNaRDo - 21-2-13 em 09:53 PM

Esse Alan Neto é um imbecil... absolviç?o de times que adotam os procedimentos de sanç?o é rotineiro... isso sempre acontece.

Do jeito q ele fala parece que foi uma coisa de outro mundo. Pela extens?o dos problemas, imaginei na perda de uns 2 mandos de campo... mas se os envolvidos foram enquadrados, o clube fez a parte dele, ficou isenta de culpa.


guaramiranga - 27-2-13 em 12:36 PM

É bom o torcedor n?o confundir insatisfaç?o com prostraç?o.
Insatisfaç?o é n?o aceitar o resultado ainda que vitória, quando por margem menor que a esperada.
Prostraç?o é abatimento total, desânimo, descrença.

O Fortaleza ganhou, gente, e tem a vantagem do empate. Só vejo motivo para acreditar, máxime pelo que fez o Le?o em Recife.

-----------
Parece que a onda de pessimismo está crescendo.
Que time imbatível é esse Campinense, que ganha todas em casa?

A propósito, pela Copa do Rei, após o empatar em casa contra o Barcelona, 1x1, todos já contavam que o Real Madrid seria eliminado, pois a decis?o seria em Camp Nou.
Mas ....
em campo, ou seja, jogando, o Real Madrid conseguiu superar o Barça!


guaramiranga - 27-2-13 em 05:03 PM

JOGADA DE MESTRE...

AQUELA jogada de homenagear Bismark, dono da bola do Campinense, foi de mestre. Querem ver? Placa de prata do Fortaleza pelos bons serviços prestados ao clube.

ORA, ora. Bismarck tinha saído queimado com a torcida tricolor. Porém o objetivo foi alcançado. Placa na m?o, em campo Bismark n?o jogou nada. Sequer foi visto. Menos um. Pontos para Fábio Mota, o rei do marketing.

--------------------
N?o entendi nada!
O que ele quis dizer com essa JOGADA DE MESTRE?

Que o Bismark ficou impressionado e nada jogou ?

E o que dizer da espetacular apresentaç?o de todos no primeiro tempo?


pauloroberto - 28-2-13 em 09:19 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
JOGADA DE MESTRE...

AQUELA jogada de homenagear Bismark, dono da bola do Campinense, foi de mestre. Querem ver? Placa de prata do Fortaleza pelos bons serviços prestados ao clube.

ORA, ora. Bismarck tinha saído queimado com a torcida tricolor. Porém o objetivo foi alcançado. Placa na m?o, em campo Bismark n?o jogou nada. Sequer foi visto. Menos um. Pontos para Fábio Mota, o rei do marketing.

--------------------
N?o entendi nada!
O que ele quis dizer com essa JOGADA DE MESTRE?

Que o Bismark ficou impressionado e nada jogou ?

E o que dizer da espetacular apresentaç?o de todos no primeiro tempo?


Alan Neto n?o entende bulhufas de futebol, cara-pálida!
Até desconfio que ele nem vai ao Estádio.

E onde que o Bismack n?o jogou nada? Articulou, lançou, deu uma canseira enorme ao Lucas.

Podem passar adiante!


LinoFortaleza - 1-3-13 em 11:07 AM

Esse Alan Neto é uma farsa... eu nem perco tempo em ler ou ver os comentários desse caba.


guaramiranga - 2-3-13 em 06:02 PM

Mesmo diante do retrospecto positivo diante do Campinense, o técnico Vica n?o quer saber de oba-oba.

Há 31 dias sem derrotas (em cinco jogos, foram quatro vitórias e um empate), o Fortaleza chega embalado a Campina Grande para o duelo de amanh? contra o Campinense/PB, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Nordeste, no estádio Ernani Sátyro, o Amig?o.

Além da boa sequ?ncia de jogos, o Tricolor do Pici ainda leva na bagagem a vantagem histórica de nunca ter perdido para a Raposa do Nordeste - em nove jogos, foram nove vitórias do Le?o e tr?s empates.

No entanto, para o técnico Vica, o time n?o deve apegar-se a nenhum tipo de retrospecto.

"Os números s?o uma realidade do futebol, ninguém está inventando nada, espero que (o Fortaleza) continue assim. Agora, a preocupaç?o em cima desses números tem de ser maior por parte deles (do Campinense). Esse negócio de ´está bem e tem a melhor campanha´ a gente viu no que deu no ano passado. Ent?o, n?o vamos começar a lembrar muito desse negócio de melhor campanha", pediu o técnico tricolor, na coletiva de ontem.

Vica se refere ? decepcionante desclassificaç?o do Fortaleza, nas quartas de final da Série C do ano passado, quando a equipe perdeu por 3 a 1 para o Oeste, diante de um Presidente Vargas lotado. "O nosso único foco deve ser o da classificaç?o, independentemente do resultado ou de como vai ser o jogo", acrescentou o comandante tricolor.

Para o jogo, é aguardada a presença de mais de 200 torcedores cearenses, o que, para Vica, serve como estímulo a mais para o elenco. "Sempre a presença da nossa torcida ajuda. Eles compareceram em todo lugar que a gente foi atuar, eles s?o fieis. E nós temos que fazer de tudo para poder dar um retorno para eles, pois eles v?o para nos incentivar e querem ver um resultado positivo, uma classificaç?o, para ver o time ser campe?o. Eles torcem e querem alguma coisa em troca e o que temos que dar é o título", observou o treinador.

------------
Vejam como os caras do DN s?o bons em aritmética: 9+3=?9.


LinoFortaleza - 3-3-13 em 10:37 PM

Matéria publica agora a pouco após o jogo pelo site do TERRA com o seguinte título: Com gol irregular, Campinense bate Fortaleza e decide Copa Nordeste

Com gol marcado em p?nalti irregularmente marcado, o Campinense-PB frustrou o Fortaleza ao vencer por 1 a 0 e garantir sua passagem até a final da Copa Nordeste. No Estádio Amig?o, Zé Paulo marcou de penalidade nos primeiros instantes do jogo e o placar se arrastaria até o final. Foi o fim da expectativa de uma possível final contra o rival kanal.

Com campanha surpreendente, o Campinense assim avança até a final do torneio e agora aguarda para conhecer seu adversário. Ainda neste domingo, o kanal recebe o Asa de Arapiraca no Castel?o depois de conquistar bom resultado em Alagoas, onde empatou por 3 a 3.

O gol do Campinense surgiu de lance irregular já nos primeiros segundos do jogo. Jackson Silva entrou em Glaybson fora da área, mas o árbitro assinalou p?nalti. Zé Paulo cobrou com força e Jo?o Carlos até acertou o canto, mas n?o conseguiu impedir o gol paraibano. Já no fim da etapa inicial, Zé Paulo quase dobrou a vantagem ao acertar o travess?o em contragolpe em velocidade.

No segundo tempo, mais uma penalidade seria marcada para o Campinense. Jo?o Paulo tabelou com Bismarck e recebeu em boa situaç?o dentro da área, mas acabou derrubado pelo veterano Ronaldo Angelim, ex-Flamengo. Na cobrança, porém, Jo?o Carlos levaria a melhor contra Jefferson Maranhense. Foi a terceira penalidade defendida pelo goleiro do Fortaleza.

Nem mesmo o ?xito de Jo?o Carlos na cobrança conseguiu fazer a equipe cearense reagir. Melhor posicionado em campo e com o apoio de sua torcida, o Campinense controlou o jogo nos minutos finais e saiu de campo com a vaga na final. As duas decis?es ocorrem nos dois próximos domingos, 10 e 17 de março.

Terra


guaramiranga - 4-3-13 em 01:17 PM

Blog do Eliomar

Será que ele vai tratar do outro jogo?

http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/files/2013/03/le%C3%A3o-do-pici-e-le%C3%A3o-do-IR-550x227.jpg


RAFAELE?O - 4-3-13 em 03:12 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Blog do Eliomar

Será que ele vai tratar do outro jogo?

http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/files/2013/03/le%C3%A3o-do-pici-e-le%C3%A3o-do-IR-550x227.jpg




Trata nada. Esse daí é kanalense assumido.


guaramiranga - 5-3-13 em 12:55 PM

O jogo do último domingo, entre Campinense e Fortaleza pela semifinal da Copa do Nordeste, terminou com um tumulto envolvendo a torcida do Fortaleza, presente no estádio Amig?o, e a Polícia Militar paraibana.

De acordo com o Comandante do 2° Batalh?o da Polícia Militar de Campina Grande, tenente-coronel Souza Neto, um grupo de 50 torcedores do Fortaleza, pouco antes do término do jogo, inconformados com a derrota do time, começaram a arrancar os assentos da arquibancada e a arremessar no campo e contra a torcida do Campinense. Segundo ele, cerca de 50 assentos foram quebrados, além de dois banheiros.

Esta vers?o é desmentida por P.H Nunes, responsável por uma caravana que levou 150 torcedores do Fortaleza ao Estádio Amig?o. Segundo ele, após o término do jogo, a torcida do Campinense “começou a tirar sarro” da torcida do Fortaleza, derrotada. Um grupo de torcedores, irritados com as provocaç?es, teriam ent?o se deslocado até o local onde estava a torcida do Campinense, chamando-os para o confronto. A Polícia Militar foi obrigada a agir e só ent?o a quebradeira teve início.

“Eles n?o souberam diferenciar os torcedores. Usaram spray de pimenta e bombas de efeito moral contra todo mundo, inclusive mulheres e crianças. Um total despreparo, muita gente ficou ferida”, disse.

O tenente-coronel Souza Neto negou esta vers?o. Ele disse que a policia agiu corretamente, n?o sendo conivente com as atitudes de vandalismo por parte “de uma torcida que n?o sabe perder”.

Durante a confus?o, apenas um torcedor foi detido. Souza Neto disse que se tratou de um soldado da Polícia Militar lotado no /Ceará que foi preso em flagrante ao jogar uma pedra em uma das viaturas da PM. Ele precisou ser encaminhado ao hospital após ter levado um tiro de bala de borracha no rosto, próximo ? boca, mas foi liberado logo em seguida.

Souza Neto disse ainda que será produzido um relatório detalhado sobre o tumulto que será encaminhado para o Comando Geral da Polícia Militar do /Ceará para que sejam tomadas as devidas provid?ncias.

Artur Dória


guaramiranga - 6-3-13 em 11:11 AM

EFEITOS COLATERAIS...

PROTESTO da torcida do Fortaleza, veio rápida. N?o foi ao aeroporto, porém esteve no Pici, na reapresentaç?o dos jogadores.

EM torno de 30, cujos gritos em coro (”time sem vergonha”), valeram por mais de trezentos.

DIRETORIA cometeu mancada de abrir os port?es, 48 horas depois da perda do Nordest?o, achando que nada aconteceria.

DEU-SE mal, pagou pra ver e viu o protesto dos torcedores ainda revoltados com o time que mais uma vez amarelou.

----------
Vejam que o cara quer jogar a responsabilidade nas costas da Diretoria.
E depois quer dizer que o time amarelou.
Eles fazem quest?o de lembrar isso para sempre.

A propósito, mandei como resposta um trecho do Jeová, mesmo sem ter pedido licença.
Obviamente só citei o recente jogo contra o Santa Cruz, pois realizado após aquele jogo contra o Oeste.

Em resumo: O time que enfrentou o Santa Cruz e o Arrud?o lotado n?o pode ser qualificado de amarel?o!

Citação:
Mensagem original enviada por Jeová
Citação:
Mensagem original enviada por DiscipuloTricolor
Jeová,
Essa quest?o que voc? levantou eu nem sei mais argumentar.
Pois o FEC parece que vai ficando pequeno a cada ano que passa. Parece que vai chegar o dia que o FEC é o time pequeno e vai ter que jogar com superaç?o para vencer um time de maior express?o, como por exemplo o Remo, Ikasa, Feirense.
Esses tropeços contra times de menor express?o é algo que n?o podia acontecer, pois constata o encolhimento do FEC.
Os únicos culpados disso é quem contrata essas coisas bizarras que se acham jogadores.
E quando chega ao ponto do Esley ser o craque do "Time", amigos o negócio tá muito sério.
Saudaç?es Tricolores.

Mas que pequenez é essa que cala o Arruda e o Mangueir?o? Que pequenez é essa que mete 4 a 0 no Náutico e vira para cima do Paysandu?

Acho que essa pequenez até ocorre contra times grandes, mas, contra pequenos, o que ocorre é soberba. No estádio, contra times de pouca express?o, a irritabilidade da torcida é altíssima. Isso deixa os jogadores mais ansiosos. Contra os grandes, há uma certa passividade: "pode perder que é isso mesmo".


guaramiranga - 6-3-13 em 08:05 PM

No Portal Verdes Mares
Com público total de 55.356 e público pagante de 52.207 espectadores, a partida registrou o maior público do futebol cearense na década (e o sexto maior no século) e o segundo maior do ano no futebol brasileiro. Apenas a partida entre Cruzeiro e Atlético Mineiro, válida pelo Campeonato Mineiro, quando da reabertura do Mineir?o, teve público maior: 59.968.

O confronto do kanal contra o Fantasma das Alagoas marcou também a maior renda do futebol cearense na era do real: R$ 1.266.417,70.

---
Isso me lembra o Lúcio Mauro, que fazia o sem-vergonha Aldemar Vigário, que contava lorotas e bajulava o Prof. Raimundo:
Aluno puxa-saco que sempre inventa histórias sobre um passado glorioso do professor Raimundo.

A propósito:
Mais uma vez alguns torcedores do Gr?mio protagonizaram cenas de selvageria e vandalismo após o jogo do tricolor contra o Caracas, da Venezuela. Durante a partida, aproximadamente 50 cadeiras do Estádio Arena Tricolor, no local onde foram realocadas as torcidas organizadas, foram quebradas. A direç?o gremista promete rigor para punir os vândalos que depredaram o patrimônio do clube.
-------------
Somente os torcedores alvinegros s?o pacíficos cordeirinhos?
Acho que o estádio nem fica sujo após os jogos.


guaramiranga - 12-3-13 em 01:17 PM

...VOLTA de Fabrício, após quatro meses de molho, prova que com Hélio dos Anjos n?o tem essa de embromaç?o.

...PREGA aviso. Jogador fregu?s de departamento médico, pra ganhar tempo, receber sem fazer força, a partir de agora ficará internado lá até ficar curado.

...ESTE ano, afora Fabrício, Ciro Sena já foi e voltou duas vezes. Hélio está de olho nele.


guaramiranga - 27-3-13 em 04:01 PM

Examinada e aceita a proposta pelo Conselho Deliberativo do Fortaleza nesta terça-feira, o clube vai assinar o contrato de exclusividade para os jogos como mandante com a Arena Castel?o nos próximos dias. Uma decis?o que muda bastante o atual cenário geral que envolve o time, a diretoria e a torcida. Um contrato que abre uma leque positivo de oportunidades, um enorme desafio e revela cuidados que v?o precisar ser tomados para superar alguns problemas que devem aparecer, especialmente o temor de jogos com prejuízo ou pouco lucro no borderô.

Antes de qualquer análise, é preciso salientar que, aceitando ou n?o o contrato, o Fortaleza receberia críticas, como já estava recebendo por n?o ter aceito a proposta até ent?o e como já recebe por ter agora aprovado o acordo. Convenhamos, n?o é algo simples.

Os argumentos contrários s?o compreensíveis. S?o questionamentos de quem se preocupa com o futuro do clube. E quais s?o os mais relevantes? O primeiro é a exclusividade de seis anos, até 2018, sem possibilidade de uma adequaç?o diante de partidas que teriam o PV ou o Pici como melhores locais por causa da relaç?o custo/público. Assinar um termo permitindo ao clube fazer cerca de 30 ou 40% dos jogos como mandante fora da Arena seria uma opç?o mais adequada. O segundo é a renda, algo que citei no primeiro parágrafo. Os custos do Castel?o s?o maiores em relaç?o aos outros estádios da capital, evidente, até porque a estrutura é outra, completamente diferente e muito melhor. Um público de cinco a seis mil pagantes n?o é suficiente para gerar bom lucro. O terceiro desta lista é a alegaç?o de que o estádio é mais distante do centro e de difícil acesso. Hoje, por causa do entorno inacabado, é sim. Além disso, os meios de transporte s?o falhos na regi?o (em todas da cidade, vamos ser justos) e quanto mais tarde as partidas terminarem, pior. Já no aspecto segurança, tanto faz. Por onde se anda na cidade a situaç?o é crítica.


guaramiranga - 27-3-13 em 04:01 PM

Justamente para driblar algumas dessas situaç?es é que vai surgir a necessidade da diretoria do Fortaleza usar a intelig?ncia, a criatividade e conhecer cada vez mais seu torcedor. Talvez leve um tempo, mas é um trabalho que precisa começar o quanto antes. O Castel?o permite que ingressos sejam colocados com preços bem atraentes. O Le?es do Pici, projeto de sócio-torcedor, tem oportunidade de criar e ou reformular planos convidativos. A diretoria, dependendo da partida, tem a opç?o de liberar apenas as cadeiras inferiores (15 mil lugares), algo que diminui os custos e eventualmente pode ser usado como fator press?o para o adversário.

Outro desafio do Fortaleza neste novo cenário é gerar receitas além da bilheteria. A loja no shopping do estádio e o uso de alguns camarotes est?o nessa relaç?o como produtos importantes que podem ser explorados.

No aspecto técnico para a equipe, o gramado do Castel?o n?o tem qualquer comparaç?o com nenhum outro. A bola rola. O torcedor que for ao estádio também terá um estádio muito mais confortável do que o PV ou Pici. O estacionamento coberto, bem mais seguro, algo que muito gente cobrou durante anos, agora está lá (sim, é preciso melhorar o esquema de saída).


guaramiranga - 27-3-13 em 04:02 PM

Em relaç?o ao valor mínimo de 130 mil reais mensais que a Arena vai garantir ao Fortaleza como contrapartida (70 mil fixos e 60 mil variáveis, porque caso o clube consiga um patrocinador master que pague pelo menos 60 mil, a Arena deixa de ter essa despesa variável), esses ser?o corrigidos de acordo com índices anuais de reajuste do mercado. É uma receita certa nos meses em que o clube n?o tem calendário e uma garantia caso a equipe n?o encontre um bom parceiro comercial para as camisas. O valor da cota também tem potencial de aumentar dependendo da compet?ncia do clube em subir de divis?o no Campeonato Brasileiro.

É evidente que os administradores da Arena n?o est?o fazendo um contrato para ter prejuízo. É um negócio e assim tem que ser. Ninguém está fazendo favor nenhum, até porque politicamente seria um desastre para o governo que o estádio para a Copa ficasse vazio, recebendo um ou outro jogo apenas.

É importante salientar, entretanto, que durante o fechamento e a reforma do PV, Fortaleza e /Ceará jogaram mais de 30 meses no Castel?o (o Fortaleza também usou o Pici) e jamais tiveram contrapartida para tanto. Claro, o cenário é outro e n?o estou afirmando que será uma mudança fácil. O desafio é gigantesco, mas necessário, até porque o Fortaleza ainda depende muito de bilheteria para pagar suas contas. E para começar a dar certo, um fator é fundamental: a parceria com a torcida. Sem isso, o novo e diferente caminho fica muito mais difícil.


guaramiranga - 15-4-13 em 08:05 PM

Pela sétima vez (um completo exagero) Esley foi expulso jogando pelo Fortaleza desde a Série C de 2011.
Desta vez, neste domingo, contra o /Ceará, o gol da vitória do alvinegro saiu minutos depois do cart?o vermelho recebido, no segundo tempo.
Já o técnico Hélio dos Anjos, desde que foi contratado nesta temporada, somou também neste domingo sua terceira expuls?o. É difícil imaginar quem está mais errado. Entretanto, ambos sempre se colocam como inocentes, como vítimas do sistema. E n?o é assim que tudo deve ser tratado, pelo contrário.

A diretoria do Fortaleza já deixou bem claro que n?o se incomoda com a postura de ambos. Em todos os episódios mostra apoio, ainda que seja no sil?ncio. Já a torcida, que chegou a criticar o jogador, sabe que, enquanto está em campo, ele se doa demais e tem jogado bem, mas suas seguidas exclus?es (além de dezenas de cart?es amarelos) prejudicam sim a equipe, na mesma medida que o descontrole do seu técnico é notadamente refletido no gramado.

Neste domingo, Esley tinha cart?o amarelo, chegou atrasado em dividida com Vicente, assumiu o risco, foi imprudente e fez falta para outro amarelo. Hélio dos Anjos falou muito, como sempre, contra Luzimar Siqueira, que se n?o foi brilhante, fez boa arbitragem técnica e disciplinarmente, principalmente se a análise levar em conta a média das atuaç?es dos homens do apito neste estadual.

E fica a pergunta: como um comandante que é expulso o tempo todo tem alguma condiç?o de exigir que seu elenco tenha postura controlada? A resposta cada um que ache a sua, mas se tem algo que o Fortaleza n?o precisa para os desafios de 2013 é descontrole emocional.


roberioximenes - 18-4-13 em 11:20 PM

MUITÍSSIMO ENGRAÇADA A POSTURA DESSA BOSTA DE FEDERAÇ?O CEARENSE !!

Quando os canalhas da rival penetraram em jogo do Fortaleza x Paysandu e provocaram nossa torcida até com bomba jogada contra a TUF e os imbecis revidaram com outra bomba a "imprensa" alvisuja detonou até ver puniç?o que veio e foi cumprida, pelo que sei na íntegra causando prejuízos financeiros ao Le?o do PICI


Agora que os bandidos da torida do rival foram punidos junto com a JGT sequer cumprem 1 jogo de puniç?o. Decis?o é logo revogada.

Dois pesos e duas medidas. PQP essa Federaç?o é muito PAIA e sem moral. Os caras revertem logo a puniç?o mas contra o Le?o do PICI vale tudo.

A bandida "imprensa" alvisuja alardeia as confus?es de nossa torcida mas ESCONDEM OS BANDIDOS QUE EXISTEM DO LADO DE LÁ.


[Editado em 18-4-2013 por roberioximenes]


guaramiranga - 1-5-13 em 10:34 AM

FORTALEZA fechou contrataç?o do atacante Gilcimar, artilheiro do Boa Vista, que disputou recente Campeonato Carioca, marcando 12 gols.


... INDICAÇ?O pessoal e intransferível de Hélio dos Anjos. Aliás, nada passa pelo Pici, sem o seu crivo e aval. Certo ou errado? Certo.


NonatodeManaus - 1-5-13 em 08:34 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
FORTALEZA fechou contrataç?o do atacante Gilcimar, artilheiro do Boa Vista, que disputou recente Campeonato Carioca, marcando 12 gols.


... INDICAÇ?O pessoal e intransferível de Hélio dos Anjos. Aliás, nada passa pelo Pici, sem o seu crivo e aval. Certo ou errado? Certo.


Bem que o HDA poderia indicar o ótimo Tony que joga também no boa Vista.


guaramiranga - 3-5-13 em 06:38 PM

Na véspera do Clássico-Rei, a diretoria do Fortaleza surpreendeu a todos, na noite desta quinta-feira (2), a anunciar que deu “férias” antecipadas ao zagueiro Ciro Sena.

De acordo com o vice-presidente do clube, Daniel Frota, após uma reuni?o com a diretoria, o Tricolor decidiu dar férias ao jogador até o fim das disputas do Campeonato Cearense 2013. “Nos reunimos e decidimos que seria melhor dar alguns dias de férias ao Ciro Sena se recuperar das les?es. Ele teve poucas semanas de descanso. O empregador é quem decide o dia que quer tirar férias. Se acaso aparecer alguma proposta nesse período qualquer clube poderá contratá-lo”, disse Daniel Frota.

Já Ciro Sena em conversa com o Blog Time de Fora se diz surpreso com a atitude do Fortaleza. O atleta falou que está recuperado e que inclusive estaria preparado para enfrentar o /Ceará, domingo (5), na primeira partida das semifinais. “Estou recuperado totalmente da les?o no glúteo. Treinei forte durante toda a semana e pedi até para o Hélio dos Anjos me colocar em campo. Estou sem palavras”, afirmou o zagueiro, que garantiu que n?o recebeu nenhuma proposta do rival /Ceará.

“N?o recebi proposta do /Ceará. De maneira nenhuma. Recebi de alguns clubes da Série B, mas especificamente do /Ceará nunca”, explicou.

Ciro Sena afirmou que irá trabalhar normalmente no Estádio Alcides Santos nesta semana. Ele garantiu que nesta sexta-feira (3), vai se reunir com a diretoria para se aprofundar mais sobre o assunto, já que foi pego de surpresa e está por fora da notícia. “Eu procurar saber o que aconteceu. Vou ficar por dentro nesta sexta, quando conversarei com a diretoria. Mas garanto. Minha intenç?o é ficar no Fortaleza, pois tenho contrato com o clube até novembro de 2013”, finalizou o defensor leonino.


jroberto - 3-5-13 em 06:43 PM

ESSE ASSUNTO TA ESTRANHO DEMAIS...

GOSTARIA DE SABER A VERDADEIRA ESTÓRIA...


jroberto - 5-5-13 em 09:56 AM

http://esportes.opovo.com.br/app/esportes/clubes/fortaleza/2013/05/03/noticiasfortaleza,2547068/ciro-sena-alega-atrasados-do-for taleza-e-busca-rescisao-do-contrato-na.shtml


Pelo visto Ciro Sena ja tava realmente "esquematizado" com o Kanal...

