Fortaleza Esporte Clube. FEC. Ativo pela última vez: Nunca
Não fez Login [Login - Cadastro]
Descer para o final da página

Versão para impressão | Assinar | Adicionado aos Favoritos   Enviar nova mensagem
 Páginas:  1  2  3  4
Autor: Assunto: Entrevistas de jogadores
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 7-8-14 em 01:32 PM Responder com Citação
Erick Flores



Iniciando sua entrevista, Erick Flores falou sobre suas condiç?es físicas para estrear com a camisa tricolor.

"Estou bem melhor fisicamente. A gente vem trabalhando gradativamente, venho ralando bastante, o professor querendo me usar, mesmo um pouco abaixo ainda, a gente pode desenvolver um bom futebol. O Professor Roger já me entregou ao Chamusca, ent?o estou ? disposiç?o, lógico que o ritmo de jogo conta bastante, mas ritmo só pega jogando ent?o essa é uma oportunidade boa e estou preparado para a estreia, agora depende do professor", afirmou.

O jogador também falou da sua expectativa para entrar em campo.

"Minha expectativa é grande, quero jogar logo, estou treinando muito de manh? e de tarde para fazer o que eu mais gosto, que é jogar. Ent?o eu posso dizer que estou preparado para fazer minha estreia. Estou esperando muito esse jogo para estrear com o pé direito, como fiz na maioria das vezes em outros clubes. No campeonato paulista esse ano estreei e fiz gol, contra o Corinthians, em outros times também marquei no meu 1? jogo e espero fazer isso no sábado", destacou.

Quando perguntado se veio para o Le?o para ser apenas uma opç?o ou para ser titular, o meia-atacante foi enfático: eu vim brigar pela posiç?o.

"N?o vim ser só mais um, estou aqui para brigar pela posiç?o, venho pra procurar meu espaço. Lógico que um passo de cada vez, venho ganhando a forma física e espero estrear no sábado para ir conquistando meu espaço. Eu me cobro bastante, n?o deixei uma impress?o boa quando saí do Estado, agora é trabalhar como eu venho trabalhando e mudar essa concepç?o, quero criar uma identidade aqui no Fortaleza e deixar minha marca", disse.

Para finalizar o atleta falou sobre a sua possível estreia diante da torcida tricolor, que deve comparecer em bom número ao Castel?o.

"A gente vem de uma grande vitória e espera que sábado a torcida compareça, como vem fazendo. Pra mim, é bem melhor estrear diante da torcida, com o apoio do torcedor na arquibancada", concluiu.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FEC:
Jornalistas: Nodge Nogueira/Raíssa Feijó




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 12-8-14 em 11:33 AM Responder com Citação
Adalberto



O camisa 4 do Le?o iniciou a entrevista falando sobre a boa fase da defesa da equipe, que é a melhor da Série C do Brasileiro.

"Acho que isso é fruto do trabalho, procuramos trabalhar, seguimos o que o professor fala e graças a Deus vem dando certo. Esperei minha oportunidade, e agora estou agarrando-a e dando o meu melhor. A gente vem fazendo bons jogos, agora é continuar para conseguir o nosso objetivo", afirmou.

O atleta leonino também falou sobre a titularidade na equipe de Chamusca.

"Titular no grupo n?o existe. O professor n?o v? dessa forma, v? o grupo todo como titular, até porque quando se precisa de um jogador o elenco é muito qualificado e esse jogador que entra dá conta do recado. E vem sendo assim, temos o exemplo do Uilliam que teve a oportunidade, fez seu papel, ainda é muito novo, mas fez um bom jogo. Ent?o quando a oportunidade aparece temos que agarrar para sair com o resultado positivo", destacou.

Quando perguntado a que se deve seu bom entrosamento com Genílson, Adalberto falou de confiança, conversa e humildade.

"S?o vários fatores. Humildade, vontade de vencer, simplicidade, trabalho, ele vem comigo no carro quase todos os dias e estamos sempre conversando. Tem que ser dessa forma, um ajudando o outro, um protegendo as costas do outro, e vem dando certo, esperamos dar continuidade para que possamos levar o Fortaleza para a Série B", disse.

