Fortaleza Esporte Clube. FEC. Ativo pela última vez: Nunca
Não fez Login [Login - Cadastro]
Descer para o final da página

Versão para impressão | Assinar | Adicionado aos Favoritos   Enviar nova mensagem
Autor: Assunto: Jackson de Carvalhho
LinoFortaleza
Profissional
*******


Avatar


Mensagens: 1231
Cadastrado: 21-9-03

Naturalidade: FORTALEZA

O usuário não está online

Humor: Confiante no meu Le?o Rumo a Série B

enviada em 15-1-12 em 07:05 PM Responder com Citação
Jackson de Carvalhho



Morreu hoje no dia 15 de janeiro de 2011 Jackson de Carvalho, grande tricolor de aço, foi o autor do Hino do Fortaleza Esporte Clube, um dos mais belos hinos de futebol brasileiro. Hino este invejado e até elogiado por torcedores rivais. Jackson, leve a saudade de todos torcedores do Fortaleza, voce deixa uma lacuna em nossos coraç?es mas deixou para sempre a letra maravilhosa que canta a força, a soberba e o orgulho de ser Fortaleza.



FORA BAQUIT E TODA DIRETORIA DE SANGUE SUGAS E RAPINADORES.
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
LinoFortaleza
Profissional
*******


Avatar


Mensagens: 1231
Cadastrado: 21-9-03

Naturalidade: FORTALEZA

O usuário não está online

Humor: Confiante no meu Le?o Rumo a Série B

enviada em 15-1-12 em 07:08 PM Responder com Citação


É com profundo pesar, que a Diretoria Executiva e o Conselho Deliberativo do Fortaleza Esporte Clube comunicam o falecimento de um dos maiores ícones da história do Tricolor de Aço. Nos deixou na madrugada de hoje, Jackson de Carvalho, autor do Hino Oficial do Fortaleza, recoinhecido nacionalmente como um dos mais bonitos do Brasil.

Poeta, além do hino tricolor compôs diversas músicas, dentre elas marchinhas carnavalescas, tendo como foco, claro, o seu time de coraç?o. Jackson de Carvalho partiu, mas deixou o legado de dedicaç?o e amor ao Fortaleza Esporte Clube, instituiç?o a qual dedicou toda sua vida. Acometido de sérios problemas de saúde, dentre eles o Mal de Parkinson, Jackson de Carvalho há tempos estava acamado, entretanto nunca deixou de relembrar a sua história de vida, com passagens marcantes da sua ligaç?o com o Le?o do Pici.

A diretoria e o Conselho Deliberativo do Fortaleza, bem como todo o seu corpo de funcionários, se unem ? família enlutada
nesse momento de dor, rogando ao Criador que nos d? força suficiente para superarmos esse difícil momento.

O velório de Jackson de Carvalho ocorre a partir das 13 horas deste domingo (15), no Complexo Velatório Ethernus (Rua Padre Valdevino, 1688 – Aldeota). O sepultamento acontece ?s 15 horas dessa segunda feira, no Cemitério Parque da Paz.




FORA BAQUIT E TODA DIRETORIA DE SANGUE SUGAS E RAPINADORES.
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
LinoFortaleza
Profissional
*******


Avatar


Mensagens: 1231
Cadastrado: 21-9-03

Naturalidade: FORTALEZA

O usuário não está online

Humor: Confiante no meu Le?o Rumo a Série B

enviada em 15-1-12 em 08:38 PM Responder com Citação


O Site Oficial do Fortaleza reproduz nesse momento de tristeza, diante do falecimento do poeta Jackson de Carvalho, uma entrevista feita com o mesmo, em junho de 2011, quando o poeta já se encontrava enfermo, porém lúcido.

Acompanhem na íntegra a entrevista concedida por Jackson de Carvalho, em sua resid?ncia, aos colaboradores Gustavo Sá e Bruno Mota, a quem enviamos nossos agradecimentos.