Muito estranho o fato tambem de que, da noite pro dia, a contusao nao existir mais, e ele dizer que quer jogar e esta pronto para o classico....

Afastamento acertado na minha opiniao!


jroberto - 8-5-13 em 05:41 PM

Tao querendo fazer uma carreata contra a diretoria do Fortaleza neste sábado...

Pelo menos é o que está aparecendo direto no Instagram "fortalezaec".

N?o sei quem administra esta conta do instagram, e acho que uma carreata afim de promover algo nesse sentido, somente após o jogo de Domingo...

Afinal, estamos com uma situaç?o muito difícil, mas "ainda n?o acabou".


jroberto - 8-5-13 em 06:43 PM

Segue texto do Advincula Nobre....



Fortaleza Sempre

A voz do Le?o!



Home COMPETIÇ?ES Coluna do Nobre Fórum do Torcedor Notícias Vídeos Fotos Contato

Home » Coluna do Nobre, Destaque
QUEM N?O VALIORIZA O PASSADO É PORQUE N?O TEM HISTÓRIA PARA CONTAR
Advincula Nobre 8 maio 2013 Coluna do Nobre, Destaque 67 views sem ComentáriosPrint This Post Print This Post Enviar post por Email Enviar post por Email

PROGRAMA FURTA-COR - Vou ser direto: Quem diz “que o Fortaleza com o Vica era feliz e n?o sabia” precisa urgentemente fazer um exame de sanidade mental, pois, ou é ruim da cabeça ou doente do pé…Ou as duas coisas. E serei mais direto ainda para deixar patente que o Trem Bala, n?o se sabe a tro9co de qu?, faz campanha para derrubar o Hélio dos Anjos da mesma forma que fazia um movimento para derrubar o Leandro Campos, logo nos dias seguintes ? sua chegada. Vou ser mais franco ainda ao afirmar, peremptoriamente, que esse programa, que n?o faz outra coisa, que n?o seja tentar desestabilizar o futebol cearense, muda de opini?o de um dia para o outro como o camale?o muda de cor, de modo que pode ser chamado de programa furta-cor.



COMO QUEM MUDA DE ROUPA -Há poucos dias, para que fique mais patente ainda a sua pusilanimidade, endeusou e colocou no pedestal o presidente do nosso rival em raz?o da sua decis?o de priorizar o campeonato cearense e de atuar em Alagoas com um time misto. No dia seguinte, sem a menor cerimônia, após a derrota acachapante de tr?s, agindo como se jamais o tivessem elogiado, começaram a execrá-lo publicamente, e se alguém duvidar basta solicitar os vídeos teipes, ou as cópias, numa linguagem mais atual, que corroborar?o com a minha assertiva. Em seguida, após esse acidente de percurso, em que o Fortaleza, em decorr?ncia de uma bola vadia foi derrotado por tr?s a zero voltaram a colocá-lo no pódio dos g?nios, mudando de ideia como quem muda de roupa.





FALTA DE PERSONALIDADE -Muita falta de personalidade de um programa, que caminha ao sabor dos ventos e que est?o sempre de acordo com os que sopram a favor. Esses radialistas, que se intitulam de profissionais imparciais diariamente buscam desestabilizar o Fortaleza, criando factoides e apoiando sempre os inimigos tricolores, especialmente os que se arvorando de torcedores trabalham contra o clube e que se alimentam dos seus tropeços, mas que n?o se fazem presentes quando chamados para ajudarem a tirar o clube das dificuldades.



LUTANDO PELA DERROCADA DO FORTALEZA - A torcida tricolor n?o se conforma com o fato do citado programa que, ao que consta, recebe informaç?es privilegiadas, divulgam as notícias tricolores de forma bombásticas, incluindo-as na categoria de “furo” de reportagem. A torcida fica furiosa e perplexa quando diretores concedem entrevista ao Trem Bala, o da televis?o, por n?o entender a raz?o dessa defer?ncia a um programa que quer ver o fim do Tricolor.



ONDE HÁ FUMAÇA -De todos os componentes da bancada do Trem Bala o pior a é o cidad?o de Mossoró, que trata os assuntos tricolores com sarcasmo e as fitas est?o aí para comprovar, cujos boatos d?o conta de que, na condiç?o de diretor de um dos clubes daquela cidade o deixou ? beira da fal?ncia, assunto que evidenciamos apenas para mostrar um pouco da sua incompet?ncia. Verdade ou n?o, pelo sim e pelo n?o dizem que onde há fumaça há fogo. O aludido cidad?o tripudia o Tricolor de Aço diariamente, fazendo quest?o de aumentar a voz quando se trata de criticar e de ridicularizar o nosso amado clube. Depois do clássico, como alguém que exibe o escalpo do inimigo se gabava abertamente de ter tido a sugest?o aceita pelo presidente do kanal de colocar o Dimas no banco de reservas, como se este fosse um santo milagreiro, daqueles que se dizem devotos de Nossa senhora, mas que, por via das dúvidas, apela para a proteç?o dos Orixás.



MESMA DIFICULDADE ATÉ NA CONCHINCHINA -Pois bem, sustenta o auxiliar técnico avançado do nosso rival que é muito mais fácil e provável o Time de Porangabussu fazer quatro gols no ASA, do que o Fortaleza fazer o mesmo número de gols no time que defende com tanto ardor. Essa opini?o é própria de quem é “forasteiro” e que n?o sabe agradecer a hospitalidade do nosso povo, posto que se assim n?o fosse trataria a todos com o mesmo desvelo e n?o se divertiria em fazer deboche da Naç?o Tricolor. Ora cara pálida, reverter uma derrota de tr?s a zero se configura como tarefa das mais difíceis n?o somente para o nosso rival, mas para o Fortaleza ou para a seleç?o da Conchinchina, pois em qualquer lugar do mundo a Matemática nos diz que para suplantar um adversário que marcou tr?s gols há a necessidade de se fazer quatro e no caso do nosso rival outros tr?s, que também n?o é uma tarefa das mais fáceis.




Surra aplicada em janeiro de 2006

ACOSTUMADO A GOLEAR O RIVAL -O pseudoprofissional que defende esse tipo de tese com o intuito de rir da nossa cara e de troçar, zombar e galhofar com o Fortaleza, até porque temos a consci?ncia de que a situaç?o é das mais difíceis, n?o merece o nosso respeito, pelo contrário, deve ser dignado com o desprezo da Naç?o Tricolor, para quem é persona non grata. Fala essas asneiras porque n?o conhece o Fortaleza Esporte Clube, que é capaz de conquistar vitórias memoráveis e tidas como impossíveis. Esquece, por certo, que n?o faz muito tempo o Tricolor de Aço goleou o time da Ilha das Cobras por 6 x 3 e n?o foi esta a maior goleada que aplicou no oponente, a maior foi 9 x 1.



HISTÓRIA PARA CONTAR - Desconhece o Senhor Evaristo Nogueira, o fato marcante de que, numa mesma semana, o Tricolor de Aço, o clube mais laureado e de maior torcida do Estado Alencarino, na decis?o do campeonato de 1975 venceu o Time de Porangabussu, por tr?s vezes, numa mesma semana: 4 x 0, 3 x 1 e 1 x 0 arrebatando-lhe um conquista que já parecia certa, vez que o oponente, nos tr?s embates jogava por um simples empate, sagrando-se campe?o cearense. N?o adianta argumentar que “quem vive de passado é museu”, porque quem pensa desse modo e defende essa premissa é porque n?o tem história para contar. Nós temos. É bom que se frise que no nosso rol de títulos n?o existe nenhum “penta fajuto” concedido por um punhado de torcedores do nosso rival, aparentemente colocados nos postos de auditores do TJD-F para esse fim.



NICÁCIO CONTINUARÁ NO VITÓRIA -Na Ouvidoria recebo inúmeros e-mails, que repasso para os demais membros da diretoria e que faço quest?o de responder. Ontem recebei uma sugest?o por outro meio, via Facebook, da Senhora Zilda Ramos que sugeria textualmente que o staff tricolor procurasse conversar com o Nicácio, que estava dando sopa, tanto é que possivelmente iria para o Paysandu. Enviei para a Diretoria atinente ao caso, que já vem tentando o jogador há algum tempo, a qual, de posse da informaç?o, entrou em contato, mais uma vez, com o presidente do Vitória, Senhor Alex Portela, que informou taxativamente que o jogador estará renovando o seu contrato por todo o dia de hoje com o time baiano, no qual permanecerá, sendo frustradas dessa forma as nossas expectativas.



TOQUE DE LETRA –O momento é complicado, mas o Fortaleza tem um jogo hoje em que precisa vencer para recuperar a sua autoestima, abalada em raz?o daquele resultado, que reputo como um acidente de percurso. Nesse instante a comunh?o de espírito entre os verdadeiros tricolores é muito importante, pois esta corrente de almas que juntam com um mesmo objetivo costuma conseguir maravilhas, verdadeiros milagres. “A fé remove montanhas”, raz?o por que tenho plena convicç?o de que a nossa fé tem o poder de afastar todos os obstáculos que se interp?em no caminho do tricolor de Aço. N?o joguei ainda a toalha, até porque, no meu parco entendimento, de quem coloca a fé acima das coisas materiais, a luta só termina após o último soar do gongo e nós levamos um cruzado, mas n?o fomos ainda nocauteados.



PENSAMENTO - Se, a princípio, a ideia n?o é absurda, ent?o n?o há esperança para ela. (Albert Einstein).


DiscipuloTricolor - 10-5-13 em 12:27 AM

http://www.futebolinterior.com.br/clube/fortaleza-ce/265521+Serie_C_Sem_ex-Ponte,_Fortaleza_vai_em_busca_de_artilheiro_do_ASA


GALERA, ISSO AQUI É SÉRIO?

ALGUÉM RESPONDE RÁPIDO AÍ, POR FAVOR!!!



Já falei e repito:

O Baquit devia vender até as cuecas dele para conseguir o dinheiro que for para contratar o leo Gamalho.

O maldito kanal vendo isso vai querer colocar MERD@ na negociaç?o e querer o jogador para ele.



N?o é vergonha nenhuma n?o,,,

MAS ACHO QUE O FEC DEVERIA É FAZER QUALQUER CAMPANHA PARA TER ESSE JOGADOR...
ESTIMULAR A TORCIDA A COMPRAR ATÉ CHAVEIRO ACIMA DO VALOR PARA ARRECADAR DINHEIRO PARA CONTRATAR O LEO GAMALHO.


O FEC n?o pode perder essa briga para o maldito kanal.

Essas notícias divulgadas assim é phoda!


E AÍ???

[Editado em 10-5-13 por DiscipuloTricolor]


guaramiranga - 10-5-13 em 06:16 PM

Vaga na final do Campeonato Cearense 2013, lugar garantido na Copa do Nordeste 2014, prestígio, possibilidade de boa arrecadaç?o nas respectivas competiç?es, além de n?o precisar participar da primeira fase do estadual 2014, porque o perdedor terá que incluir mais 16 jogos no calendário apertado e que vai ter início logo nos primeiros dias de janeiro.

Todo esse pacote entrará em campo no PV, no domingo, quando mais um Clássico-Rei será disputado.

A enorme vantagem do /Ceará, que venceu a primeira partida das semifinais por 3×0, indica a classificaç?o da equipe alvinegra. É muito difícil que o Fortaleza faça quatro gols de vantagem, ainda mais quando voltamos aos encontros deste ano, quando os elencos ficaram frente a frente tr?s vezes e o /Ceará venceu todas, sem tomar gols e marcando seis, mostrando ter um elenco mais qualificado em todos os setores do campo.

Ainda assim, o Fortaleza tem uma miss?o relevante, que é mostrar para a sua torcida e para sí próprio que tem condiç?es de vencer o rival, ainda que n?o se classifique. Como ocorreu com o /Ceará, na quarta, que venceu o ASA por 3×0, foi eliminado da Copa do Brasil nos p?naltis, mas recebeu apoio e aplausos de seu torcedor, o tricolor tem esse dever e, se assim conseguir, vai ganhar confiança para os desafios grandes pela frente.

Já a miss?o do time de Leandro Campos é encarar a partida como um segundo tempo, com responsabilidade, intelig?ncia tática e respeito ao adversário e a tudo que está em jogo no confronto.


FCOCARLOSBARBOSA - 27-5-13 em 08:50 PM

Enquanto na TIMEMANIA nós arrebentamos, ficando no Nordeste atrás apenas do Bahia, no quadro de sócios torcedores ficamos muito a desejar, conforme se pode colher da publicaç?o do Jornal DIÁRIO DE PERNAMBUCO, que segue:

"Sócios torcedores pernambucanos no programa nacional de descontos
Postado em: 21 de maio de 2013 por: Cassio Zirpoli — 9 Comentários ↓
40"

1? - Internacional - 82.924;

2? - Gr?mio - 71.909;

3? - Corinthians - 52.878;

4? - Santos - 51.878;

5? - Cruzeiro - 27.775;

6? - Palmeiras - 23.983;

7? - Flamengo - 21.900;

8? - S?o Paulo - 20.132;

9? - Fluminense - 16.232;

10? - Santa Cruz - 13.174;

11? - Atlético/MG - 11.716;

12? - Sport - 10.673;

13? - Koisa do Kanal - 8.224;

14? - Joinvile - 7.913;

15? - Vasco - 7.814;

16? - Botafogo - 7.272;

17? - Ponte Preta - 6.436;

18? - Vitória - 5.976;

19? - FORTALEZA - 4.387 (Grandes Tricolores. Poderíamos estar melhor pela grandeza de nossa torcida);

20? - Náutico - 4.033;

21? - Bahia - 3.257 (só?)

22? - Ferroviário/CE - 3.024 (bastante para o tamanho de sua torcida);

23? - Portuguesa de Desp. - 953 (portugas);
(* Esta tabela eu tive que digitar, pois a da matéria, com os símbolos dos clubes, n?o foi possível colar).

"Náutico, Santa Cruz e Sport acabam de entrar no programa nacional de descontos para sócios torcedores, via Ambev. A ideia Por um futebol melhor consiste em oferecer descontos aos associados em dia dos maiores clubes do país em supermercados e grandes lojas em todo o Brasil.

Lançado em 14 de janeiro deste ano, o programa largou com 160 mil sócios adimplentes e catorze clubes ativados. Agora, com a entrada dos tr?s times pernambucanos, o programa saltou para 465 mil sócios e 24 equipes

Esses sócios ter?o direito a benefícios em mais de 600 produtos e serviços de 37 marcas. Basta se inscrever no site e informar o CPF. O volume de descontos em um m?s poderá quitar até mesmo o valor da mensalidade do torcedor ? medida em que mais empresas se tornem parceiras.

Entre os locais, destaque para o tricampe?o estadual. O Tricolor entrou no ranking no top ten. Com 2.501 sócios a menos que o rival, o Le?o aparece em 12? lugar. Já o Timbu fecha a lista dos vinte primeiros, com quatro mil associados. De uma só vez, o programa captou 27.880 pessoas no Recife.

Os dados dos pernambucanos foram expressivos neste primeiro momento. O potencial aumenta ainda mais a expectativa sobre as próximas atualizaç?es…"


guaramiranga - 3-6-13 em 07:29 PM

Depois de aparecer com destaque jogando a Série B pelo Icasa, em 2010, quando marcou nove gols, Assisinho tentou a sorte no futebol paulista, mas suas passagens por Botafogo de Ribeir?o Preto, Guarani e Oeste foram bem frustantes. No total, quase dois anos na busca por uma carreira sólida, sem sucesso, mas foi de volta ao estado natal que seu futebol reapareceu. Contratado no final de abril de 2012 para a disputa da Série C daquele ano, Assisinho é, desde ent?o, o principal jogador do Fortaleza.

Foram seis gols na Série C em 2012, quatro na Copa do Nordeste deste ano, sete no estadual, dois na Copa do Brasil e dois na estreia da atual ediç?o da Terceirona, na goleada sobre o Baraúnas por 4×1, neste sábado. Além dos gols (21 no total), Assisinho n?o tem a tend?ncia da omiss?o em campo, se machuca pouco e funciona como termômetro da equipe. É muito comum que tenha grandes atuaç?es nas vitórias e, nas derrotas, ele n?o jogue bem. Há cobrança da torcida, inclusive, para que ele apareça mais nos jogos decisivos. Nos clássicos contra o /Ceará, por exemplo, seu futebol ainda n?o foi contundente.

Na Série C, justamente por isso, Assisinho, aos 25 anos, será fundamental. Como atleta mais talentoso para criar jogadas individuais e balançar as redes, seu futebol será um dos pilares do sucesso do time na competiç?o. Mantendo o nível, as chances de acesso aumentam num grupo que parece mais complicado do que no ano passado. Contra o Baraúnas, contando com valiosa ajuda de Guaru (o meio-campo é outro com ele) e Jailson, tudo funcionou bem.


guaramiranga - 5-6-13 em 12:37 PM

Veja o que o Alan Neto colocou ontem:

ATÉ QUANDO?

.../CEARÁ faz hoje, nesta maratona maluca que é a Segundona, sua quarta partida na competiç?o. Fora de casa, em Itápolis.
Adversário, o Oeste, cujo nome a torcida do Fortaleza odeia.

- - - - - -
Ou seja, era jogo do kanal, mas o cara fez quest?o de lembrar o episódio.
E se lascou!


Anaximandro - 5-6-13 em 09:27 PM

VTNC, Alan Neto. Chupa e engole essa derrota pro Oeste. Vou torcer com todas as minhas forças que o tal do Oeste vença esses imundos no jogo de volta.


guaramiranga - 10-6-13 em 06:21 PM

http://www.tribunadoceara.com.br/blogs/fernando-graziani/files/2013/06/fortaleza_aguia.jpg
O Fortaleza empatou com o Águia de Marabá jogando em Sobral. Como tinha vencido o primeiro jogo fora de casa, contra o Baraúnas, ficou com quatro pontos em dois jogos. Como tenho repetido algumas vezes, inclusive na TV Jangadeiro e na rádio Tribuna BandNews, o tricolor tem que encarar essa fase com dois objetivos: estar entre os quatro e ganhar o melhor entrosamento possível. Ano passado ficou claro que n?o tem qualquer relevância fazer uma primeira fase espetacular e liderar o certame de forma constante. Só importa o primeiro mata-mata, mais nada.

Dito isto, dessas situaç?es curiosas que o futebol permite. Pelo twitter, o torcedor Valdir Freitas (@vavafreitas1) divulgou o que seriam supostas informaç?es passadas ao técnico Jo?o Galv?o, do bravo Águia (ou que ele passaria aos seus jogadores) antes do confronto. Valdir esteve em Sobral e ficou no mesmo hotel da delegaç?o do time de Marabá. No sagu?o, de acordo com ele, encontrou as análises e n?o tomou conhecimento, tratando de tomar para si preciosas anotaç?es. N?o consegui confirmar com a comiss?o do Águia, mas ainda assim vale a publicaç?o.

S?o 12 jogadores na lista, mas quatro n?o mereceram comentário (n?o se conhece o motivo, talvez n?o tenham chamado atenç?o realmente), incluindo Jackson Calcaia (na verdade, é Caucaia). Me chamou a atenç?o a análise de Jaílson que, de acordo com o “documento”, joga centralizado pelo lado esquerdo, seja lá o que isso queira dizer.
A defici?ncia apontada no goleiro Jo?o Carlos é injusta.
Marinho Donizete, que está bem melhor neste ano em relaç?o a temporada passada, ganhou um tremendo destaque. Além de ser ponto forte do time, é o jogador mais esperto do elenco. Assisinho, que sempre cai pelo lado esquerdo, mudou de lado na avaliaç?o. Fabrício foi adjetivado apenas como lento, nada mais, enquanto Guaru recebeu elogios justos. Outro acerto: Dico tem entrado no segundo tempo, como ocorreu na partida de sábado. Sinal que a comiss?o do Águia está preocupada em estudar os adversários.
---
--Meu comentário
A deficiencia do goleiro n?o é injusta e já nos custou vários gols tomados, contra kanal, Guarani, Ferroviário e Águia.


guaramiranga - 12-6-13 em 04:06 PM

Dois empates em 2011

Pela mesma competiç?o em 2001, Rio Branco e Fortaleza se enfrentaram duas vezes na primeira fase. No Acre empataram em 0×0. No Castel?o o jogo terminou em 1 x 1, numa partida em que o time acreano curiosamente marcou tr?s gols.


Imprensa cearense debocha de estádio e da viagem ao Acre

Parte da imprensa cearense ainda adota o discurso da ignorância e se refere ao Acre de forma pejorativa e com deboche. Foi que o fez o radialista Irismar França, da rádio Verdes Mares. Durante a transmiss?o de um jogo, o radialista disse que seria dificil o trabalho de sua equipe no Acre, onde o estádio palco do jogo ainda possuía cabines de madeira. Falou também que para chegar ao Acre de avi?o é s?o necessárias mais de vinte horas de viagem. Quando chegar ao Acre para transmitir o jogo do Fortaleza, o radialista certamente mudará de opini?o.


Anaximandro - 12-6-13 em 08:53 PM

É, esses vagabundos dessa imprensa parcial est?o todos putinhos com o péssimo desempenho dos come-ovo. Os caras estavam achando que tinham um supertimaço pra essa série B; como eles mesmo gostam de dizer, est?o tomando na tarraqueta.
Esse timeco dos come-ovo está atrás até do fraquíssimo Icasebre, que de vez em quando apronta umas boas surpresas nessa série B.
Neguinho vai brigar pra n?o cair, mas estava achando que iria subir. Ontem, no radinho, a choradeira tava grande; até a saída do Fernando Henrique pediram.
Vejam que esses bostas só ganharam do fraquíssimo PaysanCU, que certeza que é candidatíssimo ao rebaixamento. O time é horroroso. É quase a mesma [Censurado] da série C do ano passado; só um "trabalho" muito bem feito, uma maldiç?o explica essa porcaria ter subido e a gente n?o. É um fenômeno a ser estudado; n?o que fossemos um super time, mas diante das porcarias que subiram, isso deveria ser objeto de estudo.


guaramiranga - 13-6-13 em 02:53 PM

Um narrador que n?o esconde a paix?o clubística

O radialista Júlio Sales, narrador esportivo de m?o cheia da Rádio Assunç?o, está no Acre. Promete trazer toda a emoç?o do jogo do Fortaleza contra o Rio Branco, válido pela Série C, do Brasileir?o, a partir das 20h30min.

Julinho, a quem conhecemos há cerca de 27 anos, continua feito vinho. E também muito transparente, em matéria de paix?o clubística, até na forma de vestir.
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/files/2013/06/juliosales-550x410.jpg


guaramiranga - 14-6-13 em 10:50 AM

Torcedoras do kanal v?o ? Arena, mas n?o d?o sorte ao Rio Branco.

Rivalidade entre kanal e Fortaleza ganha torcida na Arena da Floresta, palco da estreia do Rio Branco. Tudo em clima de paz e sem viol?ncia.

A rivalidade n?o tem mesmo limites e nem fronteiras. No jogo entre Rio Branco e Fortaleza, nesta quinta-feira (13), na Arena da Floresta, na capital do Acre, alguns torcedores do kanal compareceram para apoiar o Estrel?o. N?o deu certo. O time acreano perdeu por 2 a 0, mesmo jogando em casa. E o clima era de muita paz entre as torcidas das tr?s equipes.

Fonte : globoesporte


NonatodeManaus - 14-6-13 em 02:12 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Torcedoras do <b>kanal</b> v?o ? Arena, mas n?o d?o sorte ao Rio Branco.

Rivalidade entre <b>kanal</b> e Fortaleza ganha torcida na Arena da Floresta, palco da estreia do Rio Branco. Tudo em clima de paz e sem viol?ncia.

A rivalidade n?o tem mesmo limites e nem fronteiras. No jogo entre Rio Branco e Fortaleza, nesta quinta-feira (13), na Arena da Floresta, na capital do Acre, alguns torcedores do <b>kanal</b> compareceram para apoiar o Estrel?o. N?o deu certo. O time acreano perdeu por 2 a 0, mesmo jogando em casa. E o clima era de muita paz entre as torcidas das tr?s equipes.

Fonte : globoesporte


De 1996 a 2006 eu viajava para Rio Branco, todos os meses sem exceç?o, e após alguns anos ausente, deverei retornar com as viagens a RB e também Porto Velho a partir de agosto desse ano.
Em Rio Branco quem n?o é cearense é descendente, daí essa presença de torcedores do lado negro.


roberioximenes - 17-6-13 em 02:35 AM

Time sub-20 do kanal participa de jogo-treino com equipe reserva da Seleç?o Brasileira
Publicado em 16/06/2013 - 15:18 por Wilton Rodrigues | 6 Comentários

Categorias: Copa das Confederaç?es, Fifa, Notícia, Presidente Vargas, Seleç?o Brasileira
Enviar para o Kindle

Equipe kanal Sub-20 (Foto: divulgaç?o/cearasc.com
A equipe sub-20 do kanal Sporting Club vai participar, na próxima segunda-feira (17), de jogo treino com os reservas da Seleç?o Brasileira, que desembarcam na tarde deste domingo (16) em Fortaleza. Conforme o clube cearense, o convite foi realizado pela própria Confederaç?o Brasileira de Futebol (CBF).