Para finalizar, o jogador falou sobre a chegada de mais um zagueiro ao elenco do Le?o, no caso Lima, que deu entrevista após as palavras de Adalberto.

"O grupo está sempre aberto para contrataç?es. Se o professor optou trazer um zagueiro ele está correto, se trouxer de outra posiç?o ele está correto, porque está vendo que tem necessidade, até porque o campeonato é longo e em uma partida ele pode perder dois ou tr?s jogadores, ent?o se ele achar necessário tem que trazer mesmo. O grupo está aberto para qualquer reforço, sempre com humildade, sempre recebendo bem os que est?o chegando do para que possamos conseguir o acesso", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 21-8-14 em 04:59 PM Responder com Citação
Walfrido



Para começar o volante tricolor falou sobre a aus?ncia do meia Marcelinho Paraíba no time titular e a possibilidade de substituí-lo, já que Chamusca também tem a opç?o de iniciar o jogo de segunda-feira com tr?s volantes e Edinho no meio.

"Marcelinho faz falta, tem muita qualidade, mas creio que se ele optar por mim e colocar tr?s volantes vamos tentar fechar o meio ali, puxar pro ataque e sair com o resultado positivo", afirmou.

Walfrido vinha sendo titular ao lado de Guto até sofrer uma les?o na coxa esquerda e agora se tornou uma das opç?es no banco de reservas do técnico tricolor. Sobre essa mudança o jogador afirmou que está treinando forte e esperando mais uma oportunidade.

"Tem que trabalhar forte e quando tiver uma chance entrar bem, fazer um bom jogo e agarrar a oportunidade. O treinador também falou comigo mandou eu treinar firme e disse que ainda tem muitos jogos, acho que vou ter outra oportunidade de mostrar meu futebol e ajudar o Fortaleza", disse.

Para finalizar, o atleta falou sobre as atuaç?es do goleiro Ricardo.

"No começo teve aquela press?o, mas ele foi seguro e confiante. O treinador deu uma moral pra ele, ele foi bem e agora está passando tranquilidade. Time bom tem que ter um goleiro bom e ele está fazendo esse papel", concluiu.

Ricardo

Dando início a sua entrevista, o camisa 1 do Le?o falou justamente sobre a sua titularidade no gol.

"Acho que conforme os jogos v?o passando voc? vai adquirindo a confiança e isso que estou em busca de fazer, bons jogos e fazer com que a torcida acredite em mim. Mas para isso acontecer tenho consci?ncia que preciso continuar trabalhando para seguir forte trazendo vitórias para o Fortaleza", destacou.

Ricardo é o goleiro menos vazado da Série C, sofrendo apenas cinco gols em 11 jogos. Sobre os números expressivos, o goleiro afirmou estar vivendo um momento especial em sua carreira.

"Todo goleiro almeja isso: fazer muitos jogos e ter uma média pequena de gols. Agradeço muito a Deus por estar passando por esse momento especial na minha carreira e a todo o elenco por me ajudar a ter alcançado esses números", afirmou.

O arqueiro tricolor também falou sobre a preocupaç?o em se classificar para a próxima fase da competiç?o.

"Essa é nossa preocupaç?o, durante os trabalhos da semana conseguir manter esse índice de foco nos próximos jogos. A gente ouve falar muito em mata-mata mas nesses últimos quatro anos o Fortaleza só se classificou uma vez, ent?o nossa maior preocupaç?o é estar entre os quatro e depois pensar no mata-mata", disse.

Concluindo, o camisa 1 falou sobre o próximo adversário do Le?o e o fato de o time tricolor ser líder do Grupo A e o Águia ser o lanterna.