24/06/2011

O hino do Fortaleza Esporte Clube é considerado um dos mais bonitos do Brasil. E o Site Oficial do clube aproveita esse momento de soerguimento do Tricolor, para homenagear Jackson de Carvalho, autor do hino oficial do Le?o, que tanto emociona as pessoas, em especial aquelas que fazem parte da maior torcida do estado.

Dessa homenagem consta uma entrevista feita pelo colaborador Gustavo Sá, que com muita compet?ncia desenvolveu o questionário, trazendo ? tona detalhes da vida desse grande tricolor, que mesmo com 79 anos de idade e com mal de Parkinson em estado avançado, continua lúcido, como seu filho Roberto faz quest?o de ressaltar: “Por conta da doença, hoje meu pai se encontra deitado em uma cama, se alimentando por sonda estomacal, porém o mais importante é que está bem lúcido, sabe tudo e lembra tudo”, afirma emocionado.

Vida pessoal

Nascido em 06 de Março de 1932 em Jaguaribe, onde seu pai era prefeito e fazendeiro, cedo veio para Fortaleza estudar no Colegio Cearense. Jogava muito futebol, centro avante artilheiro, jogou pela seleç?o do colégio e também pela seleç?o do exercito, servindo pelo 23BC. Concluiu seus estudos e formou-se em Odontologia pela Universidade Federal do kanal. Em seu consultório particular, atendeu durante muitos anos jogadores, dirigentes e jornalistas esportivos, tudo inteiramente grátis, motivo pelo qual teve muitas brigas com sua eterna esposa Aldenora, que considerava aquilo uma exploraç?o por parte daquelas pessoas. Aposentou-se como funcionário do DAER hoje DER. Casado com Aldenora Carvalho há 47 anos, teve um único filho, Roberto Carvalho.

Alem de ter composto o hino do Fortaleza, tem mais de 70 composiç?es, como sambas e músicas feitas a pedidos como o hino do Intermunicipal de futebol Cearense, musica da cachaça Colonial, hino oficial da TUF, além de um samba de carnaval que participou do festival da manchete RIO TUR, realizado no Rio de Janeiro, onde estavam inscritas 3.500 musicas e a dele, que foi interpretada por NANA CAYMMI ( filha de Dorival Caymmi) ficou em TERCEIRO lugar em todo o Brasil, sendo esse festival transmitido ao vivo para todo o País.

Vida no FEC

Logo que veio de Jaguaribe para a capital, foi levado para assistir um jogo do Fortaleza, e naquela ocasi?o o Le?o do Pici ganhou de goleada com uma exibiç?o de gala. Desde esse dia ele resolveu ser Tricolor. Em 1967 compôs o hino do clube, que em 1975 foi oficializado como hino oficial do FEC. Segundo seu filho, Jackson nunca quis exercer nenhum cargo maior no clube, exatamente para poder estar sempre junto ? torcida, nas de manifestaç?es em prol do Fortaleza.

Participava ativamente dos famosos carnavais do PICI, onde ele e o saudoso Luis Rolim Filho comandavam a folia. Naquela época, compôs diversas marchinhas de carnaval para os carnavais promovidos pelo “Velho Guerreiro”, e tudo era sucesso na época. Comandava também, junto com a Toinha, que até hoje está no clube, a entrada dos garotos em campo antes dos jogos, onde reuniam as vezes mais de 100 garotos reforçando assim o slogan “Clube da Garotada”.

Jackson de Carvalho teve também grande influencia no crescimento da torcida tricolor, pois percorria todas as emissoras de radio promovendo os jogos e fazendo versos e rimas para atiçar a torcida rival e assim promover ainda mais os jogos de seu Fortaleza. Era também muito assíduo nas colunas esportivas. Sempre fez parte do conselho do clube e contribuiu diversas vezes tanto nas mensalidades do clube como para contrataç?o de jogadores importantes em diversas conquistas.

Acompanhe a seguir a íntegra da entrevista feita com Jackson de Carvalho.

1. Uma de suas atividades prediletas, há alguns anos, era jogar futebol de areia. Conte-nos um pouco sobre como era aquela época.