O treino entre a sub-20 do alvinegro e os jogadores que n?o atuaram na vitória do Brasil por 3 a 0 em cima do Jap?o, será realizado ?s 15h30, no Estádio Presidente Vargas, com horário de chegada dos cearenses marcada para 14h30. O treino será fechado para o público.

Em Fortaleza, o Brasil enfrenta o México na próxima quarta-feira (19), ?s 16h, no Castel?o. No dia seguinte, 20 de junho, a delegaç?o segue, ?s 15 h, em voo fretado de Fortaleza para Salvador, onde realizará, no dia 22, o 3? jogo da fase de grupos, contra a Itália.

CANALHA DESSE VIRGÍLIO ELÍSIO. Sempre trabalhando em prol do kanal.

A FCF poderia ter feito acordo contra um combinado cearense. Mas esses kanalhas sempre puxam a brasa para eles.


LinoFortaleza - 18-6-13 em 02:43 AM

Citação:
Mensagem original enviada por roberioximenes
Time sub-20 do <b>kanal</b> participa de jogo-treino com equipe reserva da Seleç?o Brasileira
Publicado em 16/06/2013 - 15:18 por Wilton Rodrigues | 6 Comentários

Categorias: Copa das Confederaç?es, Fifa, Notícia, Presidente Vargas, Seleç?o Brasileira
Enviar para o Kindle

Equipe <b>kanal</b> Sub-20 (Foto: divulgaç?o/cearasc.com
A equipe sub-20 do <b>kanal</b> Sporting Club vai participar, na próxima segunda-feira (17), de jogo treino com os reservas da Seleç?o Brasileira, que desembarcam na tarde deste domingo (16) em Fortaleza. Conforme o clube cearense, o convite foi realizado pela própria Confederaç?o Brasileira de Futebol (CBF).

O treino entre a sub-20 do alvinegro e os jogadores que n?o atuaram na vitória do Brasil por 3 a 0 em cima do Jap?o, será realizado ?s 15h30, no Estádio Presidente Vargas, com horário de chegada dos cearenses marcada para 14h30. O treino será fechado para o público.

Em Fortaleza, o Brasil enfrenta o México na próxima quarta-feira (19), ?s 16h, no Castel?o. No dia seguinte, 20 de junho, a delegaç?o segue, ?s 15 h, em voo fretado de Fortaleza para Salvador, onde realizará, no dia 22, o 3? jogo da fase de grupos, contra a Itália.

CANALHA DESSE VIRGÍLIO ELÍSIO. Sempre trabalhando em prol do kanal.

A FCF poderia ter feito acordo contra um combinado cearense. Mas esses kanalhas sempre puxam a brasa para eles.


E o pior, n?o é o Fortaleza o atual campe?o do Sub-20?


guaramiranga - 25-6-13 em 12:01 PM

Ele n?o perde qualquer oportunidade de nos atacar.

1. Um gol que tomamos há 5 anos.
LUIZ Gustavo, limpador de para-brisa da seleç?o brasileira, fez gol contra o Fortaleza quando jogou aqui, cinco anos atrás, defendendo o CRB de Maceió, lembra Miguel Júnior e seus famosos alfarrábios.

2. O kanal contrata um goleiro mas ele cita o jogo do Oeste mais uma vez.
GOLEIRO vem do Oeste, aquele que tirou p?o da boca do Tricolor na decis?o da vaga da Terceirona em pleno PV. Porém n?o jogou. Estava no banco.


guaramiranga - 4-7-13 em 03:47 PM

CRB. O torcedor do Fortaleza pode n?o saber exatamente que elas significam Clube de Regatas Brasil, mas lembra, contudo, que essas tr?s letras fizeram muito barulho e causaram o maior problema ao Le?o em 2011.

Será ele, o pol?mico CRB de Alagoas, que estará novamente no caminho do Tricolor, neste sábado, 6, ?s 16 horas, no Junco, em Sobral, pela Série C do Campeonato Brasileiro.

Refrescando a memória do torcedor tricolor. No dia 17 de setembro de 2011, o Fortaleza enfrentou o CRB no PV, com a obrigaç?o de goleá-lo para escapar do rebaixamento para a Série D do Brasileiro. E conseguiu, enfiando 4 a 0 nos alagoanos em jogo memorável para quem esteve no estádio.

A goleada sobre o clube alagoano garantiu a perman?ncia do Le?o na Série C do Brasileiro pelo número de gols marcados. Como o Campinense/PB derrotou o Guarany/S por 1 a 0, no Amig?o, em Campina Grande, o Tricolor e a raposa empataram em pontos (nove cada um) e saldo de gols (menos um), com o time paraibano sendo rebaixado pelo critério de gols feitos. Já o time alagoano, mesmo perdendo, ficou com 11 pontos, classificou-se para a fase seguinte.

Armaç?o desmentida

Terminado o jogo no PV, surgiram na internet imagens que levantaram suspeitas sobre a vitória tricolor, procurando mostrar possíveis diálogos entre atletas do Le?o e do CRB para armarem o resultado que beneficiaria os dois times. Alguns atletas foram a julgamento, tanto por parte do Fortaleza como do CRB no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJDE), no Rio, entre eles, o meia-atacante Carlinhos Bala.

O tricolor cearense teve de vencer em duas instâncias no STJD para poder respirar aliviado, garantindo os pontos daquele jogo. A Justiça Desportiva n?o conseguiu encontrar nenhuma evid?ncia de uma possível combinaç?o do resultado.

O trabalho de defesa do Fortaleza no STJD foi capitaneado pelos advogados Jorge Mota, Marcélio Desidério e Paulo Rubens, que conseguiram sepultar qualquer suspeita de irregularidade.

Passado o constrangimento, o Fortaleza vive um novo momento, tendo mudado quase todo o elenco daquele ano para os dias atuais. No elenco atual, apenas o volante Esley e o atacante Vinícius continuam no grupo, depois de terem passado por aquela situaç?o vexatória.

Novo momento

O técnico Hélio dos Anjos entende que o assunto está superado e que o momento é outro. O Le?o é o líder do Grupo A, com 7 pontos ganhos e pode se distanciar na liderança, caso vença. "É um novo momento e a situaç?o atual é diferente. Nem conversei isso com os atletas porque vivemos um momento em que lutamos para nos classificar", diz Hélio.

"Vai ser um jogo muito difícil, contra um adversário muito qualificado", completa Esley.

Ivan Bezerra


guaramiranga - 9-7-13 em 11:27 AM

ONDE ESTÁ A BOTIJA?...

... PRESIDENTE Osmar Baquit, há muito sumido, resolveu vir ? tona.

... ENTRE outras coisas, apelar para a torcida tricolor comparecer ao jogo de amanh?, pela Copa do Brasil contra o Luverdense.

... N?O baixou o ingresso, continuará o mesmo: R$ 30 e R$ 15.

... EM defesa própria, o clube comeu o p?o que o diabo amassou sem nada faturar durante esta tal de Copa das Confederaç?es.

... COMO a publicidade master n?o foi vendida, as outras meras paliativas, a botija tricolor é sua torcida.

... SOBRE arrendamento do PV pra se transformar em Arena Tricolor, n?o esqueceu a promessa. Garante que irá concretizá-la.

... ANTES de bater o martelo, existe uma série de condiç?es, embora o prefeito Roberto Cláudio já tenha dado seu aval.

... DÚVIDA. Se é melhor arrendá-lo ou parceria, rachando lucros e prejuízos.


guaramiranga - 10-7-13 em 01:36 PM

48 DIAS DE ESPERA...



... ÚLTIMA vez que o Fortaleza jogou no PV, antes do fechamento pra Copa das Confederaç?es, já se v?o 48 dias, uma longa espera.



... REENCONTRO com sua torcida, hoje, motivada e inflamada por conta da campanha do time na Terceirona. Toda raz?o do mundo pra encher o PV bizantino e azul.



... ADVERSÁRIO é o Luverdense, pela Copa do Brasil, bem entendido. Lá e cá em forma de mata-mata, palavra que o Tricolor abomina.

- - - - - -
Quem disputa competiç?es sabe que pode vencer ou perder.
Lógico que preferimos campeonatos por pontos corridos como nas séries A e B.
Mas dizer que abomina...

Vai secar outro karniça...


guaramiranga - 11-7-13 em 09:00 PM

Na Copa do Brasil, empatar sem gols em casa no jogo de ida n?o é um resultado desastroso. Pode ser frustrante – e foi para a torcida do Fortaleza, que vaiou a equipe no final do 0×0 contra o Luverdense, nesta quarta-feira – mas é algo que deixa a classificaç?o totalmente aberta, sem conclus?es antecipadas, afinal, qualquer vitória ou empate com gols em Lucas do Rio Verde, no dia 18, a vantagem é do tricolor.

O que se viu no PV foi um jogo com desempenhos muito parecidos, tanto para o bem, como para o mal. Os dois times com bons goleiros que foram fundamentais para a manutenç?o do placar, dois ataques criando algumas chances, mas as desperdiçando igualmente e com meio-campos sem criatividade.

É verdade que o Fortaleza teve mais iniciativa, mais posse de bola e oportunidades, mas teve pouca inspiraç?o pra transformar a press?o em gols. Os laterais pecaram demais nos cruzamentos e os volantes pouco ajudaram. Guaru, o mais criativo jogador do Fortaleza e assim tem que ser cobrado, fez partida discreta e Ruan viveu noite infeliz, perdendo duas chances claras.

E n?o há que se levar em consideraç?o as justificativas de alguns jogadores, de que “a bola n?o quis entrar”, pelo simples fato da bola n?o ter vontade própria. Ela só entra quando há compet?ncia para finalizar.

Evidente que atuando em casa o Luverdense terá mais iniciativa ofensiva, até porque a equipe sabe que precisa da vitória, mas ao mesmo tempo sabe que um gol do time de Hélio dos Anjos o obriga a virar a partida para conseguir a vaga.

N?o será fácil, para nenhum lado.


guaramiranga - 13-7-13 em 12:52 AM

Diante do Santa Cruz, neste sábado, no Recife (16h), o Fortaleza, líder do seu grupo na Série C com 10 pontos em quatro jogos, tem chance de alcançar uma sequ?ncia de sete partidas sem derrota.
O tricolor n?o sai de campo sem somar pontos desde o jogo contra o /Ceará, no dia 12 de maio, quando, no PV, perdeu por 3×1, ainda pelo estadual.

De lá pra cá, os resultados foram os seguintes, com 15 gols marcados e tr?s sofridos:

Fortaleza 4×0 Confiança – Copa do Brasil
Baraúnas 1×4 Fortaleza – Série C
Fortaleza 2×2 Aguia – Série C
Rio Branco 0×2 Fortaleza – Série C
Fortaleza 3×0 CRB – Série C
Fortaleza 0×0 Luverdense – Copa do Brasil


guaramiranga - 16-7-13 em 02:20 PM

Após ampla vantagem no início da Série C, o Le?o deixou os adversários encostarem na classificaç?o

Num campeonato, que ao menos na fase classificatória é de pontos corridos, todo clube quer acumular uma boa gordura para, na fase de mata-mata, chegar com vantagem sobre os rivais.

Com o Fortaleza n?o é diferente. O clube largou na liderança da Série C do Campeonato Brasileiro deste ano e disparou na liderança, ao vencer o Rio Branco, no Acre, passando grande confiança ? torcida de que iria acumular a tal ´gordura´.

Observe-se a vantagem do Tricolor na classificaç?o quando venceu o time acreano: o Fortaleza tinha 7 pontos, o Sampaio Corr?a tinha 4 pontos, o Cuiabá também 4 pontos, o mesmo que o Águia de Marabá e o Santa, o quinto colocado, que tinha apenas 3. A diferença do Le?o para o quinto era de 4 pontos. Isso sem falar em Brasiliense, Treze e Luverdense, que tinham apenas 1 ponto ganho.

Vantagem seguiu

O Tricolor venceu o CRB/AL em Sobral e pulou para 10 pontos ganhos, em quatro jogos. O Sampaio Corr?a estava com 7 pontos, o Luverdense também com 7 e o 4? colocado, o Santa, tinha 6 pontos. A vantagem para o 4? colocado era de quatro pontos. Era uma situaç?o bastante cômoda, portanto, para o Le?o.

Aí veio a derrota para o Santa Cruz/PE e a liderança ruiu. Agora, a situaç?o se complicou porque todos os rivais diretos pelo acesso encostaram.

- - - - - -
Que matéria fuleiragem essa!
Como se pode falar em gordura com apenas 3 pontos de diferença acumulados em 4 jogos, sendo que os demais haviam jogado somente 3 partidas?

Querem passar a idéia derrotista?
Todos aqui alertamos diversas vezes que o time n?o está bem e os caras querem dizer que estamos em decad?ncia.


guaramiranga - 18-7-13 em 01:53 PM

Garantir a vaga para as oitavas de final na Copa do Brasil na casa do adversário traz uma tremenda massagem no ego de qualquer equipe de futebol.

Esse gostinho especial o Fortaleza já experimentou seis vezes, somando-se todas as suas participaç?es na competiç?o, desde quando começou a disputar o torneio nacional, no ano de 1989.

Já as eliminaç?es longe de seus domínios ocorreram em oito ocasi?es.

A primeira vez que o clube obteve a vaga fora de casa ocorreu em 1992. O Tricolor enfrentou o Taguatinga/DF e venceu por 1 a 0 no PV. Na volta, no estádio Serej?o, foi o time candango que devolveu a derrota, também por 1 a 0. Nos p?naltis, o time cearense superou a equipe do Distrito Federal por 5 a 3 e avançou, mas foi eliminado pelo Sport/PE na fase seguinte.

A segunda festa do Le?o no terreno do adversário voltaria a acontecer na ediç?o de 2001. Na 1? fase, o Tricolor sapecou 2 a 0 no Sampaio Corr?a em S?o Luís, e eliminou os maranhenses.

Ainda na ediç?o de 2001, o Fortaleza encarou o Internacional/RS, derrotando os colorados, nas oitavas, por 1 a 0 no PV. Foi a Porto Alegre e arrancou um empate em 0 a 0, despachando os gaúchos. Contudo, nas quartas, o Le?o seria eliminado pela Ponte Preta em Campinas.

Outro grande palco do futebol brasileiro que viu o Le?o levar a classificaç?o na Copa do Brasil foi o Serra Dourada. O ano era 2002. O Fortaleza enfrentou o Vila Nova/GO e aplicou-lhe 4 a 2, classificando-se no primeiro confronto entre eles.

No ano de 2006, o Tricolor eliminou, de cara, o Vilhena de Rondônia por 3 a 1 no estádio Portal da Amazônia.

A sexta ocasi?o foi mais recente, no ano passado, quando o Tricolor despachou o Náutico nos Aflitos, perdendo por 2 a 1 - vencera o jogo de ida por 4 a 0.


guaramiranga - 19-7-13 em 04:13 PM

Um tremendo prejuízo. É isso que ficou da eliminaç?o do Fortaleza na Copa do Brasil. Nos confrontos contra o Luverdense, o time foi incompetente para vencer jogando no PV ainda que tivesse criado muitas chances de gol e, na partida de volta, nesta quinta-feira, foi derrotado por 2×1, num confronto em que esteve pior o tempo todo do que o seu adversário, que agora está entre os 16 melhores times da competiç?o nacional, com direito a muita e justa comemoraç?o.

Em Lucas do Rio Verde, apesar do primeiro tempo razoável que a equipe fez, o segundo tempo assustou negativamente.
Um time sem brio, sem força para tentar o empate e buscar o ataque o tempo todo (era a única necessidade depois de estar perdendo por 2×1 na primeira etapa) e, basicamente, com pouca criatividade coletiva para superar os donos da casa.
Ninguém se destacou individualmente, por isso é até injusto apontar um ou outro.
Todos foram mal, incluindo o técnico Hélio dos Anjos, que nada conseguiu fazer para melhorar a atuaç?o do time.

Assim, com esse cenário, a equipe ficou pelo caminho numa importante competiç?o.

S?o 500 mil reais de cota perdidos, além de uma enorme renda contra um gigante do futebol brasileiro, que certamente daria um fôlego bom para os caixas do clube, que agora tem a Série C como meta. Claro que voltar para a Série B é o principal objetivo do tricolor, mas a partida contra o Luverdense era, até ent?o, a mais importante do ano para o clube.


guaramiranga - 24-7-13 em 04:22 PM

Os quatro jogos mais recentes do Fortaleza (um empate e tr?s derrotas seguidas contra Luverdense, Santa Cruz, novamente o Luverdense e o Brasiliense) mostraram de maneira clara que o time tem uma necessidade até mais urgente do que acertar o posicionamento defensivo. A equipe precisa de um jogador que faça gols, que atue perto da área e aproveite as chances criadas. Nestes quatro confrontos, foram apenas dois gols marcados e muitos perdidos. Sem um atleta com essas características, a miss?o de voltar a disputar a Série B vai ficar mais distante. A eliminaç?o da Copa do Brasil, inclusive, já foi muito motivada pelo absurdo número de oportunidades que ficaram pelo caminho na partida de ida, no PV. Erros graves.

Jailson vive péssima fase. Ruan, que começou bem e tem potencial, está numa sequ?ncia impressionante de chances claras desperdiçadas. É jovem, alterna bons e maus momentos, mas n?o é o jogador que o time precisa neste momento. Assisinho também n?o é este jogador, apesar de titular indiscutível (e assim deve continuar), mas suas características táticas e técnicas s?o outras.

Do atual elenco, faltam ser testados Marciel, agora mais magro e que vem de boa temporada no cearense pelo Guarany (15 gols em 32 jogos), mas apesar de conhecer a posiç?o, é uma grande incerteza. Recém contratado, Waldison está de volta ao Pici. O jogador mostrou talento quando aqui passou, mas também n?o é um centroavante como a equipe necessita urgentemente. Agora, pela car?ncia do elenco, deve ser testado fazendo dupla com Assisinho. É, de novo, mais uma aposta, justamente quando o tricolor precisa da certeza dos gols.


guaramiranga - 25-7-13 em 03:57 PM

Durante a final da Libertadores, de rodada decisiva da Copa do Brasil e de um jogo isolado da Série A, duas importantes partidas ocorreram na Série C do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira.

Ambos mostraram bons resultados para o Fortaleza que, eliminado da Copa do Brasil na semana passada em Lucas do Rio Verdes, tem agora como objetivo único a tentativa de voltar a disputar a Série B.

O líder Sampaio Corr?a empatou com o Luverdense (1×1, Arlindo Maracan?, aquele, fez o gol do time maranhense), enquanto o Rio Branco-AC conseguiu sua primeira vitória na competiç?o ao bater o CRB por 1×0. Para o tricolor foram resultados bons. O time alagoano, se vencesse, ficaria com nove pontos, na cola do Fortaleza, que tem 10. Já o Sampaio e o Luverdense, ao somar um ponto, deixaram o G4 mais equilibrado.

Na próxima rodada o Fortaleza tem chance de assumir a segunda colocaç?o. Para isso, precisa vencer o Treze no PV e torcer por tropeços do Luverdense, que soma 11 pontos e visita o CRB, além do Cuiabá, que tem 10 pontos e recebe o Sampaio (14 pontos).

Em caso de empate ou derrota, entretanto, o time de Hélio dos Anjos tem chances enormes de sair do G4


guaramiranga - 25-7-13 em 04:07 PM

http://imgs.opovo.com.br/app/noticia_132346504881/2013/07/25/3098711/2507es0810.jpg

ÁGUA BENTA & MAU OLHADO...

LEMBRAM do padre Fernando Reis, torcedor do Fortaleza, aquele que entregou a camisa tricolor ao papa emérito Bento?

ELE mesmo, sim senhor. Sabedor da situaç?o do time do seu coraç?o, que perdeu todas as decis?es disputadas, ainda por cima perdeu a bolada de R$ 1 milh?o se passasse pra próxima fase da Copa do Brasil, resolveu entrar em aç?o.

COMO assim? Foi ao Pici munido de água benta pra benzer a sede do clube. Água benta será uma boa soluç?o pra mau olhado?

PELO sim, pelo n?o, padre Fernando fez seu papel. Se mal pergunto, terá jogado a água benta sobre o Hélio dos Anjos e o elenco?

PRODUÇ?O do time, em queda livre na Terceirona, a sede n?o tem a menor culpa. Técnico e jogadores s?o os maiores responsáveis, estes sim.

ÁGUA benta neles, padre Fernando, em nome do novo Papa , que por sinal está no Brasil...


guaramiranga - 26-7-13 em 11:07 AM

As tr?s derrotas consecutivas do Fortaleza, uma pela Copa do Brasil e duas pela Série C já doeram muito na torcida e também na comiss?o técnica, que pelo menos já se deu conta de quais t?m sido as principais falhas do time.

O Le?o do Pici foi eliminado da Copa do Brasil frente ao Luverdense/MT, perdendo por 2 a 1; Enfrentou o Santa Cruz no estádio do Arruda e foi derrotado pelo mesmo placar e ante o Brasiliense perdeu por 1 a 0.

O que haveria de comum nessas derrotas? O fato de o time n?o ter conseguido evitar o jogo aéreo do adversário nem ter sustentado um placar na fase final do primeiro tempo.

Exemplos

Tome-se o exemplo do confronto contra o Luverdense/SE. A equipe da casa havia feito 1 a 0, mas o Le?o do Pici jogava pelo empate com gols. Conseguiu empatar através de Guaru, mas aos 42 minutos do primeiro tempo, em cobrança de falta na área, Tozin subiu mais que a defesa do Fortaleza e marcou o segundo gol, que serviu para eliminar os tricolores da Copa do Brasil.

Veio o jogo diante do Santa Cruz, pela Série C. Assisinho abriu o placar, aos 21 minutos do primeiro tempo. A situaç?o parecia absolutamente sob controle, mas veio o tal apag?o da bola área em seguida.

Aos 46 minutos, houve uma cobrança de escanteio e Raul subiu para cabecear, quase em cima da linha, empatando o jogo e superando a defesa tricolor em um momento crucial da partida.

Diante do Brasiliense, no último domingo, a julgar pelo placar, o Le?o conseguiria ao menos o empate. Aos 43 minutos do primeiro tempo, o volante Baiano cobrou uma falta de longe, do lado esquerdo do seu ataque. A bola chegou na meta tricolor pelo alto. O goleiro Jo?o Carlos se confundiu com a área onde estava e acabou sofrendo um gol nessas condiç?es. O "apag?o" voltou a acontecer, dessa vez apenas com o goleiro.

A repetiç?o nas falhas irritou o técnico Hélio dos Anjos. "A gente passou 13 jogos no Fortaleza sem tomar gol de bola parada e aconteceu o que aconteceu diante do Santa Cruz e do Brasiliense. É uma coisa que n?o aceito facilmente porque s?o de situaç?es que a gente treina muito e comenta, mas acabam se repetindo", queixou-se o treinador.

Fonte: DN, 26/07/13


guaramiranga - 27-7-13 em 01:37 PM

Fortaleza e Treze foram derrotados nas duas últimas rodadas e est?o em dívida. Neste sábado, as duas equipes entram no gramado do Estádio Presidente Vargas, na capital cearense, ?s 16 horas, pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, tentando espantar a má fase e se reerguer na competiç?o.

Durante a semana de preparaç?o para o jogo, o técnico Hélio dos Anjos pediu 'carinho', 'amor' e participaç?o efetiva da torcida no momento difícil. Depois da eliminaç?o na Copa do Brasil, o Tricolor do Pici amargou a derrota contra o Brasiliense por 1 a 0, com gol em falha do goleiro Jo?o Carlos.

Já a equipe visitante, com apenas quatro pontos, está na zona de rebaixamento da Terceirona. O jogo desta tarde marca o reencontro do técnico alvinegro Vica com o Fortaleza. No ano passado, o técnico por pouco n?o levou o time cearense para a Série B do Brasileiro. O Le?o acabou perdendo para o Oeste, no próprio PV, e viu de forma traumática escapar a chance de se confirmar na Segundona.


guaramiranga - 27-7-13 em 01:38 PM

Poucas mudanças e possível estreia

Depois de tantas atuaç?es fora, o Fortaleza, finalmente, voltou para casa. E o carinho da torcida é o combustível para que a equipe se recupere,defende Hélio dos Anjos. O treinador chegou a afirmar que 'nunca viu um doente se recuperar na porrada'. Assim, acredita que voltar a atuar no PV terá efeito positivo para o grupo.

Contra o Treze, apenas o lateral-esquerdo Marinho Donizete, com dores na regi?o pubiana, é desfalque e deve ser substituído pelo meia Guilherme Lazaroni. Os meias Jackson Caucaia e Joílson retornam de suspens?o. Mas, no Le?o, a grande expectativa é a possível estreia do atacante Waldison. O jogador foi o destaque do Le?o na temporada passada, sendo o artilheiro da equipe com sete gols, e retornou ao Pici recentemente para a Terceirona.