"Quem acompanha o futebol sabe que isso é somente notícias de jornais. Ontem mesmo Vasco e Vila Nova, todo mundo esperava uma vitória do Vasco e todos viram o que aconteceu. Isso também serve de liç?o pra gente para termos uma preocupaç?o com o Águia. A gente é líder e eles s?o lanternas mas quando entra em campo s?o 11 contra 11, ent?o nosso foco é trabalhar forte durante a semana para fazermos um bom jogo e seguir somando pontos na competiç?o", finalizou.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 21-8-14 em 10:41 PM Responder com Citação
Erick Flores



Na noite desta quinta-feira (21) o meia-atacante Erick Flores esteve na Sala de Imprensa Carlos Rolim filho falando sobre a possível titularidade no jogo de segunda-feira, com o Águia, bem como as dificuldades que o time deve encontrar em Marabá.

Iniciando a coletiva, Erick falou sobre a possibilidade de substituir Marcelinho Paraíba no próximo confronto.

"Acredito que n?o tenha mais dúvida, o professor me deu uma chance de participar no treino de hoje no time titular, sempre venho dando meu melhor no dia a dia pra quando eu tiver oportunidade estar preparado. Desde que cheguei falei que vim pra brigar, pra jogar. A gente tem que aproveitar as oportunidades, entrei nos dois jogos, venho mantendo um bom nível e se ele optar por mim segunda-feira eu vou estar 100%", afirmou.

O jogador também falou sobre as dificuldades que o time deve encontrar em Marabá, começando pela defici?ncia no gramado.

"O estádio deles é bem pequeno o jogo vai ser muito truncado, bom para jogadores de força. O professor está trabalhando aqui com o campo reduzido pra gente se adequar o mais rápido possível. Estamos trabalhando bem todas as armas que temos, vai ser complicado pelo campo de jogo lá mas eu particularmente estou acostumado com isso. Nosso time é muito técnico, e em relaç?o a isso vai atrapalhar bastante, mas a gente vem treinando certinho e se adequando pra fazer um bom jogo", destacou.

Além das dificuldades, Flores também explanou sobre as qualidades do adversário.

"Um jogo difícil até pela situaç?o deles na tabela. Trocou o treinador lá e quando isso acontece os jogadores querem mostrar mais serviço. Nós somos líderes e invictos e todos querem ganhar da gente, ent?o acho que vai ser um jogo muito difícil, mas vamos dar nosso melhor para saírmos com a vitória", disse.

Para finalizar, o atleta falou sobre a responsabilidade de substituir o camisa 10 da equipe, no caso Marcelinho Paraíba, que cumpre suspens?o.

"É uma responsabilidade boa, o time está bem, é líder invicto e é uma responsabilidade boa substituir o Marcelo que vem bem assim como todo o time. Eu vou dar o meu melhor sempre, vim pra buscar a posiç?o, brigar pra jogar. E isso é bom pro grupo, ent?o venho buscando meu espaço ali pelas beiradas e dando meu melhor sempre", concluiu.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FEC:
Jornalistas: Nodge Nogueira/Raíssa Feijó




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 10-10-14 em 12:49 PM Responder com Citação
Genilson, boa lembrança do Moacyrz?o



Na noite desta quinta-feira (09), foi a vez do zagueiro Genilson ir até a Sala de Imprensa Carlos Rolim Filho falar sobre o próximo jogo do Le?o, diante do Macaé, no Estádio Moarcyz?o, o qual o atleta conhece bastante.

"O estádio tem um campo bom, joguei várias vezes lá, é parecido com o PV, a bola fica rápida também, nossa equipe está acostumada a jogar assim. Vamos jogar com uma grande equipe, ent?o acredito que será um grande jogo", afirmou o zagueiro.

O jogador também falou sobre a ansiedade para os dois confrontos decisivos do mata-mata, tanto dos jogadores, quanto da torcida.

"Ansiedade existe em qualquer jogo, mas temos que continuar focados no objetivo. Eu fico ansioso em todos os jogos, a gente quer logo entrar em campo, tocar na bola pra passar logo, ent?o é normal, temos que nos manter conscientes e focados. Quanto a torcida, a gente entende o lado deles e espera que eles entendam a gente, que esse jogo n?o é importante só pra eles, mas também é muito importante pra nós", destacou.