JC - Tínhamos um time, chamado Fortalezinha, que era composto por seis pessoas: meu filho (Roberto), quatro amigos dele, e eu. Levávamos duas traves pequenas, uma pintada de Fortaleza e outra de Brasil, para um dos seguintes locais: Praia do Futuro, Icaraí, Cumbuco, ou, em frente ao antigo Clube dos Diários. Sempre defendíamos as cores do Tricolor, e já éramos conhecidos em todas as praias, por dois aspectos: primeiro, pelo fato de que só jogavam seis de cada lado, ao contrário do costume que existia em praias, onde jogavam 20 de um lado e 20 do outro. Segundo, porque raramente perdíamos. Ent?o, formavam-se filas e mais filas de equipes para nos desafiar, e quem perdia ia dando o lugar a outro time. Creio que jogamos assim por, pelo menos, cinco anos, e perdemos muito pouco. Depois, meu filho entrou na faculdade, vieram outros interesses nos finais de semana, e paramos. Mas foi uma época muito marcante em nossas vidas.

2. Durante os tempos de juventude, quando era centroavante da Seleç?o Cearense e, também, da Seleç?o do Exército, o senhor era um ótimo jogador, além de exímio artilheiro. Caso n?o tivesse escolhido a carreira de odontólogo, dava pra ter sido jogador do Le?o?

JC – Sim, com toda a certeza poderia ter me tornado um excelente jogador. Mas naquela época n?o valia a pena, pois existia muito amadorismo, e as condiç?es eram precárias para o jogador de futebol. Preferi n?o arriscar, e n?o me arrependo. Segui, para a época, o melhor caminho.

3. Como iniciou seu amor ao Tricolor de Aço? Qual lembrança traz-lhe mais saudade, desde a época em que começou a torcer pelo Fortaleza Esporte Clube?

JC - Em 1962, eu estudava e era da seleç?o do colegio S?o Jo?o, um celeiro de craques, onde todos os melhores jogadores estudantis faziam quest?o de estudar lá pela fama de ganhar todos os jogos intercolegiais que disputávamos. Um dia, um amigo, chamado Marcílio, que jogava comigo e era torcedor do Fortaleza, me convidou para assistir a um amistoso entre Fortaleza e Náutico de Recife, no Presidente Vargas. Nesse jogo o Fortaleza simplesmente deu um show, ganhando da fortíssima equipe do Nautico por 4x2. Saí do jogo encantado, na certeza de que, a partir dali, seria Tricolor do Pici.

4. O senhor nunca frequentou curso de música, nem estudou, em casa, livros de teoria musical. Ainda assim, compôs letra, harmonia e melodia de um dos hinos mais belos do futebol brasileiro, dentre outras músicas. A que o senhor atribui tamanho talento?

JC - Só tenho uma resposta para essa pergunta: nasci com esse dom. Em minha mente fluem, de acordo com o tema, a letra, as rimas e, em seguida, a melodia. N?o tenho outra explicaç?o... É dom.

5. Em quais artistas/cantores/músicos Jackson de Carvalho buscava inspiraç?o para compor?

JC - Nunca busquei inspiraç?o em nenhum artista. As coisas fluem sem que, no momento de criaç?o, eu pense em algum artista, influ?ncia etc. Mas, se pergutar quais os dois cantores que mais admiro, citaria Orlando Silva e Paulinho da Viola.

6. Suas músicas continuam a fazer sucesso na torcida leonina.
Como o senhor se sente, ao ver várias geraç?es cantando suas músicas?

JC - Minhas músicas, particularmente o Hino, ser?o sempre atuais, porque encarnam o eterno espírito de nosso Clube. Em toda a letra do Hino, procurei usar palavras que pudessem servir em qualquer época, para que nunca ficasse desatualizado. Palavras que, em qualquer tempo, mostrassem como foi e como ser?o nossas glórias e conquistas, ressaltando que sempre somos vibrantes, aguerridos e fortes.