Com isso, o jovem atacante Ruan perde espaço entre os titulares, após n?o render o esperado nos últimos jogos. O provável Fortaleza contra o Treze é: Jo?o Carlos; Carlinhos, Fabricio, Charles e Guilherme Lazaroni; Jaílton, Esley, Jackson Caucaia e Guaru; Assissinho e Waldison.

- Esse ano, no Fortaleza, todo jogo é decisivo. A competiç?o vai embolar até o final, e essa partida é decisiva - declarou Hélio dos Anjos.


guaramiranga - 27-7-13 em 01:39 PM

Reencontro

O jogo marca o reencontro de Vica com o Le?o do Pici. Mas, agora que está do outro lado, o técnico alvinegro espera conquistar a reabilitaç?o na terceira divis?o, já que o Galo está na zona de rebaixamento.

- Conheço bem o Fortaleza. Conheço a forma de jogar de alguns atletas que trabalharam comigo no ano passado, principalmente o Waldison, que voltou ao clube. O time deles é forte. Vem de maus resultados, mas nós vamos entrar em campo para surpreend?-los - disse o treinador do Treze.

Derrotado nas últimas partidas por Luverdense (4 a 0) e CRB ( 1 a 0), e com a terceira defesa mais vazada da competiç?o, com 10 gols sofridos, o time trezeano vai passar por “mudanças radicais” para o embate contra o Fortaleza. Nos treinos que comandou ao longo da semana, Vica decidiu mexer no gol, no meio-campo e no ataque.

Na defesa, a novidade é a possível estreia do goleiro Cléber no lugar de Éder. Já no sistema de armaç?o, Glauber, Richardson e Daniel Costa perdem os postos para o estreante Rodrigo Celeste, Sapé e Téssio. Já no ataque, a nova dupla será formada por Túlio Renan e Soares. O provável time do Treze é o seguinte: Cléber, Hudson, Sandoval, Jo?o Paulo e Anderson Paim; Rodrigo Celeste, Sapé, Jé e Téssio; Soares e Túlio Renan.


----------
Ou seja,

eles s?o franco atiradores, n?o tem nada a perder.


guaramiranga - 29-7-13 em 11:38 AM

O Fortaleza foi brioso, lutador, raçudo, na vitória de virada (3 x 2) sobre o Treze.
Superou duas vezes a desvantagem. Dominou a angústia, quando as coisas lhe foram adversas. Ganhou com mérito.
Dizer que Assisinho foi o melhor é bater na mesma tecla. Dois gols dele, a assist?ncia, a participaç?o. Mas nem tudo foi perfeito.
Fabrício reconheceu que há falhas, inclusive as suas. Quando o time faz uma autocrítica é sinal de que os ajustes vir?o mais de dentro para fora que de fora para dentro, ou seja, n?o apenas a vis?o do técnico, mas a análise do grupo.
Bela vitória. Na vontade e na raça.


guaramiranga - 30-7-13 em 12:45 PM

Reabilitado

Quem crucificou o goleiro Jo?o Carlos pelo lance pol?mico em Brasília, fato que resultou na vitória do Brasiliense, certamente já fez uma revis?o após a bela atuaç?o que ele teve no jogo diante do Treze de Campina Grande no PV, mormente nos momentos incisivos.
Muitas vezes, a pressa nas observaç?es pode conduzir a situaç?es piores, decorrentes de injustas substituiç?es.
Ainda bem que Jo?o Carlos, porque mantido, teve condiç?es de reabilitar-se a tempo.


guaramiranga - 31-7-13 em 04:37 PM

O time do Fortaleza como um todo, pode até n?o ter chegado ao ponto esperado pela torcida, mas ao longo do ano o atacante Assisinho despontou como quase uma unanimidade, com boas atuaç?es e principalmente com gols importantes, ao ponto de ser um dos artilheiros do Brasil.

Vinte gols na temporada fazem Assisinho brigar pela artilharia do Brasil
Foto: Lucas de Menezes

Até o fechamento desta ediç?o - sem se considerar a rodada cheia da Série B, onde est?o seus principais adversários na artilharia - Assisinho estava na 3? colocaç?o na lista, com 20 gols marcados na temporada de 2013.

O atacante vem mantendo uma boa regularidade com a camisa tricolor, sob o risco até de se criar uma depend?ncia da equipe em relaç?o ao seu futebol.

De 39 jogos que o Fortaleza realizou na temporada, o atacante revelado pelo Icasa só ficou de fora de um, na derrota para o Guarani de Juazeiro por 2 a 1, no Estádio Alcides Santos. Nessa partida, os atacantes foram Vinícius e Leandro Guerreiro. Assisinho estava suspenso.


guaramiranga - 31-7-13 em 04:39 PM

O atacante marcou gol em todas as competiç?es que o Fortaleza disputou este ano. Pela Copa do Nordeste, em dez jogos, ele marcou 4 gols; No Estadual, em 15 jogos, ele fez sete gols; Na Copa do Brasil, em 6 participaç?es do Le?o este ano, o atacante marcou dois gols. Sua marca melhorou bastante na Série C. Em sete jogos, ele anotou sete gols.

Outro detalhe é que Assisinho fez gols de grande importância, como o que deu a vitória ao Tricolor por 2 a 1 em cima do Santa Cruz, no Arruda, já nos acréscimos da partida.

Houve jogos em que o camisa 11 tricolor marcou dois gols nos 90 minutos, como aconteceu nos 4 a 0 em cima do Confiança, pela Copa do Brasil deste ano.

No confronto passado, diante do Treze/PB, Assisinho também balançou as redes em duas oportunidades. Numa delas, ele cobrou um p?nalti, o goleiro rebateu, mas o atleta foi mais rápido e antecipou a sobra de bola para fazer o seu segundo gol da partida. A vitória reabilitou o Le?o, que n?o vencia há quatro jogos seguidos. A torcida já estava na bronca com o técnico Hélio dos Anjos, quando seu comandado voltou a marcar, quebrando um jejum pessoal de quatro jogos

Naturalmente

O camisa 9 do Fortaleza n?o puxa só para si os louros da boa fase individual como atleta. "N?o venho procurando a artilharia como um objetivo só meu. Os gols saem naturalmente por várias raz?es: primeiro, s?o resultado do trabalho que venho realizando; segundo, estou tentando ajudar o Fortaleza da melhor forma, me dedicando ao máximo para atingir os objetivos. E por último, o principal, que é a ajuda do grupo. N?o conseguiria essa marca se n?o fosse com a ajuda dos companheiros", justificou o atacante juazeirense.

Temporada passada

Assisinho se recorda que fez 13 gols na temporada passada com a camisa do Fortaleza. O fato de ter renovado contrato para permanecer o ajudou a ter mais oportunidades de entrar em campo e batalhar pelos gols.

O atleta comemora o fato de n?o se contundir facilmente. No período da pré-temporada, os exames clínicos diagnosticavam que ele poderia ter uma les?o muscular a qualquer momento, fato que preocupou o técnico Hélio dos Anjos. Entretanto, até o momento ele n?o sentiu nenhuma contus?o. "Nunca tive les?o tipo grau 1 ou 2, como dizem os médicos, e isso me ajudar a sempre jogar e a marcar", disse.


guaramiranga - 2-8-13 em 11:20 AM

Já em Cuiabá, o Fortaleza realizou um treino de posicionamento na tarde desta quinta-feira (1?), no CT Brasil Central. A grande novidade foi a presença de volante Jefferson entre os titulares, no lugar de Jaílton, que fica fora devido a problemas estomacais. O Tricolor do Pici enfrenta o Luverdense neste sábado, ?s 17 horas, no Passo das Emas, pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Para o duelo, o Fortaleza tem desfalques nos setores de defesa e meio-campo. Apesar de n?o confirmar a equipe, o treinador Hélio dos Anjos deve ir a campo com: Jo?o Carlos; Carlinhos, Adalberto, Fabrício e Marinho Donizete; Joílson, Jefferson, Jackson Caucaia e Guaru; Assisinho e Waldison.

Nesta sexta-feira, Hélio dos Anjos encerra os preparativos durante a tarde, na capital do Mato Grosso. O Tricolor do Pici tem 13 pontos e está na terceira posiç?o do Grupo A.


guaramiranga - 3-8-13 em 10:30 AM

Qualidade para subir
O elenco do Fortaleza tem bons valores. Como consequ?ncia, capacidade para alcançar o principal objetivo que é subir para a Série B nacional. Alguém tem dúvida de que Jo?o Carlos, Fabricio, Charles, Jackson Caucaia, Esley, Guaru, Waldison e Assisinho poderiam jogar em qualquer equipe das séries superiores? Eu n?o tenho. Além disso, há no banco atletas qualificados como Dico e Maciel, dentre outros. Claro que pode haver variaç?o de desempenho. É normal. Mas, numa análise comparativa, n?o há nos clubes da Série C nada superior ao que o Fortaleza tem no momento. Logo...

O melhor. Tenho visto vários jogos de adversários do Le?o na Série C. N?o vi ainda nenhum jogador com qualidade superior ? de Assisinho. Ele está no rol dos melhores da competiç?o. Sua recente apresentaç?o na vitória de virada sobre o Treze (3 x 2) foi um primor.


Julio - 3-8-13 em 07:18 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Qualidade para subir
O elenco do Fortaleza tem bons valores. Como consequ?ncia, capacidade para alcançar o principal objetivo que é subir para a Série B nacional. Alguém tem dúvida de que Jo?o Carlos, Fabricio, Charles, Jackson Caucaia, Esley, Guaru, Waldison e Assisinho poderiam jogar em qualquer equipe das séries superiores? Eu n?o tenho. Além disso, há no banco atletas qualificados como Dico e Maciel, dentre outros. Claro que pode haver variaç?o de desempenho. É normal. Mas, numa análise comparativa, n?o há nos clubes da Série C nada superior ao que o Fortaleza tem no momento. Logo...

O melhor. Tenho visto vários jogos de adversários do Le?o na Série C. N?o vi ainda nenhum jogador com qualidade superior ? de Assisinho. Ele está no rol dos melhores da competiç?o. Sua recente apresentaç?o na vitória de virada sobre o Treze (3 x 2) foi um primor.



Esses comentários do tom lama, parece propaganda para alguém levar o Assis...Sei lá, mas sei n?o...


NonatodeManaus - 3-8-13 em 08:33 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Qualidade para subir
O elenco do Fortaleza tem bons valores. Como consequ?ncia, capacidade para alcançar o principal objetivo que é subir para a Série B nacional. Alguém tem dúvida de que Jo?o Carlos, Fabricio, Charles, Jackson Caucaia, Esley, Guaru, Waldison e Assisinho poderiam jogar em qualquer equipe das séries superiores? Eu n?o tenho. Além disso, há no banco atletas qualificados como Dico e Maciel, dentre outros. Claro que pode haver variaç?o de desempenho. É normal. Mas, numa análise comparativa, n?o há nos clubes da Série C nada superior ao que o Fortaleza tem no momento. Logo...

O melhor. Tenho visto vários jogos de adversários do Le?o na Série C. N?o vi ainda nenhum jogador com qualidade superior ? de Assisinho. Ele está no rol dos melhores da competiç?o. Sua recente apresentaç?o na vitória de virada sobre o Treze (3 x 2) foi um primor.


Sério??????
Quando verei esses jogadores jogarem ent?o, estou ansioso.


guaramiranga - 6-8-13 em 10:43 AM

Le?o demite gerente de futebol Jurandi Júnior e mais sete membros da diretoria executiva do clube.

O clube anunciou oficialmente a demiss?o do gerente de futebol, Jurandi Júnior, além da dispensa de sete membros da diretoria executiva.


Segundo o vice-presidente do Tricolor, Daniel Frota, a decis?o, tomada com o presidente Osmar Baquit, é uma medida urgente e necessária.

“Nós, muitas vezes, temos que tomar atitudes drásticas. É preciso cortar da própria pele em alguns casos. N?o é uma situaç?o confortável, mas se tornou necessária. N?o poderíamos demorar em tomar alguma atitude e foi o que achamos correto a ser feito”, explicou Frota em entrevista ao programa Trem Bala, da Rádio Globo/O POVO.

A retirada massiva de diretores, de acordo com o dirigente, foi definida em reuni?es com Baquit realizadas no último domingo, um dia após a derrota do Le?o para o Luverdense.

Foram retirados dos cargos de diretoria executiva: Giovanni Fernandes dos Santos (diretor de serviços jurídicos), Noé de Brito (diretor administrativo), Ademir Melo (diretor de marketing e diretor de finanças), José Rocha (diretor de futebol), Hélio Castelo (diretor de patrimônio), Fábio Mota (diretor de publicidade) e Advincula Nobre (ouvidoria).


guaramiranga - 8-8-13 em 04:38 PM

http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/files/2013/08/charge-eliomar-130808-fortaleza-ec-550x359.jpg

Esse é alvinegro, faz muitas brincadeiras conosco, mas tenho certeza de que fica contente com a alegria de seus amigos tricolores.


guaramiranga - 8-8-13 em 09:06 PM

O deputado estadual Perboyre Diógenes (PSL) criticou, em tribuna na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (7), a atuaç?o do secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Francisco Bezerra, e a comparou ao desempenho do time Fortaleza, que atualmente está na Série C do Campeonato Brasileiro.

Perboyre afirmou que Baquit investe no time que n?o alcança bons resultados, assim como o governador.

Em seu discurso, o parlamentar contrastou a atuaç?o do coronel a do governador Cid Gomes, que segundo ele, como o deputado Osmar Baquit investe no seu 'time', mas n?o alcança resultados.

“O governador deu tudo e o senhor n?o demonstra resultados suficientes. O deputado Osmar Baquit é presidente do Fortaleza e faz tudo para o time dar certo, mas o time n?o ganha. Tanto apanha, quanto d?o nele. Contrata jogador, contrata técnico, mas o time continua decepcionando o seu torcedor".

O deputado alegou n?o ser justo que Osmar Baquit seja responsável pelo desempenho do time, assim como Cid Gomes pela segurança no Estado. "N?o é justo que ele (Osmar Baquit) seja responsável pelo fracasso do time, ent?o tem que trocar o técnico, e é a melhor saída. Assim é com o governador, ele é presidente do maior time do Estado, mas apesar do esforço, o time n?o consegue dar alegria ao povo. E indagou: “é justo que o governador Cid Gomes pague por esse fracasso?”

Perboyre ainda citou a visita do papa Francisco ao Rio de Janeiro. “Acho que o coronel n?o ouviu o papa: diálogo e humildade”. O deputado acrescentou que a sociedade se encontra refém da criminalidade. “Infelizmente sua gest?o n?o tem dado certo, apesar do governador. O que se constata é que a sociedade continua refém dos assaltantes e traficantes, na Capital e no Interior”.


Ricarte - 8-8-13 em 10:18 PM

Eu até tinha falado que iria me afastar até a subida do Fortaleza, diante de tanta decepç?o, mas n?o posso ficar calado quanto o que vejo nessa imprensa podre, muitas vezes partindo de torcedores imundos do kanal, que n?o cansam em tentar conturbar o ambiente tricolor.

Quanto ? matéria:

Fortaleza, CE, 08 (AFI) - Artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série C ao lado de Fernando, do Cuiabá, o atacante Assisinho (foto abaixo) pode trocar o Fortaleza pelo kanal ainda nesta temporada. Pelo menos é a vontade do kanal, em ascens?o com Sérgio Guedes no Campeonato Brasileiro da Série B.

Confira!
» Fortaleza 3 x 0 Cuiabá - Estreia boa é com vitória!

O empresário do jogador, Artur Boim, está ciente do interesse, mas terá de convencer o atual clube do atacante de libera-lo sem uma compensaç?o financeira. O que, pelo menos a principio, está descartado. Porém, alguns fatores podem ajudar para que a transfer?ncia ocorra nos próximos dias.

No inicio da semana o presidente do Fortaleza, Osmar Baquit, anunciou uma série de mudanças em sua diretoria. Começando pela demiss?o do gerente de futebol Jurandir Junior, responsável pelo retorno do atacante para esta temporada. A chegada de Luís Carlos Martins, o ‘Rei do Acesso’, também traria mais tranquilidade dentro de campo pela conquista do t?o sonhado acesso. Facilitando sua saída.

Assisinho tem 50% do seus direitos econômicos ligados ao seu empresário, 20% do Icasa e os 30% restante do Fortaleza. Se contratado pelo kanal, seu salário seria de aproximadamente R$ 40 mil. Se o negócio n?o for concretizado em 2013, no ano que vem dificilmente deixará de acontecer.

Assisinho tem 26 anos e foi revelado pelo Icasa, de Juazeiro do Norte. No kanal ainda vestiu as camisas de Crato e Crateús. No ano passado defendeu o Oeste no Campeonato Paulista e depois defendeu o Fortaleza na Série C. Atualmente ele tem oito gols e é o artilheiro do time na Terceirona.

Aliás, ele marcou um dos gols do Le?o na vitória sobre o Cuiabá, por 3 a 0, na última quarta-feira. O time cearense chegou aos 16 pontos e retornou ao G4: é o quarto colocado.


ISSO É RIDICULO, IMORAL E SEM UM PINGO DE ÉTICA.

Eu n?o consigo entender como é que a Diretoria aguenta isso calado, porque n?o vai e responde ? altura a esse bando de urubus.
N?o acredito que isso aconteça, mas matérias como essa é um desrespeito ao Fortaleza e deve ser respondido, nunca ficar calado. Se acontecesse, demonstraria a incompet?ncia geral da Diretoria.


guaramiranga - 9-8-13 em 11:43 AM

O Fortaleza, atualmente na quarta colocaç?o do seu grupo com 16 pontos, um atrás dos tr?s líderes, encerra a sua participaç?o no primeiro turno da fase inicial da Série C no domingo que vem, em S?o Luis, contra o Sampaio Corr?a, jogo marcado para ?s 19h, com transmiss?o da TV Brasil. Nesta etapa, ter?o sido, portanto,seis jogos como visitante e quatro como mandante.

No segundo turno, entretanto, a tabela é invertida e o tricolor terá a chance de fazer seis jogos com o apoio da torcida. E ser?o os confrontos em casa que ter?o grande peso na tentativa de classificaç?o para o decisivo mata-mata Nos quatro jogos que fez como mandante até agora, o tricolor n?o perdeu. Foram 10 pontos conquistados em 12 disputados, onze gols marcados e quatro sofridos. O único jogo sem vitória foi o empate por 2×2 contra Águia. Já fora de casa, o time já foi derrotado tr?s vezes, para Santa Cruz, Brasiliense e Luverdense.

No segundo turno o Fortaleza disputa, ent?o, 18 pontos em casa, no PV: Baraúnas, Santa Cruz, Brasiliense, Luverdense, Rio Branco e Sampaio Corr?a. Já fora de casa, os adversários ser?o Águia, CRB, Treze e Cuiabá.


guaramiranga - 9-8-13 em 06:09 PM

Neste fim de semana quase todos os times do grupo A da Série C completam dez partidas disputadas, portanto, atingem o primeiro turno completo da fase inicial. Apenas o Treze e o Rio Branco ficar?o com nove partidas.

O Fortaleza encara o Sampaio Corr?a no domingo (a TV Brasil transmite a partida, a partir das 19h) e tenta vencer fora de casa para atingir os 19 pontos. Assim, ultrapassaria o próprio time maranhense, que tem 17 pontos, e ficaria na liderança isolada desde que Luverdense e Cuiabá, que também t?m 17 pontos, n?o vencessem na rodada.

Em caso de derrota o tricolor pode deixar o G4 e tem chance de perder duas posiç?es, justamente para os times que est?o com 14 pontos: Santa Cruz e Águia. Assim, na pior das situaç?es, termina sua participaç?o no turno inicial na sexta colocaç?o.

A rodada:

10/08 – 19h00 Santa Cruz-PE x Treze-PB
11/08 – 16h00 Águia-PA x Luverdense-MT
11/08 – 17h00 Cuiabá-MT x Brasiliense-DF
11/08 – 17h00 Baraúnas-RN x CRB-AL
11/08 – 19h00 Sampaio Corr?a-MA x Fortaleza-CE


guaramiranga - 12-8-13 em 02:34 PM

Reservas d?o conta do recado e Sampaio mantém qualidade do elenco.

Reserva até o jogo contra o Fortaleza. Tiago Cavalcanti n?o pôde jogar e, por isso, Célio Codó voltou a ser titular do Sampaio. Ele já tinha perdido uma boa chance na partida, mas n?o deixou escapar ? segunda, no jogo da noite deste domingo, no Estádio Castel?o.

Foi mais um gol o Sampaio na Série C do Campeonato Brasileiro, mas foi um marco no retorno de Codó com a camisa do Sampaio, que no próprio Castel?o chegou a ser vaiada na Série D de 2012 depois de perder muitas oportunidades de gol.

- Fico feliz por voltar ao time hoje e ajudar a equipe a sair com o resultado positivo. Vinha sofrendo com algumas coisas que acontecem no futebol, mas graças a Deus conquistamos a vitória hoje - desabafou.

Outro nome importante do Sampaio, o goleiro Rodrigo Ramos, comentou a importância dos jogadores que n?o jogaram as últimas partidas, mas foram bem no jogo deste domingo, entre eles, Célio Codó.

- É importante manter esse aproveitamento. A equipe sempre jogando bem, mostrando garra e vontade. Hoje, mesmo com o desfalque de alguns jogadores, os que entraram, jogaram bem – disse o goleiro.

Outro jogador que começou como titular depois de um longo período sem jogar foi o zagueiro Germano. O voloante Douglas Silva começou como titular, mas entrou durante jogos recentes.

Globoesporte.

Todo jogador quer aproveitar a chance, mas no FEC nem os titulares mostram vontade.
Mas Jackson Silva e Ruan mostraram mais vontade.
Assim como Edinho e Romarinho.


guaramiranga - 14-8-13 em 05:58 PM

O técnico avisou, logo que chegou, sem fazer segredo, que ia usar os dois primeiros jogos da equipe (contra o Cuiabá e o Sampaio Corr?a) para observar as principais falhas e qualidades do elenco.

Isso foi feito.

Após a volta do Maranh?o, diretoria e comiss?o técnica se reuniram na segunda-feira no começo da noite para conversas importantes.

Na terça-feira, coletivo no Pici também serviu como observaç?o para o treinador.

Dispensas v?o ocorrer certamente (é unânime no clube a decis?o) mas ainda est?o sendo analisadas para que erros n?o sejam cometidos.

O objetivo, inclusive, é divulgar todos os dispensados de uma vez só para evitar justamente um clima ruim com a situaç?o, que é normal no futebol.

A ideia é que isso seja resolvido com brevidade.

Da mesma forma, o técnico já preparou uma lista de até quatro jogadores para contrataç?o, mas atletas que possam chegar para resolver, tarefa que n?o é fácil nesse momento da competiç?o, já entrando no segundo turno.


De qualquer maneira, pelo desempenho do time no primeiro turno (16 pontos em 10 jogos e apenas a sexta colocaç?o, apesar do equilíbrio do grupo) a diretoria entende que é fundamental uma mudança, apesar de reconhecer que o elenco é bom no aspecto comportamental.


guaramiranga - 15-8-13 em 05:36 PM

Jogo no Presidente Vargas para colocar tudo em ordem. Isso é o que espera o Fortaleza, que no próximo domingo, 18, reencontra o Baraúnas pela Série C.

Cenário que exige do Le?o mais uma vitória urgente na disputa. O time está em 6? lugar e segue em alerta.

Consciente de que qualquer distanciamento do G4, nesta virada de turno do Brasileiro, pode comprometer os planos de 2013.

Em entrevista coletiva realizada na sede do clube, o lateral-esquerdo Marinho Donizete e o volante Jaílton destacaram o equilíbrio entre as equipes do Grupo A da Terceirona.

Os atletas também enfatizaram a necessidade de manter uma boa sequ?ncia nas próximas duas rodadas, que ser?o disputadas em casa.

“Nesta segunda rodada, vários jogos s?o aqui. Precisamos pontuar em todos eles”, disse Donizete. Já o volante pontuou que ceder pontos a concorrentes diretos é perigoso. “É um campeonato muito difícil. Buscamos uma regularidade para conseguir voltar ao G4”, disse Jaílton.


guaramiranga - 20-8-13 em 02:42 PM

Vitória ? vista
O Fortaleza favorito total amanh? ? noite no PV, quando enfrentará o Rio Branco do Acre. No jogo lá, o Le?o ganhou fácil por 2 a 0, gols de Ruan, este mesmo que, de certa época para cá, a torcida cuidou de vaiar e humilhar.
O Rio Branco tem tr?s pontos em dez jogos. Foram nove derrotas e apenas uma vitória. Sofreu 24 gols e tem saldo negativo de 21 gols. Posso imaginar o Fortaleza empatando ou perdendo? Nunca. Com todo respeito ao adversário.

Resposta
Emocionante a postura assumida pelo jovem atacante Ruan, do Fortaleza, diante das vaias sofridas. Ele disse ser guerreiro. Falou com sentimento sobre seu pai, que estava no PV. Também revelou sua fé em Deus. Enfim, valores positivos de quem tem os melhores propósitos, visando a vencer na vida. É hora de a torcida deixar de pegar no pé desse rapaz que luta para corresponder ?s expectativas. Ruan merece respeito, apoio, atenç?o, n?o vaias.


guaramiranga - 21-8-13 em 04:24 PM

CONVIDADO pelo Trem Bala para sentar-se na Cadeira Elétrica, da qual tantos correm com medo, LC pediu desculpas por demorar um pouco a vir. Foi o tempo em que arrumava as coisas e também a cabeça. Afinal, tinha sido contratado ?s pressas pra substituir Hélio dos Anjos. Pegou o bonde andando e um abacaxi do tamanho do Pici.

