Fortaleza Esporte Clube. FEC. Ativo pela última vez: Nunca
Não fez Login [Login - Cadastro]
Descer para o final da página

Versão para impressão | Assinar | Adicionado aos Favoritos   Enviar nova mensagem
 Páginas:  1  2
Autor: Assunto: 6 Advogados Tricolores entram no pau contra a CBF !!!!!!
JuHNiN
Junior
****




Mensagens: 178
Cadastrado: 6-8-03

Naturalidade: Fortaleza

O usuário não está online

Humor: :D

thumbup.gif enviada em 15-8-03 em 06:14 PM Responder com Citação


Concordo com vs quanto ao fato de o JM ser um "Deus". Mas todos tem que entender que ele faz muita coisa no clube e só pq ele n?o abriu esse processo n?o pode ser acusado injustamente.



T!
U!
F!
TUF Com Certeza! A Maior Express?o de Amor ao Time do Fortaleza!
Visualizar o Perfil do Usuário Visitar a Homepage do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
JuHNiN
Junior
****




Mensagens: 178
Cadastrado: 6-8-03

Naturalidade: Fortaleza

O usuário não está online

Humor: :D

enviada em 15-8-03 em 06:21 PM Responder com Citação


Ei pessoal. Esse processo é só pra devolver o dinheiro? Ou os pontos ainda podem ser adiquiridos? Esse documento está muito bem elaborado mas eu n?o emtendi o que nossos advogados querem.



T!
U!
F!
TUF Com Certeza! A Maior Express?o de Amor ao Time do Fortaleza!
Visualizar o Perfil do Usuário Visitar a Homepage do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 24-7-07 em 05:17 PM Responder com Citação
Quem vai apitar hoje?



FRANCISCO MARCELLO MARTINS DESIDÉRIO, brasileiro, casado, advogado, inscrito na OAB/Ce sob o n?13.081; JOSÉ ABÍLIO PINHEIRO DE MELO, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito na OAB/Ce sob o n?14.899; TITO PORFÍRIO SAMPAIO JUNIOR, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito na OAB/Ce sob o n?14.895; DEMETRIUS COELHO RIBEIRO, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito na OAB/Ce sob o n?12.198 e ALBERTO CARLOS VERASFILHO, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito na OAB/Ce sob o n?13.821; todos com domicilio profissional na Av. Washington Soares n?1400, sala 108-509, Ed. Juridical Center, Bairro Edson Queiroz, Fortaleza/CE, v?em, mui respeitosamente, em causa própria, propor a presente AÇ?O DE REPARAÇ?O DE DANOS em face da CONFEDERAÇ?O BRASILEIRA DE FUTEBOL-CBF, pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Victor Civita n?66, Condomínio Rio Office Park, Bloco 5, 5? andar, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ, CEP:22.775-040, o que fazem mediante as asseveraç?es fáticas e jurídicas na dianteira expendidas:

Dos Fatos

01. Os Autores s?o, nos termos do art. 1? da Lei n?10.671/03, torcedores apreciadores da associaç?o FORTALEZA ESPORTE CLUBE, a qual disputa o CAMPEONATO BRASILEIRO DE CLUBES DA SÉRIE A DE 2003 (BRASILEIR?O 2003) organizado pela CONFEDERAÇ?O BRASILEIRA DE FUTEBOL-CBF, ora Requerida. (Doc. 01 - Regulamento da Competiç?o)

02. Consoante a tabela de enfrentamento entre as associaç?es desportivas profissionais que disputam o CAMPEONATO BRASILEIRO DE CLUBES DA SÉRIE A DE 2003, o FORTALEZA ESPORTE CLUBE, time para o qual torcem os Autores, jogou com a ASSOCIAÇ?O ATLÉTICA PONTE PRETA aos 27 de julho p.p., ?s 9:00, no Estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Castel?o, encravado no Bairro da Boa Vista nesta Capital cearense.

03. Como fazem prova os recibos em anexo (Doc. 02 a 05), os Autores, na qualidade de torcedores e consumidores, se fizeram presentes ao referido espetáculo esportivo, organizado e de responsabilidade da Requerida, ent?o fornecedora, nos termos do art. 3? do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei n?10.671/03).

04. Para presidir o espetáculo, a Requerida escalou o árbitro ANTONIO A. RODRIGUES DE SOUZA, o auxiliar 1 LUCIANO COELHO CRUZ, o auxiliar 2 IRANI PINTO DA PAZ e o quarto árbitro FRANCISCO DE A. ALMEIDA FILHO, sendo os tr?s primeiros da Federaç?o Pernambucana de Futebol e o último da Federaç?o Cearense de Futebol. (Doc. 06)

05. Ocorre, Ínclito Julgador, que os árbitros escalados pela CONFEDERAÇ?O BRASILEIRA DE FUTEBOL, através de sua comiss?o de arbitragem, n?o se sabendo se por culpa ou dolo, inobservaram, de forma descarada e reiterada, as regras que regem os jogos de futebol profissional, culminado com um resultado fraudulento e imoral, gerador dos danos ora pleiteados pelos Autores.

06. Os árbitros, prepostos da CBF, que deveriam no mínimo conhecer as regras a que se prop?em a aplicar, agiram de forma parcial, alterando o resultado da partida, anulando um gol legítimo do FORTALEZA ESPORTE CLUBE e legitimando um gol fraudulento da ASSOCIAÇ?O ATLÉTICA PONTE PRETA, como fazem prova a fita de vídeo em anexo (Doc. 07), contendo as imagens dos erros grosseiros, assim como, reportagens jornalísticas (Doc. 08/09) onde o autor do gol fraudulento da ASSOCIAÇ?O ATLÉTICA PONTE PRETA confessa que agiu "com malícia" e, com a ajuda, intencional ou n?o dos árbitros, logrou ?xito em sua fraude, com a vitória da PONTE PRETA.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
 Páginas:  1  2
Enviar nova mensagem


Subir para o início da página