7. Qual o melhor time do Fortaleza que o senhor já viu em campo?

JC – Foi em 1974: O Fortaleza ganhou tr?s jogos do kanal em apenas uma semana, fato inedito até hoje no futebol Brasileiro. O melhor time tricolor que já vi jogar: Lulinha, Louro, Pedro Basílio, Ozires e Roner; Chinesinho , Lucinho, Zé Carlos e Amilton Melo; Haroldo e Geraldino.

8. Faça uma seleç?o de todos os tempos do Le?o.

JC - Lulinha, Louro, Pedro Basílio, Ozires e Agnaldo, Serginho, Amílton Melo, Mozarzinho e Bibi, Amílton Rocha e Luizinho das Arábias.

9. Quais dirigentes marcaram época no Fortaleza?

JC - Otoni Diniz, Edmar Rabelo Maia e Edilson José (Santana Textiles).

10. O que deve ser feito para o clube sair dessa situaç?o?

JC - Investimento nas categorias de base e ter uma continuidade de trabalho. Também, investir na campanha do sócio torcedor, para que seja a maior fonte de renda da equipe, independentemente de qualquer patrocinador.

Colaboraram: Bruno Mota e Gustavo Sá.




FORA BAQUIT E TODA DIRETORIA DE SANGUE SUGAS E RAPINADORES.
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
Ariston
Profissional
*******


Avatar


Mensagens: 1003
Cadastrado: 6-8-03

Naturalidade: Fortaleza

O usuário não está online

Humor: Como todo tricolor, sempre de bem com a vida

enviada em 16-1-12 em 01:17 PM Responder com Citação


Na falta de palavras em um momento t?o difícil para o nosso clube, resta transmitir aos familiares, especialmente ao Roberto, que tanto participou do fórum, um fraterno abraço e ao Jackson, o desejo que continue fazendo nossas marchinhas tricolores ao lado do Criador.



Fortaleza, na chuva e no sol, és o maior do futebol. (do grande Jackson de Carvalho).
Sou Le?o desde a fecundaç?o.
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
RAFAELE?O
Craque
********




Mensagens: 3702
Cadastrado: 20-12-05

Naturalidade: Itapipoca

O usuário não está online

Humor: Vamos lá! Le?o até o fim!

enviada em 16-1-12 em 11:59 PM Responder com Citação


Triste notícia. A torcida tricolor no além ganhou um grande representante. Que Deus conforte a família!



Que 2015 seja O ano para o Le?o!
Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger RAFAELE%3FO's Yahoo
webmaster
Super Administrator
**********


Avatar


Mensagens: 5475
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Fortaleza-Ce-Bra

O usuário não está online

Humor: VAMOS SUBIR LE?O!

enviada em 17-1-12 em 06:55 PM Responder com Citação


Tive oportunidade de conhecer e assistir jogos ao lado do poeta tricolor! O seu acervo histórico sobre o Fortaleza é grande e boa parte do conteúdo desse site no seu inicio veio da coleç?o particular dele! Vai fazer grande falta entre todos nós! Que Deus o tenha e conforte sua familia e amigos!



Emanuel Costa
webmaster Fortaleza.NET
A comunidade da Torcida do Fortaleza Esporte Clube desde 1996
N?o basta torcer tem que participar! Seja sócio e divulgue essa idéia
"Every person takes the limits of their own field of vision for the limits of the world."
- Arthur Schopenhauer
Visualizar o Perfil do Usuário Visitar a Homepage do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
AlessandroFontenele
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2300
Cadastrado: 22-8-03


O usuário não está online

Humor: De Prima

enviada em 18-1-12 em 11:03 AM Responder com Citação


individualmente, foi uma das cinco pessoas que mais fizeram pelo Fortaleza.
Sou tricolor por causa del e de suas músicas.
O hino do Fortaleza é simplesmente espantoso.
A marchinha em comemora;c?o ? entrada do Fortaleza no campeonato nacional é uma obra prima.
Sem falar nas centenas de marchinhas compostas para ocasi?es especiais, como carnaval, grandes clássicos eetc.
O Fortaleza só n?o fica menor sem ele porque Jackson de Carvalho ajudou a construir um gigante.
Abs, Alex




Bora, Le?o!
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
Enviar nova mensagem


Subir para o início da página