N?O fugiu ?s perguntas das feras do Trem Bala (Sérgio Ponte, Ciro Câmara e o Homem Mau Evaristo Nogueira). Fez algumas revelaç?es interessantes: ”O Esley nunca foi cabeça de área”. Mais uma: “Pelo que sei , o Fortaleza está pagando em dia. N?o ouvi nenhuma queixa dos jogadores”.

RECONHECE ter sido o causador da maior catástrofe, quando, dentro do PV, tirou o p?o da Segundona da boca do Fortaleza, dirigindo o Oeste. N?o quis ensinar qual foi o pulo do gato. Garantiu, porém, que agora no comando tricolor, poderá utilizá-lo este ano.


guaramiranga - 21-8-13 em 04:25 PM

NUMA “bíblia” fictícia prometeu, se depender dele e de Deus, deste ano n?o passará o sonho tricolor de chegar finalmente ? Segundona. Essa espera demanda precisamente de 4 longos anos. Resumo do que disse LC, fleumático, classudo, elegante.

“...N?O passou por minha cabeça vir dirigir o Fortaleza depois do que houve aqui, comandando o Oeste. Devo dizer que fiquei muito orgulhoso quando o Daniel Frota me ligou e fez o convite///”...ESLEY foi meu jogador. Me surpreendi ao v?-lo ser escalado como cabeça de área.. Ele rende muito mais como segundo atacante///”. .. ESTOU precisando de um cabeça de área aut?ntico. Gostaria de ter o Heleno, que tem o perfil ideal pra ocupar a posiç?o...”

“... GOSTO do 3-5-2 e vou adotá-lo, com a diferença de que em time que dirigo ele se torna muito mais agressivo. Voc?s v?o ver///“...MEU desejo é aproveitar jogador da base. Tenho boas refer?ncias do Edinho, do Dico e do Marciel. Minha priori dade é montar um time levando em conta a experi?ncia de alguns jogadores. A Série C requer pressa....

“... CORAGEM de barrar o Guaru? N?o só ele, quanto qualquer um que n?o esteja rendendo bem.../// “... N?O gosto de falar em números pra n?o travar a cabeça dos atletas. Prefiro focar sempre no próximo jogo///...ME surpreendeu saber que o Macena n?o está bem no kanal. Ele foi meu jogador na subida do Comercial, inclusive principal artilheiro do time///...“EU n?o tenho afilhados, nem protejo ninguém. Mas n?o me furto de apontar com quem gostaria de contar...”


guaramiranga - 26-8-13 em 01:08 PM

Ao marcar contra o Águia de Marabá, neste domingo, no empate por 1×1, o atacante Assisinho alcançou uma marca importante de gols com a camisa do Fortaleza.

Em pouco mais de um ano no clube, o jogador já soma 30 tentos marcados pelo tricolor em partidas oficias. Foram 61 vezes em campo (somando aqui as partidas em que ele entrou no decorrer do tempo) e 4754 minutos (um gol a cada 158 minutos).

Em 2012, sua estreia ocorreu contra o Gr?mio, em maio, quando o Fortaleza foi eliminado na Copa do Brasil após dois confrontos. Depois, foram 16 jogos pela Série C, os quatro primeiros como reserva e mais 12 como titular, com seis gols marcados.

Neste ano, já s?o 24 gols. No Brasil, só William, da Ponte Preta, fez mais do que Assisinho. Ele deixou sua marca sete vezes no campeonato cearense, quatro na Copa do Nordeste, dois na Copa do Brasil e onze na Série C.

Os gols de Assisinho em 2012:

Luverdense (1), Paysandu (2), Cuiabá (1), Santa Cruz (1) e Icasa (1)

Em 2013:

Confiança (3), Sousa (1), Santa Cruz (3), Icasa (3), Guarany (1), Horizonte (1), Guarani (1), Ferroviário (1), Baraúnas (3), Águia (2), CRB (1), Cuiabá (1), Treze (2), Rio Branco (1)


LinoFortaleza - 26-8-13 em 10:22 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Ao marcar contra o Águia de Marabá, neste domingo, no empate por 1×1, o atacante Assisinho alcançou uma marca importante de gols com a camisa do Fortaleza.

Em pouco mais de um ano no clube, o jogador já soma 30 tentos marcados pelo tricolor em partidas oficias. Foram 61 vezes em campo (somando aqui as partidas em que ele entrou no decorrer do tempo) e 4754 minutos (um gol a cada 158 minutos).

Em 2012, sua estreia ocorreu contra o Gr?mio, em maio, quando o Fortaleza foi eliminado na Copa do Brasil após dois confrontos. Depois, foram 16 jogos pela Série C, os quatro primeiros como reserva e mais 12 como titular, com seis gols marcados.

Neste ano, já s?o 24 gols. No Brasil, só William, da Ponte Preta, fez mais do que Assisinho. Ele deixou sua marca sete vezes no campeonato cearense, quatro na Copa do Nordeste, dois na Copa do Brasil e onze na Série C.

Os gols de Assisinho em 2012:

Luverdense (1), Paysandu (2), Cuiabá (1), Santa Cruz (1) e Icasa (1)

Em 2013:

Confiança (3), Sousa (1), Santa Cruz (3), Icasa (3), Guarany (1), Horizonte (1), Guarani (1), Ferroviário (1), Baraúnas (3), Águia (2), CRB (1), Cuiabá (1), Treze (2), Rio Branco (1)


Ótimo profissional, sua a camisa do nosso tricolor.


guaramiranga - 28-8-13 em 11:33 AM

Com o gol marcado no empate em 1 a 1 com o Águia em Marabá, no último domingo no Pará, o atacante Assisinho, do Fortaleza, assumiu a segunda colocaç?o na busca pela artilharia do Brasil na temporada 2013. O atacante já está com 24 gols, um a menos que William, da Ponte Preta, que tem 25.

Sendo um dos principais goleadores da temporada, é natural que surgissem propostas para Assisinho. E foi o que aconteceu. Desta vez, o Náutico manifestou interesse pelo jogador, em contato mantido com os empresários do atleta, Artur Boim e o filho do procurador, Rodrigo Boim. A iniciativa do Náutico teria mexido um pouco com o atacante e com o próprio Fortaleza, embora o atleta tricolor afirme que pretende cumprir o seu contrato, que vai até 30 de novembro próximo.

Há um m?s

A proposta do Timbu já ocorreu há um m?s e o clube pernambucano ficou esperando uma resposta. O jogador tratou de dizer ontem que no momento prefere se manter na busca pelo objetivo de seu atual clube. "A gente tem de manter a cabeça no lugar. As propostas est?o aparecendo, mas n?o podem tirar o foco da gente de realizar o sonho de todos aqui, que é o acesso ? Série B. Vou cumprir o contrato até o fim e no fim do ano, ir para casa refletir com a minha família para tomar uma decis?o", prometeu o atacante.

Assisinho reconhece que está atravessando o seu melhor momento na carreira no Tricolor do Pici. Por isso, sempre tem relutado em aceitar outras propostas. "Nunca tinha vivido uma fase como estou vivendo aqui no Fortaleza. Tenho que aproveitar ao máximo e estou aproveitando, mas tudo isso é fruto do trabalho de todos aqui, da comiss?o técnica e de todos, tanto os que já foram embora como também os que est?o aqui", ressaltou o atleta, dividindo os louros pelo bom momento.

Tr?s anos

Diante das especulaç?es sobre a saída do atacante, o vice-presidente do Fortaleza, Daniel Frota, procurou tranquilizar a torcida do Fortaleza. "Ele vai cumprir o contrato, conforme já acertamos", disse Frota.

O Fortaleza tem 30% dos direitos econômicos de Assisinho, o atleta tem 20% e os procuradores 50%. Daniel Frota revelou ainda que está procurando investidores que possam colaborar na compra dos direitos econômicos do atleta, mantendo o jogador no clube por mais tr?s anos. Faltam, porém, candidatos para a tarefa.


guaramiranga - 28-8-13 em 03:34 PM

S?o 30 gols em pouco mais de um ano. Assisinho é o principal atacante do Fortaleza desde que foi contratado. Seu desempenho já gerou uma série de times interessados. O mais recente contato foi do Náutico, lanterna da Série A e numa situaç?o muito complicada para fugir do rebaixamento do ano que vem. Evidente que Assisinho teria um salário melhor, mais visibilidade neste momento por atuar na primeira divis?o, mas o risco que acompanharia tal decis?o também era grande mais. Fosse um time que tivesse em melhores condiç?es, com menos press?o, seria bem diferente.

N?o será fácil o Fortaleza segurar o atacante em 2014 (o contrato termina no fim de 2013). Subir para a Série B talvez seja o primeiro passo para convenc?-lo a ficar mas, ainda assim, n?o é garantia de nada.
Aliás, para subir neste ano, a presença do cearense de Juazeiro do Norte é fundamental. Se ele sair, as chances despencam.

Seu empresário já trabalha o futuro dele. Aos 26 anos, ele n?o é mais t?o jovem e precisa de contratos melhores. Em 2012, s?o 24 gols marcados em quatro competiç?es diferentes. O mercado está aberto.


LinoFortaleza - 28-8-13 em 10:03 PM

Venho observando a tempo no Desgraçadonordeste na página jogada na internet, a primeira chamada é sempre do maldito kanal, a matéria sobre o Fortaleza vem sempre pelo meio para baixo da página, mas quando o assunto é desfavorável ou negativo vem logo na cabeça da página, como observo hoje, quando colocaram pela segunda vez a especulaç?o sobre a saída do Assisinho, uma imprensa fedorenta e safada.


guaramiranga - 1-9-13 em 04:48 PM

Ao contrário

Luiz Carlos Martins usou o calor para justificar postura do Fortaleza em Marabá.
Ainda bem que Maceió é fresquinha e o jogo ? noite.
Espera-se um Le?o mais compacto e equilibrado nos tr?s setores.

N?o é fácil, mas dá para surpreender.

----
Agora faço como o cara do Programa Nas Garras da Patrulha:

fresquim!


guaramiranga - 2-9-13 em 01:29 PM

Há jogos em que o time joga mal e perde. Há jogos em que o time joga mal, é prejudicado pela arbitragem e perde. A segunda opç?o ocorreu com o Fortaleza na derrota para o CRB, neste domingo, por 2×0. O erro absurdo do árbitro, que marcou um p?nalti completamente sem nexo a favor do time alagoano no primeiro tempo, n?o tem como apagar a ruim partida que o tricolor fez na etapa inicial, mas o equívoco de Marcelo Aparecido, de SP, influenciou no resultado.

No primeiro tempo, o esquema 3-5-2 de Luiz Carlos Martins teve muitos problemas de marcaç?o. O meio-campo dava espaços demais ao CRB, que tocava tranquilamente a bola na entrada da área e pressionava no campo ofensivo, como dono da casa e protagonista. Os alas tricolores (Jackson Caucaia pela direita e Marinho Donizete pela esquerda) n?o funcionaram, nem ofensiva, nem defensivamente. O time pouco criou, com Assisinho e Waldison isolados e o meio-campo ofensivo sem talento. Além do gol de p?nalti, Denilson também fez o segundo, em chute de fora da área, com colaboraç?o de marcaç?o frágil e do goleiro Jo?o Carlos.

No segundo tempo o panorama do jogo mudou. O Fortaleza melhorou porque Guaru deixou o campo (foi muito mal, mais uma vez) para a entrada de Ruan. Ao lado de Assisinho e Waldison, o pernambucano formou um trio ofensivo que passou a funcionar bem melhor. Chances foram criadas e desperdiçadas. Joilson também apareceu no lugar de Marinho Donizete. O Fortaleza tinha o controle territorial, tentava chegar ao gol de todas as formas, mas os contra-ataques estavam ? disposiç?o do CRB. A partida ficou aberta, mas sem alteraç?o no placar construído no primeiro tempo principalmente por incompet?ncia dos dois ataques.


guaramiranga - 4-9-13 em 03:48 PM

O tricolor tem seis jogos para fazer até o fim da primeira fase.

A luta inicial é para ficar entre os quatro melhores num grupo onde pelo menos sete forças se equilibram. A equipe tem 23 pontos, está na segunda colocaç?o, mas tem um jogo a mais do que todos os rivais diretos (o Águia joga nesta quarta contra o Rio Branco e, se vencer, ultrapassa o Fortaleza).
Por pontos perdidos, portanto, a equipe de Luiz Carlos Martins n?o está no G4, mas continua dependendo apenas de suas forças para alcançar o mata-mata decisivo (mais dois jogos, totalizando os oito do título do post) que pode levar o time de volta para a Série B.

Invicto como mandante, o Fortaleza faz a primeira decis?o no próximo domingo, contra o Santa Cruz, no PV. N?o é exagero classificar a partida assim. É confronto dos mais relevantes.

Nos cinco jogos seguintes, mais tr?s embates em casa, todos contra times que brigam por vaga (Brasiliense, Luverdense e Sampaio Corr?a), além de duas visitas para encarar Treze e Cuiabá.

É difícil fazer projeç?o num grupo t?o absurdamente equilibrado, mas pela atual condiç?o, ser?o necessários 35 pontos para um time conseguir lugar no G4. No mínimo, portanto, o tricolor tem que vencer quatro vezes ainda, justamente o número de partidas que vai realizar como mandante. Jogando no PV, até agora, foram cinco vitórias, um empate, 20 gols marcados e quatro sofridos.


guaramiranga - 6-9-13 em 05:01 PM

Sorriso

Bola tricolor, emblema tricolor e o sorriso franco, de quem está bem adaptado ? nova casa: Heleno, volante de marcaç?o forte.

Pode ser que eu me engane, mas faço a seguinte leitura: quando Heleno entrar, Esley subirá de produç?o.

Motivo simples: com Heleno na proteç?o, Esley estará livre para subir e ficar mais ? vontade. Vamos conferir na prática.


guaramiranga - 9-9-13 em 01:54 PM

Resultado importantíssimo conseguiu o Fortaleza neste domingo. Ao vencer o Santa Cruz por 2×0, no PV (14374 pagantes), manteve a invencibilidade como mandante (agora s?o seis vitórias e um empate), assumiu a liderança do grupo A mais uma vez (tem 26 pontos, com um jogo a mais em relaç?o ao Luverdense, que também tem 26) e deixou o rival pernambucano em situaç?o bastante complicada para se classificar. A rodada foi muito boa para o tricolor porque o Águia só empatou em casa contra o Cuiabá; Brasiliense e CRB também ficaram na igualdade e o Sampaio Corr?a perdeu para o Baraúnas, na zebra da rodada.

O time do técnico Luiz Carlos Martins foi protagonista da partida na maior parte do tempo e mereceu a vitória. Desde o começo se postou melhor do que o adversário, principalmente porque conseguia manter a bola no meio-campo e agrediu sem ter riscos defensivos no primeiro tempo. Heleno funcionou como terceiro zagueiro entre Eduardo e Charles e também como volante, como fez muito no kanal. Foi bem no primeiro tempo, caiu bastante no segundo (cansado, foi até substituído).

Waldison também cumpriu seu papel com correç?o, voltando para criar jogadas e chutando de fora da área, compensando a ruim partida de Guaru. Assisinho, antes de se machucar (saiu ainda no primeiro tempo) perdeu um gol inacreditável e n?o teve um bom dia. Já Ruan, seu substituto, fez os dois gols do Fortaleza, ambos no começo segundo tempo. No primeiro, completou jogada linda de contra-ataque que ele começou. No segundo, usou o talento individual. Já s?o seis gols do menino na Série C e foi o destaque da partida, ao lado de Jo?o Carlos.

O goleiro tricolor precisou trabalhar demais no segundo tempo, quando o Santa Cruz forçou para empatar e também depois de ter tomado o segundo gol. Como o Fortaleza optou por recuar, apresentou problemas na marcaç?o, especialmente na cabeça de área e nas laterais do campo (Boiadeiro e Adalberto ficaram abaixo do desejável), Jo?o precisou fazer pelo menos quatro defesas fundamentais no pior momento da equipe no jogo.


guaramiranga - 10-9-13 em 12:39 PM

O Fortaleza chegou ao final de semana, dia do confronto contra o Santa Cruz, na terceira colocaç?o do Grupo A da Série C, com 26 pontos ganhos. Um tropeço diante dos pernambucanos teria fatalmente tirado o Le?o do G-4 e comprometido a reputaç?o do time para os próximos duelos.

Uma das surpresas da 13? rodada foi a derrota do Luverdense, ent?o líder com 26 pontos, para o Treze, em Campina Grande. Com isso, o LEC estacionou nos 26 pontos e o Le?o cearense disparou no número de gols marcados, 31 contra 21 do time de Mato Grosso.

O Sampaio Corr?a iniciou a rodada com 23 pontos, foi surpreendido pelo Baraúnas e n?o avançou, sendo derrotado por 1 a 0. O Brasiliense ficou só no 0 a 0 com o CRB e com isso, ambos n?o superaram o Fortaleza. O Águia entrou na rodada com 24 pontos. Bastaria uma vitória sobre o Cuiabá e o Le?o seria superado, mas ambos empataram.

"O resultado foi ótimo. Eu estava preocupado com esse jogo, por conta do desgaste de vários dos nossos jogadores. Era muita dor muscular, devido ? maratona de jogos, e foi um risco muito grande, mas nós superamos", comentou o técnico Luiz Carlos Martins, após a partida.

Outro risco corrido pelo Tricolor foram as estreias de Heleno e Boiadeiro, que, na opini?o do técnico, haviam treinado pouco tempo junto com o grupo.


guaramiranga - 11-9-13 em 11:22 AM

CONTRATAÇ?O do meia esquerda Danilo Rios, apontado pela crônica amazonense como o melhor craque do campeonato local, vindo do Nacional-AM, é o vigésimo reforço do Fortaleza. N?o esquecer. Só pra Terceirona.

DOIS detalhes relevantes sobre o novo reforço tricolor.
Número um: com apenas 25 anos, já vestiu 10 camisas.
Número dois: chegou a assinar contrato com o Guarany de Sobral tr?s anos atrás, porém sequer entrou em campo.

FÁCIL detectar que, se joga com a camisa 10, meia-esquerda nato, veio pra fazer sombra a Guaru, que reina absoluto na posiç?o, sem força pra ameaçá-lo.

INSTALE-SE mais outro detalhe. Vamos a ele. Danilo Rios n?o foi indicaç?o do técnico LC Martins, a quem sequer conhece, a n?o ser de nome.
Indicaç?o foi feita diretamente pelo gerente-geral Júlio César Manso com o imprescindível aval do vice Daniel Frota.

OUTRA marca do Fortaleza nesta temporada. Pasmem. Vinte reforços para a Terceirona. Entretanto, atingiu a marca de 38 em 2013. E vem mais gente por aí.

PERGUNTA inútil. Adivinhem onde está a mais nova botija tricolor? Adivinhou...


guaramiranga - 11-9-13 em 11:24 AM

Luiz Carlos Martins havia solicitado a vinda de um meia canhoto, pois havia observado que o time só estava contando com Guaru com tais características. Entretanto, o meia Alex Maranh?o está voltando de les?o no joelho e o treinador tem receio de entregar a ele a responsabilidade de articulaç?o de jogadas.

Danilo Rios Maia Pereira nasceu em 9 de junho de 1988 em Jacobina, na Bahia. Ele já passou pelos seguintes clubes: Bahia, Gr?mio (onde fez a sua base), Vitória/BA, Atlético/MG, S?o Caetano/SP, Juventude/RS, Duque de Caxias/RJ e Nacional de Manaus. Ele chegou a ser anunciado pelo Guarany de Sobral, mas terminou desistindo.

O presidente do clube, Osmar Baquit, disse que n?o queria confirmar a contrataç?o de Danilo Rios, a n?o ser depois que o jogador desembarcasse na Capital.

Celsinho confirmado

Outro meia contratado pelo Fortaleza é Celsinho, que está no Londrina/PR e ontem confirmou o seu acerto com o Le?o.

O clube apresentou o lateral-esquerdo Adriano Chuva, de 26 anos, que vem do Marcílio Dias/SC.
Ele já participou de jogo-treino contra o Maguary na tarde de ontem no Pici, quando o Tricolor venceu por 6 a 0.
Os gols foram de Dico (2), Marciel, Romarinho, Laertes e Jo?o Gabriel.


NonatodeManaus - 11-9-13 em 07:58 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
CONTRATAÇ?O do meia esquerda Danilo Rios, apontado pela crônica amazonense como o melhor craque do campeonato local, vindo do Nacional-AM, é o vigésimo reforço do Fortaleza. N?o esquecer. Só pra Terceirona.

DOIS detalhes relevantes sobre o novo reforço tricolor.
Número um: com apenas 25 anos, já vestiu 10 camisas.
Número dois: chegou a assinar contrato com o Guarany de Sobral tr?s anos atrás, porém sequer entrou em campo.

FÁCIL detectar que, se joga com a camisa 10, meia-esquerda nato, veio pra fazer sombra a Guaru, que reina absoluto na posiç?o, sem força pra ameaçá-lo.

INSTALE-SE mais outro detalhe. Vamos a ele. Danilo Rios n?o foi indicaç?o do técnico LC Martins, a quem sequer conhece, a n?o ser de nome.
Indicaç?o foi feita diretamente pelo gerente-geral Júlio César Manso com o imprescindível aval do vice Daniel Frota.

OUTRA marca do Fortaleza nesta temporada. Pasmem. Vinte reforços para a Terceirona. Entretanto, atingiu a marca de 38 em 2013. E vem mais gente por aí.

PERGUNTA inútil. Adivinhem onde está a mais nova botija tricolor? Adivinhou...


Será que o Júlio Manso viu minha indicaç?o aqui no Fórum? rssss


Julio - 12-9-13 em 12:37 AM

Nonato, com certeza viu...quem acessa o Forum n?o deixa de acessar, pode até n?o postar nada, mas sempre passam aqui pra dar pelo menos uma espiada...


guaramiranga - 13-9-13 em 01:45 PM

O técnico anterior do Fortaleza, Hélio dos Anjos, já sabia da versatilidade do zagueiro Adalberto e agora, o atual, Luiz Carlos Martins, já pôde conhecer a facilidade com que o atleta desempenha as funç?es de zagueiro, volante e lateral-esquerdo.

A versatilidade do jogador ao encarar funç?es diferentes no time n?o vem propriamente de um trabalho de base, mas da forma que ele arranjou para se virar na vida comum.

Na sua luta pela sobreviv?ncia, Adalberto acha que encontrou o segredo de como desempenhar bem atribuiç?es do campo. Ele está cotado para ser o substituto do volante Esley no jogo de domingo, ?s 16 horas, no Presidente Vargas, contra o Brasiliense, pela Série C.

A lembrança do seu nome para ser titular, mais uma vez, é respaldada pela boa partida que realizou na vitória de 2 a 0 sobre o Santa Cruz, domingo passado também no PV, no triunfo que valeu a liderança do Grupo A.

Adalberto nasceu em S?o Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, de onde partiu o seu aprendizado para a vida toda. "Minha cidade sempre teve mais ou menos uns 10 mil habitantes e é bastante humilde. Lá, trabalhei de pedreiro, servente e também fui mergulhador".

O mergulho de que Adalberto fala n?o é o esportivo. Pelo árduo p?o de cada dia, ele mergulhava para pescar lagosta, profiss?o que herdou do pai, que hoje ainda tem sequelas acarretadas pela atividade.

Risco ? vida

Adalberto ia para o alto mar nos barcos que fazem a pesca da lagosta e lá mergulhava com uma máscara de oxig?nio por até 25 metros de profundidade para capturar lagosta. "Passava cerca de duas horas debaixo d´água. Quando mergulhava mais fundo, tinha de fazer a descompress?o e isso era um risco. Cresciam bolhas nas pernas e muitos viram as bolhas subirem até o cérebro. Graças a Deus, abandonei essa vida e hoje jogo futebol num grande clube", disse o atleta, que iniciou a carreira já adolescente, no América/RN.

"Quando falam das dificuldades do futebol, fico pensando que já enfrentei maiores obstáculos na vida que hoje me servem de incentivo", comenta.


webmaster - 13-9-13 em 02:48 PM

Citação:
Mensagem original enviada por Julio
Nonato, com certeza viu...quem acessa o Forum n?o deixa de acessar, pode até n?o postar nada, mas sempre passam aqui pra dar pelo menos uma espiada...



Apesar de apenas uns 20 postarem frequentemente mais de 200 acessam o site diariamente.


guaramiranga - 15-9-13 em 09:10 AM

Vencer e manter liderança
Nem o mais otimista dos tricolores acreditava numa combinaç?o de resultados que devolvesse o Fortaleza ? liderança do grupo, na série C. Quem iria imaginar o Sampaio Corr?a sendo derrotado pelo Baraúnas (ainda que o jogo fosse em Mossoró)? E o Águia, em Marabá, perdendo pontos para o Cuiabá? Pois é, aconteceu. Mas, o mais importante é que o Le?o fez a parte dele, derrotando o Santa Cruz, no PV. Hoje, mais um "jogo de 6 pontos". Brasiliense é adversário direto na briga por uma vaga na 2? fase. Time candango tem 25 pontos - um a menos que o tricolor, com o mesmo número de jogos. Vencer é dar mais um passo rumo ? classificaç?o.