Genilson e Adalberto ganharam a titularidade após contus?o de Max Oliveira e Eduardo Luiz. Além deles, Marcelo Chamusca ainda tem como opç?o para a defesa os jogadores Breno e Lima. Sobre essa briga pela titularidade, o jogador destacou que o importante é o Fortaleza.

"Os zagueiros s?o todos muito qualificados e todo mundo vem trabalhando forte procurando seu espaço, minha oportunidade e do Adalberto chegou, soubemos aproveitar e a gente espera continuar forte sem tomar gols. A gente quer o melhor pro grupo e pro Fortaleza", disse.

Quando perguntado sobre a equipe do Macaé, o atleta afirmou que o time sempre chega forte no campeonato Estadual e Brasileiro, portanto será um jogo difícil.

"Vinha acompanhando muito pouco essa equipe do Macaé agora, mas eles sempre montam uma equipe forte no Estadual e na Série C, vem batendo na trave há um tempo, ent?o vai ser um jogo corrido. Eu espero que seja um grande jogo e a gente saia com o resultado positivo", ressaltou.

Para finalizar, o defensor falou sobre a sua melhor lembrança no local do confronto, Estádio Moarcyz?o, em Macaé.

"Foi quando eu joguei lá pela última vez, no ano passado, com o Bela Vista. Ganhamos de 3 a 2 e eu fiz um dos gols. Todos os jogos que eu fiz lá saí com a vitória", concluiu.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FEC:
Jornalistas: Nodge Nogueira/Raíssa Feijó




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 15-10-14 em 11:08 AM Responder com Citação
Waldison: Todos sabemos que n?o conquistamos nada ainda



O elenco leonino viaja na tarde desta quarta-feira, com destino ao Rio de Janeiro. O atacante Waldison iniciou a entrevista falando sobre a condiç?o do grupo para esta primeira decis?o.

"O grupo está bem e preparado, nós estávamos aguardando esse mata-mata desde a desclassificaç?o em 2013 e ele chegou. A gente vem trabalhando desde o começo do ano pensando no acesso e sábado é a primeira batalha. O treinador está estudando muito a equipe adversária pra gente errar pouco e trazer a vitória", afirmou.

Aproximadamente quatro mil torcedores compareceram ao treino desta terça-feira e passaram toda a confiança e apoio para o elenco antes da viagem a Macaé. Sobre a presença do torcedor e o grande número de pessoas que foram ao Pici, Waldison n?o poupou elogios a torcida tricolor e destacou a motivaç?o que eles passam para todo o grupo.

"A gente sabe a grandeza do clube e dessa torcida, quando o time está mal eles comparecem, imagine quando está bem. Isso serve de incentivo a mais pra gente, é a confiança que eles est?o depositando nessa equipe e a gente espera retribuir com a vitória e colocando o Fortaleza onde ele merece", disse.

Continuando no assunto, o atleta ressaltou o espanto de alguns jogadores com todo o apoio da torcida.

"Eu que estou aqui há mais tempo já sei dessa força da torcida, mas os meninos que chegaram agora entraram no campo e falaram: Pô, que torcida é essa?! E foi a mesma imagem que eu tive quando cheguei aqui. Quando a gente olha a arquibancada lotada pra um treinamento percebe que esse é um time que merece todo respeito e a gente ta procurando honrar isso. No meu ponto de vista, o Fortaleza é um time de Série A que está na Série C, por tudo que envolve a instituiç?o, e vamos fazer de tudo pra colocar ele onde merece", ressaltou.

Quando perguntado se a equipe está confiante no acesso ou se está tendo "oba oba" no grupo, o atacante prontamente afirmou que nada está ganho.

"Praticamente 70% desse time é de jogadores experientes, rodados, a gente sabe o que quer e do que o time precisa. Todos sabemos que n?o conquistamos nada ainda, sabemos da qualidade do Macaé, que é o 4? ano consecutivo que eles se classificam, ent?o temos que ter respeito pelo adversário, como tivemos por todos os outros e nada de "oba oba". O time tem que ter humildade e pés no ch?o pra trazer a vitória", explanou.

Waldison está no clube desde 2012 e sofreu com o n?o-acesso nestes últimos anos. Para ele, a equipe desta temporada tem uma uni?o diferente dos outros elencos, e isso é muito importante para o time chegar ao seu objetivo.