Líder. Estreia de Heleno superou as expectativas. Protegeu bem a zaga, orientou o posicionamento dos companheiros e ainda apareceu no ataque. Se mantiver o nível vai ser muito útil nesta reta final.

Bom visitante
Brasiliense começou muito mal a série C. Esteve na zona de rebaixamento por várias rodadas. Pra se recuperar e brigar pelo G-4, foi buscar pontos preciosos fora de casa. Aliás, venceu mais como visitante do que como mandante (4x3). Está longe de ser um super-time, mas merece respeito.


guaramiranga - 16-9-13 em 06:39 PM

O empate do Fortaleza contra o Brasiliense num jogo em que falhou bastante na defesa e n?o teve tranquilidade para vencer no segundo tempo deixa a equipe em estado de alerta máximo para os quatro jogos que restam na primeira fase da Série C.
O equilíbrio continua impressionante e é quase impossível cravar qual pontuaç?o mínima necessária para a classificaç?o. O fato é que a igualdade deste domingo (numa tarde lamentável em que dirigentes dos dois clubes brigaram, foram parar na delegacia..,), ainda que tenha mantido a invencibilidade como mandante na competiç?o e a posiç?o no G4, deixa dois pontos importantes para trás. Os quatro jogos por vir continuam como decis?es. É press?o sem tamanho.

Com 27 pontos em 16 partidas, o time visita o Treze no domingo que vem, ?s 19h, partida com previs?o de transmiss?o da TV Brasil. A equipe de Campina Grande está numa sequ?ncia de quatro vitórias seguidas ou seis vitórias nos sete jogos mais recentes. Saiu da zona de rebaixamento para o G4.
Notável campanha, inclusive porque n?o toma gol faz tr?s partidas e neste sete jogos que citei, foram cinco sem sofrer gol.

Após encarar o Treze, o Fortaleza recebe o Luverdense, no PV. O time de Lucas do Rio Verde faz boa competiç?o e tem tempo que está entre os primeiros da competiç?o.

O penúltimo adversário é o Cuiabá, também fora de casa. A equipe do Mato Grosso luta contra o rebaixamento. É pedreira, principalmente porque o campeonato estará perto do encerramento e a press?o mais presente do que nunca.

Fechando a fase, o Fortaleza recebe o Sampaio Corr?a. O ideal é que o time já esteja classificado, assim evitaria uma press?o absurda no PV, mas o empate deste domingo contra o Brasiliense obriga o tricolor a vencer os tr?s jogos antes do confronto contra os maranhenses para contar com essa possibilidade.

------------
Todo mundo, até o Treze, consegue corrigir a defesa.
E nós estamos tentando há uns 5 anos!


guaramiranga - 18-9-13 em 11:52 AM

Guaru e Danilo Rios aparecem como as opç?es mais imediatas para dotar o time de um articulador com a 10

Após a queda para a Série C, a cada ano, o Fortaleza procurou um meia para chamar de seu. Um articulador de jogadas que pudesse virar xodó da torcida e ao mesmo tempo contribuir para o retorno ? Série B. Hoje, há duas opç?es disputando essa condiç?o no clube: Guaru e o recém-chegado Danilo Rios.

Guaru vem sendo o titular, mas buscando se afirmar com atuaç?es mais regulares. Enquanto isso, Danilo Rios se apresenta como opç?o.

O técnico Luiz Carlos Martins já vinha pedindo um meia canhoto, pois dizia: "temos o Guaru nessas condiç?es". Entretanto, o treinador n?o quis incluir nessa lista o meia Alex Maranh?o, que já vem treinando normalmente com bola após passar seis meses se recuperando de uma cirurgia no ligamento cruzado. Além dele, Guilherme Lazaroni, outro também indicado pelo técnico antecessor, Hélio dos Anjos, atua na mesma funç?o.

Martins ainda n?o definiu qual o seu meio campo ideal. Vale lembrar que o Tricolor do Pici tem outros meias, como Erivélton, que estava com dengue, e Edinho, que foi a revelaç?o do time no Estadual. Ambos precisam reunir condiç?es físicas para voltar a ser utilizados pelo treinador tricolor.

"O Guaru é um grande jogador. Eu acompanho ele desde jovem, no Bahia. Na época, eu era das divis?es de base. É um cara que respeito. Ele está nos ajudando muito e vai nos ajudar ainda mais", elogiou Danilo Rios. Este tem um julgamento pessoal do seu trabalho: "Sou um meia e minha qualidade maior é o passe", disse Rios.


guaramiranga - 18-9-13 em 12:09 PM

Sem vencer fora há 101 dias, Le?o precisa reverter histórico por acesso
No domingo, contra o Treze, Fortaleza completa mais de tr?s meses sem triunfar como visitante.

Quatro decis?es ? vista. É com este pensamento que o Fortaleza vai encarar Treze, Luverdense, Cuiabá e Sampaio Corr?a últimas rodadas da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. O primeiro desafio será fora de casa neste domingo, contra o Treze, ?s 19 horas, no Presidente Vargas, na Paraíba.

No duelo, o Tricolor do Pici tentará por fim a uma incômoda marca de 101 dias sem vitória longe de seus domínios. A última vez que o Fortaleza triunfou fora de casa foi no dia 13 de junho, contra o Rio Branco, pelo placar de 2 a 0, na Arena da Floresta. Desde ent?o, foram cinco derrotas e um empate como visitante.

Após o empate contra o Brasiliense no último domingo, o gerente de futebol do Le?o, Júlio Manso, ressaltou a importância de vencer fora de casa para avançar na competiç?o.

- Cabeça erguida e quatro decis?es pela frente. N?o tem moleza. Estamos vivos - declarou, por meio de uma rede social.

Depois do Treze, a equipe de Luiz Carlos Martins retorna para a Capital cearense, onde recebe o Luverdense, no dia 28 de setembro. Depois viaja novamente para encarar o Cuiabá, no dia 6 de outubro, no Presidente Dutra. Na 18? e última rodada, o Tricolor do Pici duela contra o Sampaio Corr?a, no dia 13 de outubro, ?s 16 horas, no PV.


guaramiranga - 21-9-13 em 09:42 AM

O Fortaleza poderá avaliar até que ponto o time depende do atacante Assisinho, artilheiro da Série C, com 11 gols, na partida de amanh?, ?s 19h, no PV, contra o Treze - jogo terá transmiss?o ao vivo da TV Diário.

Assisinho participou de todas as partidas do Tricolor na Série C deste ano e terá de ficar de fora do jogo contra o Treze por contus?o.

O jogador ficará de fora de um jogo do Le?o na competiç?o pela primeira vez neste ano. Ao longo de todo o ano de 2013, de 48 partidas realizadas pelo Tricolor, Assisinho ficou de fora de apenas uma, que foi a derrota para o Guarani de Juazeiro no Alcides Santos, ainda pelo Campeonato Cearense, no dia 28 de março último.

O médico do clube, Gilmar de Oliveira, diagnosticou um desconforto muscular no adutor da coxa esquerda de Assisinho. Por conta disso, o jogador ficará de fora dessa partida, embora seja um jogo importantíssimo para as pretens?es do Tricolor.

"O Assisinho tem um comprometimento no músculo adutor da coxa. É um desconforto. Nós do departamento médico conversamos com o técnico Luiz Carlos Martins e fizemos um acordo para deixá-lo de fora desse jogo", disse o médico, que vai reavaliar o atleta na segunda-feira.

Sem Assisinho, o escolhido foi Ruan, que sempre marca gols quando entra no segundo tempo. Já s?o seis na Série C com a camisa do Le?o. Dois desses gols Ruan marcou quando o técnico ainda era Hélio dos Anjos, tendo anotado o restante com as chances dadas por Martins.


guaramiranga - 21-9-13 em 09:53 AM

Embora n?o seja confirmado pelo técnico Luiz Carlos Martins, a tend?ncia é que Ruan seja o substituto de Assisinho, poupado depois de sentir um desconforto muscular na coxa. Sem o artilheiro da Série C, que n?o viajou para Campina Grande-PB, onde o Fortaleza enfrentará amanh? o Treze, o atacante de 20 anos terá mais uma oportunidade de ajudar o Le?o e também se firmar como novo xodó da torcida tricolor.


No dia 8 de setembro, quando foi acionado pelo técnico para entrar no lugar do próprio Assisinho, contra o Santa Cruz, Ruan foi o destaque do confronto com dois gols marcados.


Os tentos anotados pelo atleta do setor ofensivo leonino n?o foram os únicos na Série C. Atualmente na reserva, na condiç?o de carta na manga de LC Martins, Ruan já fez seis gols na competiç?o e está entre os 10 principais artilheiros da Terceira Divis?o.


guaramiranga - 21-9-13 em 09:56 AM

FORTALEZA é outro que escalará uma pedreira sem tamanho em Campina Grande. Nem tanto pelo Treze em si, principalmente por jogar no minúsculo estádio do adversário, que bobo n?o é. Se é pra atuar em campo neutro, caso do Amig?o, resolveu levar seus jogos para o desconfortável PV, um alçap?o das antigas.

TRICOLOR está em busca dos 8 pontos preciosos pra cravar sua chegada ao G-4. Faca e o queijo na m?o quando enfrentou o Brasiliense. Como n?o estava em seus planos perder, cedeu o empate. Ganhou um mísero ponto, perdendo os tr?s contabilizados. Este jogo em Campina Grande vale 6 pontos.


guaramiranga - 21-9-13 em 09:59 AM

... BOTANDO as coisas em seus devidos lugares e dando crédito a quem merece.

... FIO especial, ligado diretamente ao Pici, informa para os devidos fins.

... GRUPO que está bancando contrataç?o do artilheiro Robert n?o é comandado por Renan Vieira.

... POR quem, ent?o? Evangelista Torquato, médico renomado, tricolor de boca cepa, e o empresário Flavinho Novais, cujo pai, Flávio, tem história de seriedade e dedicaç?o total ao Tricolor.

... ELES comandam este grupo que vem dando aporte financeiro ? atual diretoria e assumindo algumas responsabilidades. Robert está incluído neste rol.

... SÓ um exemplo. O salário de Robert, presumivelmente, é de R$ 35 mil por tr?s meses, e será bancado por este grupo.

... NA base de um por todos, todos por um, desde que o Fortaleza chegue ? Segundona, o limite do céu que pretende alcançar.


guaramiranga - 22-9-13 em 04:04 PM

Agora, chegou o momento de defender com unhas e dentes a sua liderança no Grupo A, com 27 pontos, contra o Treze, que tem 26, neste domingo, ?s 19 horas no Presidente Vargas de Campina Grande (PB). O jogo terá transmiss?o ao vivo da TV Diário para todo o Estado.

Um detalhe passa mais confiança aos tricolores. É que o Tricolor n?o perdeu para o Treze nos últimos tr?s jogos entre as duas equipes pela Série C.

Outro desafio de hoje para o Fortaleza diz respeito ao jejum de vitórias fora de casa, que perdura desde a parada para a Copa das Confederaç?es. O próprio técnico Luiz Carlos Martins, no comando do time, empatou com Águia e perdeu para Sampaio Corr?a e CRB, mas n?o parece estar incomodado com isso. "Estou aqui há mais de 40 dias, ent?o, os números fora foram poucos. Já ganhei classificaç?o fora de casa, ganhei outros jogos. Isso n?o é o mais importante", disse, sem atentar para o fato de que dos 27 pontos ganhos pelo Tricolor, apenas sete foram obtidos fora de casa.

O técnico resolveu mexer na equipe que empatou com o Brasiliense na partida anterior. Retornam ao time o volante Esley e o meia Jackson Caucaia. Saem Peterson e Joilson. O meia Guaru perde posiç?o para Danilo Rios. E no ataque, sem Assisinho, que está machucado, entra Ruan.


guaramiranga - 24-9-13 em 12:00 PM

O Fortaleza já fez 40 contrataç?es para brigar pelo acesso ? Série B do Campeonato Brasileiro e tem elenco considerado experiente. Entretanto, a equipe carrega uma mancha na sua campanha, que é o fraco desempenho fora de seus domínios.

Das equipes que atualmente est?o no G4 da Série C, o Le?o é o que possui pior desempenho quando sai de sua casa.

Atualmente na terceira colocaç?o do Grupo A, com 27 pontos, o Fortaleza ganhou quase todos em casa. Foram apenas sete pontos conquistados longe do PV, onde manda seus jogos. Distante do seu centro, o Tricolor só ganhou dos últimos colocados do Grupo A, no caso Baraúnas/RN (por 4 a 1) e Rio Branco/AC (0 a 2) e empatou com o Águia/PA (1 a 1).

Se em casa o desempenho da equipe é 83,3 %, fora dos seus domínios, o aproveitamento cai para 25,9 %.

Líder

O líder Treze, que tem 29 pontos, já ganhou mais que o Tricolor fora. Ao todo, foram 20 pontos em casa e 9 fora, com desempenho de 37,5 % longe de casa. O Brasiliense, segundo colocado, tem campanha mais equilibrada. Dos 29 pontos ganhos, a distribuiç?o ficou assim: 15 pontos em casa (aproveitamento de 62,5 %) e 14 fora (51,9 %). O Santa Cruz, quarto colocado com 27 pontos ganhos, distribuiu assim a sua campanha: 19 pontos em casa (79,2 %) e 8 pontos fora (33,3 %). O Luverdense, que está fora do G4, também só ganhou 7 pontos fora, o que mostra que só ganhar em casa n?o é suficiente para a classificaç?o ? fase do mata-mata.

O Le?o ainda terá dois jogos em casa, ambos no PV, contra Luverdense e Sampaio Corr?a. O Tricolor do Pici sai apenas para enfrentar o Cuiabá.

"N?o há motivo para desespero. Temos a semana toda para trabalhar e tentar reverter o quadro. A torcida pode ter paci?ncia porque vamos brigar forte no G4", prometeu o técnico do time cearense, Luiz Carlos Martins, que ainda n?o ganhou nenhum jogo longe da Capital desde que assumiu a equipe.


guaramiranga - 24-9-13 em 12:03 PM

Faltou qualidade ofensiva, tranquilidade e bom posicionamento defensivo para o Fortaleza somar pontos em Campina Grande.

Faltou, portanto, quase tudo na derrota para o Treze por 2×0 (Junior Barbosa e Thiago Chulapa fizeram os gols), inclusive o árbitro marcar um p?nalti em Waldison no começo do segundo tempo, quando a partida ainda estava 0×0. O atacante foi empurrado na área e assim como cito quando os times cearense s?o ajudados, é preciso citar quando o prejuízo ocorre. Foi o caso.

O time errou taticamente (ficou recuado demais, rifando a bola) e as peças individuais n?o funcionaram. Troca de passes era algo raro. Foram apenas duas chances e nada mais. Danilo Rios, que entrou no lugar de Guaru, foi muito discreto. O restante do meio-campo também pouco produziu, assim como os laterais. O goleiro Jo?o Carlos falhou no segundo gol e Waldison e Celsinho, os atacantes que entraram como titulares, ou ficavam isolados demais ou erravam quando acionados. Assim, a derrota neste domingo foi fruto do que o time de Luiz Carlos Martins n?o fez.

A equipe de Paraíba também n?o teve uma boa partida, mas n?o precisou para conquistar sua sétima vitória nos oito jogos mais recentes. Saiu da zona de rebaixamento e agora lidera o grupo, com 29 pontos em 17 jogos. O Fortaleza está em terceiro, com 27 pontos e também com 17 jogos. Atrás do tricolor, quatro times – Santa Cruz (27), Luverdense (27), CRB (27) e Sampaio (25), todos com 16 partidas realizadas.

A conta para o Fortaleza conquistar uma das vagas para o mata-mata decisivo que pode levá-lo ao acesso para a Série B é a seguinte: precisa vencer os tr?s jogos que faltam para tentar se classificar. Os adversários, pela ordem, s?o Luverdense (casa), Cuiabá (fora) e Sampaio Corr?a (casa). Desta forma chegaria aos 35 pontos. É possível se classificar com 31 pontos ou 33? Sim, mas a combinaç?o de resultados teria que ser muito grande.


guaramiranga - 25-9-13 em 11:52 AM

Um pouco mais de aplicaç?o

Copa do Brasil:
10 de julho, Fortaleza 0 x 0 Luverdense no PV.
No dia 18 de julho, no Estádio Passo das Emas, Luverdense 2 x 1 Fortaleza. Le?o eliminado.

Série C nacional:
no dia 3 de agosto, novamente no Passo das Emas, Luverdense 2 x 0 Fortaleza. Danou-se.

Agora, outra vez o Luverdense no caminho do Le?o. Será sábado, dia 28 de setembro. Até agora, após 270 minutos e acréscimos, somente resultados insatisfatórios ao time do Pici. Hora, pois, de terminar com essa sequ?ncia.

Por mais paradoxal que pareça, apesar das vitórias do Luverdense, n?o o vejo com qualidade superior ao Le?o. Se o Fortaleza for um pouco mais aplicado, dará, sim, para ganhar no PV.

-------------
Um pouco mais aplicado é o sonho de todos os torcedores tricolores.
Que joguem com mais vontade, determinaç?o e atenç?o.


guaramiranga - 28-9-13 em 11:38 PM

No seu penúltimo jogo em casa na primeira fase da Série C, o Fortaleza conseguiu uma vitória marcante sobre um difícil Luverdense e conquistou os tr?s pontos no PV. O prejuízo do empate seria grande num grupo extremamente equilibrado em que nove times brigam por quatro vagas para o mata-mata. O triunfo por 2×1 sobre a equipe do MT, neste sábado, de virada, deixa a equipe com 30 pontos na classificaç?o (lidera) e agora aguarda a rodada de domingo para saber em que posiç?o vai terminar a rodada. O drama continua, mas a situaç?o melhorou bastante. A necessidade de fazer contas permanece, entretanto.

O Fortaleza fez um primeiro tempo ruim, tanto que Luiz Carlos Martins trocou Heleno por Guaru aos 25 minutos, na tentativa de dar mais força ofensiva ao time, que precisava muito da vitória. A mudança n?o surtiu efeito na primeira etapa (o tricolor teve apenas duas chances reais), muito também porque o sistema defensivo do Luverdense funcionou e, taticamente, além de se defender com 11 jogadores, estava pronto para o contra-ataque. Num deles, aos 41 minutos, o bom Tozin, de cabeça, fez 1×0.

No segundo tempo o técnico fez a substituiç?o que mudou a cara do jogo. Tirou Danilo Rios, apagadíssimo, e colocou Robert. Com um atacante refer?ncia, Assisinho e Waldison cresceram de produç?o (era a melhor escalaç?o desde o começo da partida, como tinha escrito aqui no blog nesta semana). Os laterais Marinho Donizete e Boiadeiro passaram a apoiar mais e Guaru também se uniu ao setor ofensivo. A press?o deu certo e aos 15 minutos o Fortaleza empatou, no gol número 25 de Assisinho na temporada 2013.

Depois da igualdade o Fortaleza continuou pressionando. Era outra equipe em relaç?o ao primeiro tempo, mas os contra-ataques continuavam ? disposiç?o do time de Lucas do Rio Verde e o goleiro Flávio (que assumiu a vaga de Jo?o Carlos, afastado por motivos técnicos) esteve muito bem quando chamado. Chances para vencer a partida o tricolor teve aos 23, aos 27, aos 34 e aos 37 minutos, mas todas foram desperdiçadas, duas delas por Robert. Mas coube ao zagueiro Eduardo Luiz, já nos acréscimos, acertar um chute de fora da área, no ângulo, e determinar um resultado fundamental.


guaramiranga - 2-10-13 em 12:03 PM

Assisinho vem sendo peça-chave para o Fortaleza nesta temporada. N?o somente por ter atuado em 48 dos 50 jogos do Tricolor do Pici, mas pelo faro de artilheiro, que já anotou 25 gols este ano. No próximo domingo, no entanto, em mais uma 'decis?o' na Série C do Campeonato Brasileiro contra o Cuiabá, o treinador Luiz Carlos Martins n?o contará com o jogador, que cumpre suspens?o pelo terceiro cart?o amarelo seguido na última rodada.

A aus?ncia de Assisinho é sempre sentida. Nas duas únicas vezes em que ele n?o esteve em campo, a equipe do Pici n?o venceu. A primeira delas foi ainda no Campeonato Cearense, no dia 31 de março, quando o Fortaleza foi derrotado pelo Guarani de Juazeiro por 2 a 1, no Estádio Alcides Santos. Depois, já pela Série C, o Le?o caiu frente ao Treze-PB, por 2 a 0, em Campina Grande, pela 15? rodada da competiç?o.

Waldison, que forma dupla com Assisinho no ataque, lamentou a aus?ncia do companheiro.
- N?o há dúvida de que é uma grande perda, mas no futebol é assim, quem vier a substituí-lo tem capacidade de fazer o melhor e ajudar nossa equipe, e o professor sabe disso. Se eu continuar como titular, quem ele escolher para o lugar do Assis será bem-vindo - afirmou Waldison.


guaramiranga - 2-10-13 em 12:04 PM

Sem Assisinho, o Fortaleza ainda n?o venceu.
Porém, com Flávio no gol, o Tricolor só tem resultados positivos.


Contra o CRB e o Rio Branco, o goleiro n?o chegou a sofrer gols. Contra o Luverdense, na última rodada, levou apenas um. Flávio ganhou o espaço de Jo?o Carlos, e Fábio Lima esteve no banco de reservas no domingo, no Presidente Vargas.
- Foi um jogo de muitos nervos, mas foi um jogo muito bom. A vibraç?o que a torcida passou, nos apoiando a todo momento. Do jeito que o campeonato está, um empate ou uma derrota faria uma diferença enorme e essa vitória foi essencial - comentou o goleiro Flávio.


guaramiranga - 5-10-13 em 10:26 AM

Luiz Carlos Martins, técnico do Fortaleza diz admirar as equipes do futebol brasileiro que t?m conjunto. Ele costuma elogiar o Corinthians, campe?o mundial, que mantém a base do grupo há cerca de tr?s anos. Relembra as dificuldades que seu time teve para bater o Luverdense por 2 a 1, no jogo passado, superando rival que já tem pelo menos dois anos trabalhando junto.

Tudo isso para dizer que seu time atual só se conhece há cerca de dois meses, ou até menos, dependendo dos jogadores. "Tem dado certo, mas é preciso lembrar que naquele jogo contra o Luverdense, 50% do nosso time se conhecia há cerca de um m?s e meio, em média", ressalta.

Com esse pouco tempo de convívio, o time ainda n?o ficou totalmente montado como Martins queria, embora existam mais de 30 atletas no elenco para essa reta final da Série C.

O próprio t reinador completará dois meses ? frente do grupo amanh?, quando sua equipe estará enfrentando o Cuiabá, no Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá (MT), pela 17? rodada.

Quando ele assumiu, vários outros jogadores foram se incorporando ao elenco e entrando na formaç?o principal, mudando a cara da equipe. Até aqui, para melhor, segundo ele.

Em grupo

Luiz Carlos Martins disse que gosta de trabalhar recorrendo ao grupo, que é mantido de acordo com o rendimento. "Alguns n?o estavam rendendo o esperado e fomos mudando, mas o pouco conhecimento entre eles tem atrapalhado. "O Flávio, goleiro, há muito tempo que n?o jogava; O Boiadeiro só está no clube há um m?s e meio; o Eduardo, zagueiro, está aqui há dois meses; o Heleno tem o mesmo tempo do Boiadeiro e o Robert chegou praticamente ontem. É 50% do time, mas a gente tem de trabalhar para superar as dificuldades", completa o treinador.


guaramiranga - 7-10-13 em 02:52 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Sem Assisinho, o Fortaleza ainda n?o venceu.
Porém, com Flávio no gol, o Tricolor só tem resultados positivos.



guaramiranga - 9-10-13 em 11:33 AM

Para o torcedor do Fortaleza que n?o está muito atento ? situaç?o do clube na Série C, é melhor se informar logo e correr para comprar seu ingresso, pois o jogo de domingo, ?s 16 horas na Arena Castel?o, contra o Sampaio Corr?a será crucial para o clube.

Isso porque, se n?o conseguir confirmar a classificaç?o, será o último jogo do Tricolor no ano, o que comprometerá profundamente a administraç?o e todo o projeto feito para levar o time de volta ? Série B do Brasileiro.

Será um jogo sem apelaç?o, pois encerra a fase de grupos da Série C deste ano. O agravante é que o Fortaleza n?o está na Copa do Nordeste de 2014, por n?o ter sido sequer vice-campe?o cearense do ano, título pertencente hoje ao Guarany de Sobral. A perman?ncia do time em mais um ano na Série C, em hipótese contrária ? classificaç?o, seria uma catástrofe. Para o primeiro semestre de 2014, o clube só tem garantido o Campeonato Cearense. Nem a Copa do Brasil está assegurada para as suas cores.

Ambiente positivo

Mesmo assim, a diretoria do Tricolor do Pici n?o faz prognósticos negativos e só se concentra na hipótese da vitória e da consequente classificaç?o, o que tem tornado o ambiente positivo, apesar da tens?o do momento. Ninguém faz nem contas em caso de algum prejuízo inesperado, tal é o comprometimento no sentido de classificar a equipe ?s quartas de final da competiç?o.

O vice-presidente do Fortaleza, Daniel Frota, teve uma reuni?o, ontem ? tarde, a portas fechadas com o elenco, quando procurou explicar a situaç?o e também tratar de assuntos financeiros. Quando terminou o encontro, o dirigente atendeu a imprensa. "Acredito muito no nosso time. Como administrador, tenho plena convicç?o de que nosso time tem condiç?o de superar o Sampaio Corr?a e n?o ficar pelo caminho. Esse é o meu pensamento e tenho feito tudo aqui para isso. Feito tudo o que é necessário para deixar os atletas tranquilos para esse jogo", disse Daniel, procurando n?o pensar na hipótese de alguma coisa vir a dar errado e o clube ter de recorrer a um plano B para evitar uma crise. "Tenho dado o máximo do meu esforço físico e mental para ajudar o time a se classificar", completou o vice-presidente.


guaramiranga - 10-10-13 em 11:30 AM

Volante Esley admite que mudou seu comportamento para permitir que seu futebol aparecesse na Série C

Depois de seis expuls?es com a camisa do Fortaleza em tr?s temporadas, além de ter recebido 11 cart?es amarelos em 2012 e 18 no ano de 2013, o volante Esley bem que poderia ser uma peça descartável - a julgar pelas infraç?es - na luta pelo acesso do Fortaleza da Série C para a B.

e a avaliaç?o do dirigente se mirasse apenas na parte disciplinar, com certeza o jogador Esley n?o estaria mais no Pici Foto: Kid Júnior

Se a avaliaç?o do dirigente se mirasse apenas na parte disciplinar, com certeza Esley n?o estaria mais no Pici, entretanto, por trás desse jogador com fama de temperamental está o homem que quer mudar sempre para melhor, de tal modo que hoje, Esley é o jogador mais regular do elenco do Tricolor do Pici.

O desejo de mudar, de se transformar em alguém que visa mais a bola, aliado ao lado técnico, de reconhecido valor, tudo isso contribuiu para um novo Esley, hoje um dos líderes do time e homem de confiança do técnico Luiz Carlos Martins.

Mesmo com cart?o

Um exemplo da confiança do comandante dispensada ao atleta ocorreu o jogo contra o Luverdense, no PV, quando o Tricolor começou perdendo. Esley já tinha recebido cart?o amarelo e chegou a hora de o técnico fazer uma substituiç?o. Mandava a lógica do futebol que ele deveria sair para n?o levar o cart?o vermelho, mas o treinador optou por mant?-lo em campo, sacando Heleno. Esley passou a armar o time, juntamente com Guaru, que havia entrado no lugar de Heleno, e foi dos pés dele (Esley), que veio o passe para o zagueiro Eduardo Luiz mandar uma bomba de longe, virando o jogo para 2 a 1.

Há um detalhe também que cerca a vida do volante no Le?o. Ele foi titular com todos os treinadores que já passaram, a quem coube a miss?o de escolher o melhor time.


guaramiranga - 10-10-13 em 11:31 AM

Aprendizado

Sobre a mudança de postura, ele mesmo comentou, após o treino de ontem, realizado na Arena Castel?o, local da partida de domingo contra o Sampaio Corr?a: "isso já faz parte do passado. Aprendi um pouco com cada treinador que passou pelo clube. Acho que evoluí muito tanto dentro como fora de campo".

Esley, que desde 2011 tenta o acesso pelo Fortaleza, reconhece que sempre as críticas pesaram sobre ele. Muitas vezes saiu de campo, ao ser expulso, chorando, como que lamentando um certo descontrole. Agora, aos poucos, diz que começa a ter mais equilíbrio. "Sempre confiei no meu futebol. É lógico que em alguns momentos achei que as críticas n?o eram certas para mim, mas nunca fui contra a torcida. Fiquei calado, procurei relaxar com a família em casa e trabalhar, até que a tempestade passasse", relata ele.


flaviofor - 10-10-13 em 04:39 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Aprendizado

Sobre a mudança de postura, ele mesmo comentou, após o treino de ontem, realizado na Arena Castel?o, local da partida de domingo contra o Sampaio Corr?a: "isso já faz parte do passado. Aprendi um pouco com cada treinador que passou pelo clube. Acho que evoluí muito tanto dentro como fora de campo".

Esley, que desde 2011 tenta o acesso pelo Fortaleza, reconhece que sempre as críticas pesaram sobre ele. Muitas vezes saiu de campo, ao ser expulso, chorando, como que lamentando um certo descontrole. Agora, aos poucos, diz que começa a ter mais equilíbrio. "Sempre confiei no meu futebol. É lógico que em alguns momentos achei que as críticas n?o eram certas para mim, mas nunca fui contra a torcida. Fiquei calado, procurei relaxar com a família em casa e trabalhar, até que a tempestade passasse", relata ele.


eita que o "boi" foi grande!!! rsrs...

e o impressionante é que nenhum time se interessa por esse "novo" homem!!! :(


guaramiranga - 13-10-13 em 11:09 AM

Ansiedade, decepç?o, trauma, expectativa, uni?o. A trajetória do Fortaleza na Série C do Campeonato Brasileiro desde 2010 até 2013 reúne sentimentos diversos e vivos na cabeça de torcedores, dirigente e jogadores. Neste domingo (13), o Le?o dará mais um passo nesta árdua trajetória em busca do retorno ? Série B.

Contra o Sampaio Corr?a, ?s 16 horas, na Arena Castel?o, pela 18? rodada da Terceirona, o time comandado por Luiz Carlos Martins precisa vencer para avançar ? próxima fase sem depender de outros resultados. Uma situaç?o que só será resolvida nos últimos minutos da fase classificatórias, mas nada que o torcedor do Fortaleza n?o já tenha vivido em anos anteriores. Confira uma retrospectiva preparada pelo GLOBOESPORTE.COM/CE relembrando a situaç?o do Le?o na última rodada em 2010, 2011 e 2012.


guaramiranga - 13-10-13 em 11:10 AM

Em 2010, o Fortaleza chegou ? última rodada de primeira fase precisando vencer o Águia de Marabá, no Zinho Oliveira, para se classificar. O Le?o estava no Grupo A, empatado com a equipe paraense com 11 pontos. No duelo fora de casa, no dia 19 de novembro, as duas equipes empataram em 1 a 1, e o Águia acabou avançando por ter tr?s vitórias em oito jogos, enquanto o Fortaleza tinha apenas duas.

Na partida no Zinho Oliveira, o Le?o largou na frente, com gol de Tatu, mas Torrô empatou para os donos da casa aos 35 minutos do 2? tempo. Com isso, o Paysandu terminou a primeira fase como primeiro do Grupo A, com 14 pontos, e o Águia em segundo, com 12. O Fortaleza amargou a eliminaç?o em terceiro, com 12 pontos, mas uma vitória a menos.


guaramiranga - 13-10-13 em 11:10 AM

Em 2011, a torcida do Fortaleza passou por momentos de afliç?o e o desespero só teve fim nos últimos minutos do jogo contra o CRB, na última rodada, quando o Le?o livrou-se do rebaixamento ao golear os visitantes por 4 a 0, no Estádio Presidente Vargas. A partida ainda causou muita pol?mica após o apito final. Com a vitória do Campinense contra o Guarany de Sobral por 1 a 0 na mesma tarde, que deixou a equipe paraibana e a cearense com nove pontos, o Le?o precisa vencer os alagoanos por um largo placar para se salvar. Vavá, duas vezes, Gustavo Papa e Marcos Goiano foram os autores dos gols que livraram o Fortaleza do vexame da Série D. Do mesmo grupo do Le?o, avançaram América-RN, líder, e CRB, na vice-liderança, para a próxima fase.

O episódio da goleada no Estádio Presidente Vargas foi parar na Segunda Comiss?o Disciplinar do Superior Tribulal de Justiça Desportiva (STJD). O CRB e Fortaleza foram julgados, assim como jogadores e também o árbitro Guttemberg de Paula Fonseca. O principal motivo foi um suposto pedido de facilitamento por parte de atletas do clube cearense. O julgamento durou quase cinco horas. Fortaleza e CRB escaparam de puniç?es pesadas (havia a possibilidade de eliminaç?o da Série C). O atacante Carlinhos Bala, do Fortaleza, pegou seis jogos de suspens?o e multa de R$ 10 mil pelos gestos que supostamente pediam ao CRB para facilitar mais um gol na partida.

E n?o terminou assim. Um novo julgamento ocorreu no Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) em novembro de 2011. Por maioria dos votos, foi mantida a absolviç?o do Fortaleza, Carlinhos Bala ficou livre da multa e penalizaç?o, e o Campinense foi confirmado na Série D do Campeonato Brasileiro.


guaramiranga - 13-10-13 em 11:11 AM

No ano passado, o Fortaleza se redimiu na primeira fase e garantiu classificaç?o com quatro rodadas de anteced?ncia. Mas viu o sonho de voltar ? Série B se desfazer em jogo traumático contra o Oeste no Estádio Presidente Vargas, em novembro de 2012. A confirmaç?o da presença na segunda fase veio na 14? rodada, após a vitória por 2 a 0 contra o Treze, em Campina Grande, na Paraíba. Com uma campanha irretocável e comandado pelo treinador Vica, o Le?o terminou a primeira fase na liderança isolada, com 39 pontos, enquanto o segundo colocado Luverdense juntou 34 pontos.

No primeiro duelo contra o Oeste, no Municipal dos Amaros, o Le?o largou atrás com gol de Vanderson, aos 19 minutos do primeiro tempo. Com Geraldo, o Fortaleza chegou ao empate aos 21 minutos do segundo tempo. A decis?o, portanto, ficaria o dia 11 de novembro de 2012, no apelidado 'Jogo do Século'. Aos olhos de 20.062 pessoas nas arquibancadas, o time do Pici viveu uma tarde de apag?o e angústia. A derrotada traumática foi pelo placar de 3 a 1. Jheimy, duas vezes, e Serginho decidiram para o Oeste. Waldison fez o gol único do Le?o.


guaramiranga - 13-10-13 em 11:20 AM

Mata-mata chegou antes

Fortaleza X Sampaio Corr?a, em clima de decis?o. E com o time maranhense jogando pelo empate. Previs?o de uma tarde de domingo tensa para a multid?o que vai invadir o Castel?o - pelos números da venda antecipada, deve lotar. É claro que o Le?o tem toda a condiç?o de vencer. Mas, respeito é bom e o Sampaio gosta. É preciso respeitar o time de Flávio Araújo que, embora tenha caído um pouco de produç?o nas últimas rodadas, já mostrou potencial para fazer estragos. E vai jogar tranquilo, a press?o é toda em cima do Fortaleza, que carrega o fardo de quatro anos de martírio de seu torcedor. 2014 começa (ou termina) hoje pro Le?o.

Emoç?o

Luiz Carlos Martins se emocionou na coletiva após o treino de sexta. Promete ser, hoje, o mais fanático torcedor do Fortaleza. Será a primeira vez dele no Castel?o. Que n?o seja também a última.

Ofensivo

Fortaleza precisa vencer e Luiz Carlos Martins escala tr?s atacantes para furar o bloqueio do Sampaio. Maior desafio: fazer a bola chegar em Assisinho, Waldison e Robert. Chegando, eles sabem o que fazer. Além disso, atenç?o redobrada nos contra-ataques. É por aí.


Ricarte - 13-10-13 em 01:48 PM

Acho incrível como essa imprensa de [Censurado] gosta de veicular matéria destrutiva, o tipo de matéria que serve apenas para por terror, expor dificuldades e prev? o que seria o pior.

Incrível como n?o há se quer um pontinha de crença, de positividade, de apoio ao time da terra, ou mesmo um poquinho de parcialidade, que seria mais do que normal e preciso ao time da terra que lhes d?o o motivo de trabalhar no ramo.

CHEGA dessa imprensa fajuta, que acha que ser imparcial é fortalecer sempre a casa alheia...Tomem como exemplo a imprensa do Sudeste/ Sul.

Mas n?o ser?o esses mal agouros da imprensa que destruirá o meu Fortaleza, pois hoje será o dia do renascimento, o dia de anunciaç?o da glória futura, de sairmos desse poço e voltarmos para onde merecemos.

FORÇA E AVANTE LE?O.


LinoFortaleza - 14-10-13 em 02:16 PM

Citação:
Mensagem original enviada por Ricarte
Acho incrível como essa imprensa de <b>[Censurado]</b> gosta de veicular matéria destrutiva, o tipo de matéria que serve apenas para por terror, expor dificuldades e prev? o que seria o pior.

Incrível como n?o há se quer um pontinha de crença, de positividade, de apoio ao time da terra, ou mesmo um poquinho de parcialidade, que seria mais do que normal e preciso ao time da terra que lhes d?o o motivo de trabalhar no ramo.

CHEGA dessa imprensa fajuta, que acha que ser imparcial é fortalecer sempre a casa alheia...Tomem como exemplo a imprensa do Sudeste/ Sul.

Mas n?o ser?o esses mal agouros da imprensa que destruirá o meu Fortaleza, pois hoje será o dia do renascimento, o dia de anunciaç?o da glória futura, de sairmos desse poço e voltarmos para onde merecemos.

FORÇA E AVANTE LE?O.


Sair desse poço é fácil, começando por uns rapinadores que deviam deixar o clube, tomar vergonha na cara de tanto roubarem o Fortaleza. Quanto a imprensa, pergunto: fazer o que? se o time ganhando, na série A eles divulgam a karniça, quanto mais nesses momentos, tem que baixar a cabeça e levar na cabeça mesmo. Porque dentro do Fortaleza ultimamente só tem mal caráter, esse Fabrício desagregador, já devia estar longe do Pici desde o jogo contra o Oeste que ele n?o entrou em campo cobrando bicho altíssimo. Essa diretoria incompetente devia queimar e terminar numa corda de Judas. O maior patrimonio do Fortaleza ainda é a sua torcida mas esses incompetentes com seus roubos descarados ir?o afastar o nosso torcedor que n?o é mané para ver tanto desmandos e ficar tirando dinheiro do bolso para sacola de ladr?es.


guaramiranga - 14-10-13 em 07:41 PM

Veja / Estad?o
A eliminaç?o do Fortaleza no Campeonato Brasileiro da Série C deixou um saldo de 3.000 cadeiras destruídas na Arena Castel?o, neste domingo, na capital cearense. O Fortaleza acabou empatando em 2 a 2 com o Sampaio Corr?a e viu fracassar o objetivo de voltar para a segunda divis?o em 2014, o que provocou a fúria de dezenas de torcedores.
3.000 cadeiras
Globoesporte

O prejuízo n?o ficou somente no futebol. Após o empate contra o Sampaio Corr?a, neste domingo, e a consequente eliminaç?o da Série C do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza terá de arcar com o pagamento de cerca de R$ 40 mil pelos danos causados por torcedores na Arena Castel?o. Segundo Ferruccio Feitosa, secretário especial da Copa do Mundo de 2014, foram danificadas 82 cadeiras e uma série de itens do estádio.
Em coletiva na tarde desta segunda-feira (14), o secretário afirmou que as câmeras de segurança registraram imagens do momento da aç?o dos torcedores, que ser?o enviadas ao Ministério Público. Além das 82 cadeiras, foram danificados os seguintes materiais: um porta toalha, um porta sabonete, sete portas papel higi?nico, 52 gradis de proteç?o, uma porta de lanchonete e uma tela de port?o.

- O que nós queremos n?o é só reparar os danos. O mais importante é que a gente possa coletar as imagens para identificar os vândalos e para encaminhar ao Ministério Público para que eles tomem as provid?ncias cabíveis. Na hora que começarmos a punir severamente e tirarmos essas pessoas de estádios, n?o somente da Arena Castel?o, mas de todos, a situaç?o começará a mudar - afirmou Ferruccio nesta tarde.


---Imparciais?

Caiu para 82 cadeiras?


guaramiranga - 15-10-13 em 06:22 PM

O deputado estadual e atual presidente do Fortaleza Esporte Clube, Osmar Baquit (PSD) criticou o Secretário Especial da Copa 2014 do kanal Ferruccio Feitosa duramente na Assembleia Legislativa (AL), na manh? desta terça-feira (15). "Olha, eu sou do Governo, mas n?o aceito injustiça", frisou.

O deputado demonstrou bastante indignaç?o com a pessoa do secretário, especialmente no episódio envolvendo a apresentaç?o dos prejuízos causados na Arena Castel?o após a eliminaç?o do Fortaleza na Série C do Campeonato Brasileiro, no último domingo (13). De acordo com o deputado, Ferruccio "transformou a coletiva em palhaçada".

Osmar citou ainda que outros secretários do governo ligaram para "reprovar a atitude do Ferruccio de convocar coletiva para mostrar os prejuízos". Baquit disparou que o secretário "usou de atitude demagógica para atacar o Fortaleza".

Baquit ainda acusou Feitosa de "n?o tratar o Fortaleza igual ao kanal (Sporting Club) e ao Ferroviário (Atlético Clube) porque n?o tem contrato com a Arena". O deputado afirma que pediu ao secretário para o time Tricolor treinar na Arena Castel?o antes do jogo contra o Sampaio Corr?a, mas Ferruccio havia negado o pedido. "Foi preciso o Daniel Frota (vice-presidente do Fortaleza) ligar para o governador Cid Gomes (PROS) para que ele pedisse ao Ferruccio para liberar. Só depois disso o Fortaleza passou a treinar", disparou.


guaramiranga - 15-10-13 em 06:24 PM

O secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, afirmou, por telefone, que o Fortaleza Esporte Clube foi "privilegiado" ao ser "defendido" durante a coletiva de imprensa que convocou e ao ter treinador 2 vezes na Arena Castel?o. "Realizamos a coletiva para esclarecer uma informaç?o equivocada e sensacionalista de que haviam quebrado 3000 cadeiras. Estavam querendo prejudicar o Fortaleza e esta coletiva foi para fazer uma defesa do clube, pois o estavam penalizando com um número absurdo. Achamos conveniente agir com clareza", ponderou Feitosa. "A gente nunca é interpretado da forma correta, mas tenho profundo respeito e admiraç?o pelo deputado (Osmar Baquit) e com certeza irei esclarecer a ele em um momento oportuno", frisou o secretário.

Sobre os treinos na Arena Castel?o, Ferruccio disse que o time foi beneficiado com mais atividades que os adversários. "Eles solicitaram 2 treinos e foram atendidos. É diferente de quem tem contrato, como o kanal, e só treina uma vez. Ele (Fortaleza) foi privilegiado. Na hora em que chegou a solicitaç?o ao Governo do Estado, nós autorizamos", afirmou. O secretário negou que Baquit tenha efetuado alguma ligaç?o para solicitar os treinos antes de falar com o Governo. "Em nenhum momento ele (Osmar Baquit) me ligou. Ele ligou para dar os p?sames da morte de meu pai, mas n?o para tratar de Fortaleza. Esta foi a última ligaç?o que recebi do deputado", afirmou, finalizando que, sobre o deputado, "considero como meu amigo".


guaramiranga - 17-10-13 em 11:23 AM

PRIMEIRO da fila a acertar as contas pra ir embora do Pici foi Robert. Com o dinheiro ouvindo a conversa, foi fácil chegar a um acordo. Privilegiado, este jogador. Atuou em tr?s partidas, marcou um mísero gol, faturou R$ 35 mil e vai embora sem deixar saudade.

ALIÁS, é o menos culpado. Quem o mandou contratar como salvador da pátria, sim. Extrapolou no salário, criou problema salarial com Assisinho, cuja bola murchou, pois o craque do time ganhava muito menos.

FALTA de planejamento passa exatamente pelo viés da desorganizaç?o. Tricolor contratou Robert, através de vaquinha de sete conselheiros, apostando que o time iria para o G-4, logo precisava de atacante refer?ncia. Toque de caixa em futebol n?o funciona. Autor deste tipo de planejamento no Pici ganha um rotundo zero.


guaramiranga - 18-10-13 em 12:28 PM

SIM

Avaliar merecimento no futebol é uma tarefa complexa, até porque passa pela comparaç?o do que é justo ou injusto numa partida, onde o imponderável é convidado permanente. A situaç?o é t?o difícil que o Fortaleza foi eliminado da Série C no domingo passado por ter levado um gol nos segundos finais no confronto contra o Sampaio Corr?a. Ocorre que o tento marcado por Paulo Sérgio, do time maranhense, foi fruto de uma série de erros do tricolor, no gramado e fora dele. N?o foi o acaso. No domingo, vencendo por 2x0, a equipe n?o teve serenidade e maturidade para segurar o marcador. Permitiu ao adversário jogar com folga, tendo a iniciativa e a bola, quando ela deveria ter ficado retida no campo ofensivo do Fortaleza. Seu técnico fez substituiç?es infelizes e a postura geral dos jogadores foi de medo. Sem erros de arbitragem, n?o se pode falar de uma eliminaç?o injusta. Fora de campo, os equívocos do Fortaleza se repetem desde 2009. Em quatro anos seguidos de Série C, apenas uma vez, em 2012, o time disputou a segunda fase da competiç?o. A falta de profissionalizaç?o no departamento de futebol é um grande problema. Apenas o atual gerente, que assumiu recentemente, é profissional. O comando da diretoria executiva muda constantemente, recheado de renúncias e licenças. A crise financeira, declarada pelos próprios dirigentes e contornada eventualmente graças a pessoas físicas que continuam bancando parte da despesas (o clube n?o gera receita suficiente), n?o serve de desculpa para a falta de qualidade do elenco. Em Juazeiro do Norte, por exemplo, o Icasa, com menos tradiç?o, estrutura e a menor folha de pagamento da Série B, tem um grupo bem superior ao Fortaleza e faz campanha absolutamente brilhante. Há um movimento dentro do clube que tenta democratizar as eleiç?es, atrair milhares de sócios-proprietários com direito a voto e mudar o estatuto, mas é tremenda a rejeiç?o dos atuais dirigentes que, por sua vez, s?o cada vez mais cobrados pelos torcedores. É uma cobrança digna, legítima e correta da torcida que, de novo, com muito brio e grandeza, se mostrou protagonista solitária de um ano repleto de insucessos.



"No domingo, vencendo por 2x0, a equipe n?o teve serenidade e maturidade para segurar o marcador"



Fernando Graziani

Coordenador de esportes do Sistema
Jangadeiro de Comunicaç?o e âncora da rádio Tribuna Band News FM


guaramiranga - 18-10-13 em 12:29 PM

N?O

Em 95 anos de história, o Fortaleza tem muito do que se orgulhar. Os dois vice-campeonatos brasileiros, as duas conquistas da Taça Norte-Nordeste, o tetracampeonato cearense em 2010 e os tr?s anos na Elite do Brasileir?o na era dos pontos corridos. Mas, definitivamente, terminar, pela 4? vez seguida, uma temporada na 3? Divis?o Nacional é algo que nenhum clube de tradiç?o e de forte apelo popular - caso do Tricolor do Pici - merece. Em que pese toda a incompet?ncia de dirigentes, técnicos e jogadores, n?o é justo que o Fortaleza Esporte Clube e sua torcida sejam castigados - ainda mais - pelos seguidos fracassos do time. A instituiç?o vai vendo a história ser escrita com capítulos que, se pudessem, seriam apagados. E a torcida, além de toda a gozaç?o dos torcedores dos times rivais, sofre com a má fase e frustraç?o de ficar ‘no quase’ ano após ano. O fardo fica mais pesado quando se olha pra atrás e se v? que, nas arquibancadas, o Fortaleza se portou como Time de Primeira e fez jus ao refr?o do hino tricolor que diz “clube de glória e tradiç?o”. No jogo despedida desta temporada, contra o Sampaio Corr?a, atendeu ao chamado e compareceu em peso ? Arena Castel?o. Foram mais de 57 mil vozes empurrando o time. No fim, um gol que decretou a eliminaç?o e as férias forçadas. Além da imagem arranhada e da autoestima abalada de sua torcida, o Fortaleza n?o merece ficar na Série C também pelos inúmeros prejuízos de arrecadaç?o que acumula por estar nessa condiç?o. Os patrocínios e as cotas de televis?o s?o bem modestos. É um preço que o time paga por estar longe dos holofotes de uma 1? ou 2? Divis?o do Campeonato Brasileiro, que oferece mais visibilidade e boas cotas de TV, já que todas as partidas dessas duas séries s?o transmitidas em pay-per-view. Planejamento? Grandes contrataç?es? Time com as contas em dia? N?o há uma fórmula mágica para tirar o Fortaleza dessa situaç?o. O fato é que o time precisa sair de onde está. É uma miss?o para ‘ontem’. O lugar do Fortaleza n?o é a Série C. Lá o clube nunca deveria ter parado.