"Essa equipe de 2014 é mais consciente, mais preparada para chegar ao objetivo que é o acesso. Desde o início, nós que já estávamos aqui passamos pra quem chegou o que era o Fortaleza e que acima de nome, de fama e carreira, tem a instituiç?o. O Fortaleza é maior que todos nós, e sempre falamos que tínhamos que dar a resposta esse ano. Estamos há 10 meses juntos, nunca houve nenhuma confus?o, nenhuma briga, está todo mundo focado e isso é muito bom. O time, a torcida, a diretoria, a comiss?o técnica, é todo mundo unido em prol do Fortaleza, acho que o ponto forte desse ano é isso, a uni?o", finalizou.

- - - - - - -
Essas declaraç?es s?o muito boas, pois é preciso muito cuidado para n?o vitaminar e incentivar o pessoal do Macaé!




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 17-10-14 em 04:25 PM Responder com Citação
Fernandinho, DN, 17/10/2014



Fernandinho pede cautela para time evitar surpresas

Experiente, mesmo com 28 anos de idade, o lateral-esquerdo Fernandinho já rodou por vários clubes de express?o do futebol brasileiro e neles encarou decis?es importantes. Atuando por equipes como Vasco, Cruzeiro e Atlético/MG, o camisa 6 do Fortaleza já sentiu o peso da cobrança em um momento decisivo. Pelo Tricolor do Pici n?o é diferente.

O mata-mata diante do Macaé, que pode render ao Le?o uma vaga na Série B do Campeonato Brasileiro em 2015, é encarada por Fernandinho com a mesma seriedade com a qual atuou em outros clubes.

No hotel onde o clube está hospedado, no Rio de Janeiro, o lateral tricolor conversou ontem com a reportagem sobre o peso da decis?o, além do apoio da torcida e da importância do clube leonino sair da Série C.

Ele se disse surpreso pela manifestaç?o de apoio da torcida no embarque da última quarta-feira para o Rio. Mesmo calejado por jogar em clubes de massa, o lateral n?o escondeu que ficou emocionado com o apoio. "S?o coisas que a gente n?o consegue nem falar sobre a dimens?o disso, devido ? maneira como vem acontecendo. Eu tive a oportunidade de jogar em grandes clubes do Brasil e agora estou tendo a oportunidade de conhecer a torcida do Fortaleza. Tenho certeza de que muitos atletas que também passaram por grandes clubes se surpreenderam com o que aconteceu n?o só no embarque, mas também no treino", disse.

Precauç?o

Apesar da emoç?o, Fernandinho disse que é necessário ter cautela e n?o se deixar contagiar completamente pela euforia da torcida. "Pela parte emotiva, tem algumas coisas que a gente traz pra gente, outras n?o, até porque as coisas tem de acontecer naturalmente, pra gente n?o ser surpreendido", precaveu-se.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 23-10-14 em 12:30 AM Responder com Citação
Ricardo



Nesta quarta-feira (22), o goleiro Ricardo concedeu entrevista coletiva na Arena Castel?o, antes do trabalho tático desta tarde. Na ocasi?o, o atleta falou sobre o assunto inevitável: o jogo decisivo do final de semana.

"Será um grande jogo, uma partida histórica pra nós jogadores, pro clube e pra torcida. Conseguimos fazer um bom jogo em Macaé, sem tomar gols, e com uma vitória simples podemos conseguir o acesso. Ent?o estamos focados durante essa semana, trabalhando forte e agora mais do que nunca é concentraç?o total para fazer um bom jogo e chegar a classificaç?o", afirmou.

Quando perguntado sobre o que vai fazer de especial neste confronto, o goleiro afirmou que vai procurar se comportar da mesma forma.

"Eu procuro fazer o que eu vinha fazendo durante o campeonato, claro que a responsabilidade aumenta, é um jogo aonde sofrer gol seria trabalhar em dobro na frente, mas acredito que a gente vem fazendo um bom trabalho e respeitando sempre o adversário. Ent?o temos que ficar sem sofrer gols e esperar que o nosso ataque faça lá na frente, como vem decidindo durante todo o campeonato", disse.