"É um preço que o time paga por estar longe dos holofotes de uma
1? ou 2? Divis?o"



Bruno Balacó

Jornalista esportivo do
Grupo de Comunicaç?o O POVO


guaramiranga - 19-10-13 em 12:40 PM

“... SE o Baquit n?o deu certo, s?o coisas do futebol, mas ele é um homem honrado e um político de credibilidade. N?o se pode dizer que ele n?o trabalhou nem deu o melhor de si para que o Fortaleza saísse da Terceira Divis?o nos últimos dois anos. Só que n?o deu certo...

“... TENHO dinheiro lá dentro emprestado sem um centavo de juro. Emprestei porque o Fortaleza tem um homem de bem, de palavra, meu amigo-irm?o que se chama Daniel Frota. Se ele aceitasse, seria o nome ideal pra concluir o mandato, mas ele me disse que n?o ficará um minuto sequer depois da saída do Baquit...

“... N?O sou de acordo de que haja renúncia. Eu fiquei até o último dia. Abomino essa palavra renúncia...

“... A TORCIDA do Fortaleza n?o aceita essa história de politica de pés no ch?o. Ela quer e exige um grande time por ser uma grande torcida. Está certa...


RENAN: MOTA & MAGNATA
... MAIS verdades de Renan Vieira na Cadeira Elétrica do Trem Bala.

“... SE é pra dizer a verdade, vou dar uma de primeira. Se eu voltar ? presid?ncia do Fortaleza, vou atrás do Mota e do Magno Alves. Eles moram aqui e n?o terei problema de pagar passagem de avi?o...

“... EM 2010 eu trouxe o Luiz Carlos Imperador. Foi ele quem deu o passe do gol do Guto que nos deu o inesquecível e histórico tetracampeonato...

“... EU, na presid?ncia do Fortaleza, na quarta derrota do Hélio dos Anjos, teria mandado embora. Este LC Martins, chamado de ‘rei do acesso’ foi o pior técnico que o Fortaleza teve nos últimos anos...”


Julio - 19-10-13 em 02:27 PM

RENAN: MOTA & MAGNATA
... MAIS verdades de Renan Vieira na Cadeira Elétrica do Trem Bala.

“... SE é pra dizer a verdade, vou dar uma de primeira. Se eu voltar ? presid?ncia do Fortaleza, vou atrás do Mota e do Magno Alves. Eles moram aqui e n?o terei problema de pagar passagem de avi?o...

RENAN: MOTA & MAGNATA
... MAIS verdades de Renan Vieira na Cadeira Elétrica do Trem Bala.

“... SE é pra dizer a verdade, vou dar uma de primeira. Se eu voltar ? presid?ncia do Fortaleza, vou atrás do Mota e do Magno Alves. Eles moram aqui e n?o terei problema de pagar passagem de avi?o...

Vejam o que nos espera caso o Renan Vieira assuma o Le?o (Pé de pato mangalô tr?s vezes...batendo na madeira)
Esses caras tem que acabar com essa mania de trazer jogador do k-anal, pode até n?o ser mas, os caras tem uma má vontade de jogar impressionante (Com raras exceç?es: Geraldo, e o...e o....n?o consigo lembrar mais nenhum).
tem que contratar um treinador que olhe para a base, utilize o que temos no manjadinho e forme ao longo do cearense uma base para a serei c, contratando reforços para reforçar o time no brasileiro.
Jogadores do esgotnig club nunca mais...

[Editado em 19-10-2013 por Julio]


guaramiranga - 20-10-13 em 10:47 AM

ava na cara

É claro que o nivelamento por baixo poderia ter permitido a classificaç?o do Fortaleza pro mata-mata. Mas é forçoso reconhecer que, em nenhum momento da campanha, o Le?o deu pinta de que chegaria lá com tranquilidade. O time dessa vez jamais engrenou.

Sem omiss?o

Injusto dizer que a diretoria se omitiu. Ao contrário, se errou foi por excesso - principalmente na enxurrada de contrataç?es que, na maioria dos casos, n?o justificaram o investimento. Por outro lado, deu condiç?es de trabalho aos treinadores.

Carga pesada

Ocorre que o Fortaleza carrega o peso de cinco anos de frustraç?es - exceç?o para os títulos estaduais, que s?o comemorados, mas n?o representam mais compensaç?o para os fracassos nas competiç?es nacionais - e isso mina qualquer trabalho. O mundo desaba a qualquer tropeço.

Liderança

Fortaleza precisa de um líder capaz de unir o clube. N?o uma uni?o cega, um cheque em branco. Uni?o participativa, abrangente e transparente. Alguém capaz de conciliar capacidade de investimento e ideal transformador. Um sem o outro dificilmente terá ?xito. E quem perde é o clube.


jroberto - 21-10-13 em 01:08 PM

segunda-feira, 21 de outubro de 2013




Grupo de ex-presidentes e conselheiros do Fortaleza prepara manifesto e pedido para Osmar Baquit renunciar




Em entrevista ao Programa Le?o da Metro, da Rádio Metropolitana, nesta segunda-feira (21/10), o ex-diretor de futebol e conselheiro do Fortaleza, Fernando Morais, declarou que um grupo de tricolores se reuniu no último sábado e preparou um manifesto para provocar mudanças no clube.




O grupo é formado pelos ex-presidentes Lúcio Bomfim e Marcello Desidério e pelos conselheiros Evangelista Torquato, Flávio Novais, Armando Júnior, além do ex-diretor Demetrius Ribeiro entre outros.




De acordo com Fernando Morais, um manifesto foi assinado por todos os integrantes e será publicado nos jornais para todos terem conhecimento do objetivo do grupo. O primeiro passo será dado nos próximos dias, quando o Dr.Evangelista Torquato deverá ir conversar com o Presidente Osmar Baquit e pedir a sua renúncia.


Ainda segundo Fernando Morais, o grupo quer urg?ncia nessa decis?o de Baquit para que seja convocada uma nova eleiç?o para presidente. Conforme o ex-dirigente é necessário resolver a situaç?o política do clube o mais rápido possível para o time começar o campeonato cearense, em janeiro, com o elenco já formado. Além disso, a reforma do Estatuto do Fortaleza é outra solicitaç?o do manifesto.



Postado por Mário Kempes ?s 9:14 AM Nenhum comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut



Marcadores: Demetrius Ribeiro, Eleiç?o para presidente, Evangelista Torquato, Fortaleza, Lúcio Bomfim, Marcello Desidério, Presidente do Fortaleza, Situaç?o do Clube




sábado, 19 de outubro de 2013




Daniel Frota: “Eu n?o vou e nem quero atrapalhar o Fortaleza”


guaramiranga - 23-10-13 em 12:42 PM

A ebuliç?o decorrente da eliminaç?o do Fortaleza pelo Sampaio ainda mantém tenso o ambiente no Pici.
Correntes diversas se manifestam. Opini?es plurais. Umas coerentes, outras nem tanto.
N?o creio seja o momento favorável a um debate salutar.
Há ranços que impedem um encontro sem traumas.
Gente apressada, conduzida por impulsos emocionais, pode trazer mais problemas que soluç?es.

A vez é dos pacificadores. Pela delicada situaç?o, é compreensível a aç?o mais aguda de alguns. Mas nada se resolve no grito, no braço, na apelaç?o.
O diálogo continuará sendo instrumento ideal.
Mas até para isso será preciso descobrir o tempo mais adequado.


guaramiranga - 24-10-13 em 11:28 AM

O blog Esporte Fino lançou a série #depr?FC, para relembrar os piores jogadores que passaram pelos principais times brasileiros.

O objetivo é analisar o desempenho profissional dos atletas e relembrar com gosto daquele jogador que irritou muito em algum momento.

Os votos do Fortaleza

Ciro Câmara
Claudecir; Daniel Itacuruba, Cris, Marcelo e Jeff Silva; Rabicó, Cleiton e Escudero; Gigena, Creedence e Gustavo Savoia

Diego Lage
Carl?o; Parral, Aírton Tanque de Guerra, Marivaldo e Renato Peixe; Ricardo Baiano, Rabicó, Pretinho e Dedé; Tequila e Creedence

Caio Costa
Claudecir; Moises “Tiririca”, Arimatéia, Dezinho e Jeff Silva; Marcos Paulo, Wilson Mano, Marcelo Passos e Marcelo Escudero; Macedo e Tequila

Daniel Herculano
Banana; Parral, Arimateia, Allan e Jeff Silva; Wilson Mano, Preto Casagrande, Macula e Escudero; Alluspah e Bruno Mezenga

------------
E quem vai treinar esses caras?
Na minha lista incluo o treinador Luis Carlos Martins.


Julio - 24-10-13 em 02:21 PM

Sem esquecer o "Canivete" Trienador...


guaramiranga - 25-10-13 em 12:50 PM

...RENAN VIEIRA disse e n?o pediu segredo. Se voltar ? presid?ncia do Fortaleza n?o abre m?o de Daniel Frota na vice.

... PRIMEIRO REFORÇO será, sem dúvida, Sérgio Papelin, seu amigo irm?o, prestes a subir com o Luverdense.

... RIBAMAR BEZERRA, grande presidente que foi, queimou filme em recente entrevista ao bom repórter Océlio Pereira, criticando severamente programas esportivos comandados por porta-vozes da torcida tricolor, escabriada com tanto insucesso do time.

---------
Só para lembrar outras épocas:


Citação:
Mensagem original enviada por EBJ-CORAÇ?O-DE-LE?O
Citação:
Mensagem original enviada por ANIBALDANTAS
Poder paralelo

Transiç?o do comando tricolor criou uma situaç?o inusitada: dois presidentes trabalhando lado a lado, e em sintonia. Paulo Arthur Magalh?es pediu e Renan Vieira esta semana acerta as saídas dos membros do setor de futebol: Sérgio Papelin, Wladimir de Jesus e Ocílio Costa. Tudo para que o novo diretor de futebol, José Rocha, possa encontrar o campo livre para montar sua equipe.

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=884920


Primeiro tiro certo da nova gest?o. AGUARDEMOS...


guaramiranga - 28-10-13 em 04:19 PM

O jogo entre Portuguesa x Flamengo, no Castel?o, em Fortaleza, acabou virando caso de polícia. E no centro da quest?o está a empresa organizadora do jogo, com base no Mato Grosso do Sul, cujo representante ficou com a renda do jogo - R$ 810.950 - e deu um calote. A informaç?o é do blog do jornalista Mário Kempes.

- N?o pagaram o estádio, as Federaç?es de SP e CE, parte do quadro móvel, percentual da imprensa e mais algumas coisas - contou o presidente da Federaç?o Cearense, Mauro Carmélio, que, via Twitter, acrescentou:

- Faltou pagar as despesas normais do boletim financeiro. Ela pagou somente a alguns e, pelo que soube, fugiu inclusive do hotel.

O dirigente contou que a polícia foi acionada para resolver a quest?o, revelando ainda o nome de um suposto envolvido na confus?o.

- A polícia está atrás. Inclusive, tem o senhor Godofredo, que se intitula, e n?o acredito, vice-presidente da Federaç?o do Mato Grosso do Sul. Amanh? (segunda-feira) falarei com o amigo presidente (Francisco) Cezário para saber o que esse rapaz tem com o caso - completou o mandatário cearense.

O LANCE!Net consultou o site da Federaç?o do Mato Grosso do Sul e, de fato, há um Godofredo na relaç?o dos diretores. Mas a descriç?o, atualizada em 2010, dá conta de que o citado era, até ent?o, membro do Conselho Fiscal da entidade.

------------

Qualquer dano feito pela torcida do FEC é logo mostrada em todos os jornais do Brasil e do mundo.
Alguém sabia disso?


guaramiranga - 31-10-13 em 02:12 PM

Íntegro

Compreendi o presidente do Fortaleza, Osmar Baquit, que decidiu cumprir seu mandato até o fim. É meu convidado do Debate Bola do próximo domingo. Presidente é o que sabe se impor diante das press?es. Baquit é integro, sério. Se aplicar algumas correç?es, alcançará as metas em 2014. Eu o parabenizo pela coragem de seguir em frente.


guaramiranga - 2-11-13 em 05:58 PM

Material esportivo

O presidente em exercício do Fortaleza, Daniel Frota, informou ontem, por telefone - pois se encontra em S?o Paulo - que a Kappa, fornecedora de material esportivo italiana, está praticamente acertada com o Tricolor para a temporada de 2014. O dirigente adiantou que falta apenas assinar o contrato. A Kappa irá substituir a Stadium, que vestiu o time na Série C e no Estadual em 2013

Patrocínio master

Outro acerto da diretoria do Fortaleza nas próximas horas deve ser o do patrocínio master para a camisa. Daniel Frota desmentiu que o patrocinador seja Artur Boim, o empresário que está mantendo o Icasa na Série B. O dirigente também negou que o clube estivesse devendo dinheiro a Boim, como se especula nas redes sociais. A viagem da diretoria do Fortaleza a S?o Paulo será encerrada hoje, quando o grupo retorna ? Capital e deve agendar uma grande reuni?o para breve

Clube pode perder mandos de campo

A eliminaç?o na Série C parece n?o ter sido o último castigo para o Fortaleza este ano. É que o clube será julgado na Segunda Comiss?o Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na próxima terça, 5.

O motivo principal, além do atraso de jogo, é a acusaç?o da quebra de cadeiras na Arena Castel?o, por ocasi?o do jogo final pela Série C, contra o Sampaio Corr?a/MA. Após o jogo, divulgou-se, erroneamente, que os torcedores do Tricolor teriam quebrado cerca de 3 mil cadeiras do Castel?o. Um procurador do STJD viu a informaç?o e fez a denúncia contra o clube, que irá a julgamento. Os artigos s?o: 191, 206 e 213 do CBJD. Juntando-se as penas, se todas forem aplicadas, chega-se a R$ 200 mil de multa e perda de mandos que podem chegar até 10 partidas.

Para a diretoria tricolor, quem divulgou, de forma equivocada, que haviam sido quebradas 3 mil cadeiras, por parte da torcida do Fortaleza, prejudicou a equipe. "A torcida do kanal quebrou a metade e n?o vai a julgamento", queixou-se ele.

No dia seguinte ao jogo, foram confirmadas apenas 82 cadeiras danificadas pela torcida.


EBJ-CORAÇ?O-DE-LE?O - 2-11-13 em 10:37 PM

Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Material esportivo

O presidente em exercício do Fortaleza, Daniel Frota, informou ontem, por telefone - pois se encontra em S?o Paulo - que a Kappa, fornecedora de material esportivo italiana, está praticamente acertada com o Tricolor para a temporada de 2014. O dirigente adiantou que falta apenas assinar o contrato. A Kappa irá substituir a Stadium, que vestiu o time na Série C e no Estadual em 2013

Patrocínio master

Outro acerto da diretoria do Fortaleza nas próximas horas deve ser o do patrocínio master para a camisa. Daniel Frota desmentiu que o patrocinador seja Artur Boim, o empresário que está mantendo o Icasa na Série B. O dirigente também negou que o clube estivesse devendo dinheiro a Boim, como se especula nas redes sociais. A viagem da diretoria do Fortaleza a S?o Paulo será encerrada hoje, quando o grupo retorna ? Capital e deve agendar uma grande reuni?o para breve

Clube pode perder mandos de campo

A eliminaç?o na Série C parece n?o ter sido o último castigo para o Fortaleza este ano. É que o clube será julgado na Segunda Comiss?o Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na próxima terça, 5.

O motivo principal, além do atraso de jogo, é a acusaç?o da quebra de cadeiras na Arena Castel?o, por ocasi?o do jogo final pela Série C, contra o Sampaio Corr?a/MA. Após o jogo, divulgou-se, erroneamente, que os torcedores do Tricolor teriam quebrado cerca de 3 mil cadeiras do Castel?o. Um procurador do STJD viu a informaç?o e fez a denúncia contra o clube, que irá a julgamento. Os artigos s?o: 191, 206 e 213 do CBJD. Juntando-se as penas, se todas forem aplicadas, chega-se a R$ 200 mil de multa e perda de mandos que podem chegar até 10 partidas.

Para a diretoria tricolor, quem divulgou, de forma equivocada, que haviam sido quebradas 3 mil cadeiras, por parte da torcida do Fortaleza, prejudicou a equipe. "A torcida do <b>kanal</b> quebrou a metade e n?o vai a julgamento", queixou-se ele.

No dia seguinte ao jogo, foram confirmadas apenas 82 cadeiras danificadas pela torcida.


SE HOUVER UM ADVOGADO QUE FAÇA A DESFESA E UM DOCUMENTO EXPEDIDO PELA ARENA CASTEL?O INFORMANDO A QUANTIDADE CORRETA E QUE FOI PAGO O PREJUÍZO N?O HÁ MOTIVOS PARA PREOCUPAÇ?O.


guaramiranga - 20-11-13 em 01:14 PM

... N?O fica só no Eduardo Luiz. Há quem garanta que outro zagueiro, Charles, o cabelo de fogo, também será recontratado.

... N?O bastasse, est?o treinando no Pici o veterano Rinaldo, que insiste, persiste e n?o desiste. Pra completar a obra, Juninho Cearense, que passou por lá há sete anos, também está treinando. Já anunciou que quer voltar. Nem digo nada. Est?o brincando com fogo.


DiscipuloTricolor - 21-11-13 em 04:29 AM

Amigos... Amigos... Amigos

FEC parece que faz TUDO para o TORCEDOR TRICOLOR ser um torcedor do CE.ARA. N?o é brincadeira.

Enquanto o pretoebranco faz de tudo para juntar no elenco jogadores que mostraram sucesso e raça dentro de campo... o FEC faz de tudo para juntar no elenco jogadores que s?o o retrato do fracasso e da falta de habilidade em jogar futebol. N?O ESTOU FALANDO DE CORRER EM CAMPO FEITO DOIDO, ESTOU FALANDO EM HABILIDADE DE JOGAR FUTEBOL.

DEPOIS desta resultado rídiculo que foi a Terceira Divis?o 2013, nenhum destes "jogadores" que vestiram a camisa tricolor deveriam sequer ser mencionados em possíveis renovaç?es, assim também jogadores que já s?o conhecidos e limitados.

RINALDO deveria ser valorizado e ter funç?o de honra no FEC, pois assim o FEC teria hoje na instituiç?o alguém que lembra SUCESSO com as cores Tricolor de Aço.

Pq as BURRICES do FEC n?o v?o selecionar jogadores da Série A2 do campeonato paulista, do Rio de Janeiro, jogadores das divis?es que n?o forem principais do campeonato gaucho... PORR#!!!
Mudar a mentalidade no modo de montar um elenco!!!


Contudo é o FEC...

O ódio pelos pretoebranco é grande, contudo o que o FEC está fazendo para odiar o Tricolor está quase nivelado.




FEC, CONTINUAR VERGONHA ATÉ QUANDO???


guaramiranga - 26-11-13 em 05:26 PM

Fortaleza: Chamusca, n?o o Péricles, n?o conta com os torcedores, mas vai precisar de respaldo da diretoria.

N?o é possível esperar que a torcida do Fortaleza concorde ou apoie integralmente a contrataç?o do técnico Marcelo Chamusca, anunciada pela diretoria do clube. E o papel da arquibancada, entre outros, é esse daí: olhar com desconfiança e cobrar. Seria melhor ter alguma paci?ncia, evidente, mas n?o acho bom que se crie qualquer expectativa sobre isso, muito também em funç?o do momento ruim do time.

Eu toco especialmente neste ponto porque é a diretoria que precisa ser efetivamente parceira da nova comiss?o. Foi dela a opç?o por contratar um profissional que tem seu trabalho centrado como auxiliar e que apenas recentemente, no Salgueiro, partiu para a independ?ncia com relativo sucesso, ao subir o time pernambucano da Série D para a Série C. Foi dela também a notícia que estavam atrás de fechar contrato com Sidney Moraes, que aí, certamente, teria o apoio dos torcedores.

De ponto positivo, Marcelo se encaixa no padr?o financeiro do clube, é um indicativo importante da diretoria para o que vem pela frente. Nada de loucuras. Ele certamente conhece futebol, está faz muitos anos no mercado, garimpando jogadores e está por dentro das competiç?es nordestinas. Muito do elenco que será formado terá a sua responsabilidade.

O sobrenome do irm?o mais rodado por times profissionais (Péricles foi demitido do Coritiba recentemente) é o que de mais conhecido apresenta o novo treinador tricolor, mas n?o vejo como demérito. E nem como mérito. A chegada do baiano de 47 anos é uma aposta e que precisa também ser da diretoria que o contratou quando as dificuldades aparecerem. N?o aquele apoio do discurso, mas o real e leal.


guaramiranga - 9-12-13 em 10:22 PM

Se vai dar certo é um outro problema que apenas a temporada seguinte vai responder com o trabalho do técnico Marcelo Chamusca e o desempenho dos atletas em um novo ambiente, mas a diretoria do Fortaleza, ao contratar Guto e Luis Gustavo, que jogaram a Série B pelo Icasa, já incorpora ao elenco atletas que s?o melhores do que todos que jogaram nas duas posiç?es da equipe na temporada que terminou no empate diante do Sampaio Corr?a, no Castel?o.

Guto é um segundo volante rápido, com bom arremate de fora da área, já conhecido do futebol cearense. Precisa jogar mais concentrado nos passes e evitar firulas, mas teve um temporada bem acima tecnicamente do que qualquer outro atleta que vestiu a camisa do Fortaleza em 2013 no setor.

Luis Gustavo é, em tese, uma contrataç?o ainda melhor. Supera, de longe, todos os zagueiros tricolores. Com apenas 24 anos, o alagoano de P?o de Açúcar fez uma boa Série B, quando começou na reserva do Icasa, mas depois se tornou titular e assim foi em 20 partidas, se firmando como bom defensor na campanha do quinto lugar da equipe na Segundona.


guaramiranga - 16-12-13 em 12:57 PM

(1) - CONTRATO de Marcelinho Paraíba com o Fortaleza, mesmo patamar de Waldison e Robert R$ 25 mil Campeonato Cearense, R$ 30 mil da Terceirona em diante.

(2) - LIGUEM os fios. Um dos emissários, Romero Vieira, irm?o de Renan Vieira, pressup?e que o presidente do tetra será um dos que bancar?o Marcelinho, no mínimo, caindo com a metade.

(3) - TRICOLOR n?o deixou por menos. Matou tr?s coelhos, final de semana com uma cajadada só. Além de Marcelinho, mais dois. Goleiro Edson Bastos e lateral-esquerdo Fernandinho de pelo menos nove camisas vestidas, quatro das quais de time de primeira linha.


DiscipuloTricolor - 17-12-13 em 08:35 AM

Aquele Michel ta emplorando pra voltar pro kanal e o kanal n?o ta querendo ele; entendo que é um jogador caro e tem aquela coisa de ter sido jogador do kanal, porém ao ouvir algo BIZARRO sobre a volta de um certo verme ao FEC... Michel e Clodoaldo poderiam ser muito bem vindos ao FEC.


guaramiranga - 29-12-13 em 06:25 PM

O presidente da Diretoria Executiva do Fortaleza, Osmar Baquit, antes de acompanhar a rodada dupla desse sábado, realizada no estádio Alcides Santos, externou toda sua indignaç?o diante de inverdades levadas a público, dando conta de que o técnico Luis Carlos Martins, que dirigiu a equipe na Serie C, teria sofrido influencia da diretoria na escalaç?o da equipe, no jogo que resultou na eliminaç?o do Fortaleza na Série C deste ano. A seguir publicamos na íntegra a resposta do presidente leonino.

“Hoje pela manh?, acompanhando um programa de televis?o, por sinal de muita credibilidade, por isso sempre que posso eu assisto, ouvi uma informaç?o de que, a fonte dada como Lula Pereira, afirmava ter ouvido de LC Martins, de que no jogo contra o Sampaio Correa, n?o teria sido ele o responsável pela escalaç?o do time, o que me deixou surpreso, e depois saiu também no blog de um jornalista bastante conceituado. Foi quando eu pedi ao nosso superintendente de futebol, Julio Cesar Manso, que ligasse para o LC Martins, que desmentiu totalmente essa vers?o, afirmando que nunca disse isso ao Lula”.

Dando sequencia ? sua indignaç?o com o que qualificou de “mentira pura”, Baquit disse ainda “se fosse pra entrar diferente teria entrado com Boiadeiro e Heleno no time. Ent?o o que eu queria colocar é o seguinte, primeiro que o Lula Pereira é adversário do Fortaleza, declaradamente kanal, e segundo, jamais eu contrataria um treinador com a postura e com a credibilidade que tem o Luis Carlos Martins para interferir no trabalho dele, até porque ele jamais aceitaria isso, e nem eu trabalho dessa forma. Ent?o eu quero aqui rechaçar essa declaraç?o que eu considero uma calúnia, uma mentira do senhor Lula Pereira, pois n?o só o LC Martins, mas sim todos os que passaram por aqui na minha gest?o tiveram total autonomia para escalar o time, porque se fosse assim n?o teríamos necessidade de ter treinador, eu mesmo seria o treinador”, afirmou Baquit.

O assunto também deixou perplexo e indignado o vice presidente Daniel Frota, que em uma emissora de rádio disparou: “Isso é um absurdo, uma falta de respeito para com o profissional Luis Carlos Martins, pois deveriam ter ouvido a pessoa dele, e n?o levar isso a público sem ouvir a parte envolvida. Isso nunca existiu e nem nunca vai existir enquanto eu e o Osmar estivermos no Fortaleza”, esbravejou.