Há algumas entrevistas passadas, o camisa 1 do Le?o falou que queria fazer história no clube, e o seu pedido pode se realizar neste sábado, ao conseguir o acesso.

"Estou pedindo a Deus que isso se realize, desde quando eu cheguei expressei esse meu sentimento e acredito que um jogador só faz história com títulos e acessos, esse jogo é o mais importante dos últimos cinco anos para o Fortaleza e para a nossa vida também, ent?o esperamos conseguir esse acesso", destacou.

Ricardo também falou sobre o diferencial desse grupo, que pode levar o Le?o ? Série B do Brasileiro.

"Uni?o, dedicaç?o, acima de tudo humildade e se ajudar dentro de campo. No jogo em Macaé, mesmo com o campo grande, pesado, continuamos correndo um pelo outro até o último minuto, e sábado n?o será diferente, vamos dar nosso máximo sempre ajudando o companheiro", ressaltou.

O Fortaleza precisa de uma vitória simples para garantir a classificaç?o na Arena, sobre a postura que a equipe deve ter dentro das quatro linhas, o arqueiro tricolor destacou a tranqüilidade.

"Teremos que ter paci?ncia e ser organizados taticamente, como foi até agora. Esse jogo é diferente do outro mata-mata que passamos meses atrás, diante do Icasa, que precisávamos reverter um placar, agora começamos nos p?naltis e a equipe está ciente disso. Tem que ter tranqüilidade do primeiro ao último minuto, se o gol acontecer rápido, ótimo, mas se n?o acontecer logo sabemos que temos 90 minutos pra resolver a partida, n?o podemos sair dessa tranqüilidade, mas também sabemos que precisamos atacar. Eles v?m jogar por uma bola, um contra ataque e a gente vem trabalhando pra isso, pra chegar aos gols", explicou.

Com o resultado de 0 a 0, a classificaç?o será decidida nos p?naltis e neste momento o goleiro pode se tornar o herói do jogo, mas, para Ricardo, ele prefere deixar o heroísmo para os atacantes lá na frente.

"Na minha carreira já defendi alguns p?naltis, numa decis?o na sul-americana fui feliz, mas espero n?o passar novamente por isso e decidir nos 90 minutos, deixa a glória para os nossos atacantes, se n?o vier nenhuma bola pra mim melhor ainda, fico feliz em ter ajudado o campeonato todo e apenas assistir esse jogo de camarote", disse.

Finalizando, o atleta falou sobre a presença da Maior do Estado neste jogo, que deve quebrar o recorde de púbico da Arena Castel?o.

"Na semana passada vimos o estádio vazio e já falávamos que dia 25 seria diferente. A gente n?o vai ver nenhuma cadeira vazia, já foram vendidos quase todos os ingressos e isso demonstra a grandeza desse clube e a paix?o dessa torcida e aumenta a nossa responsabilidade. Ent?o só tenho que pedir que nos apoie, nos incentive os 90 minutos pra conseguirmos a classificaç?o. Será um grande jogo, uma grande decis?o e esperamos n?o decepcionar os torcedores dentro de casa. Espero que eles venham confiantes e acredito que Deus vai nos coroar com esse acesso no sábado", concluiu.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FEC:
Jornalistas: Nodge Nogueira/Raíssa Feijó




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 30-12-14 em 11:15 AM Responder com Citação
Auremir



O lateral, que também atua como volante, iniciou a coletiva falando sobre a sua primeira impress?o acerca do Tricolor de Aço.

"Deu pra sentir que é um clube que tem estrutura, por ser pernambucano eu sempre acompanho o futebol do Nordeste e sei que o Fortaleza é um time de massa e estou muito feliz com a oportunidade de estar aqui", disse.

Sobre a sua funç?o dentro das quatro linhas, Auremir confirmou sua versatilidade, jogando como volante e lateral-direito.

"Comecei como volante no Náutico e depois de uma dificuldade no clube passei a jogar na lateral-direita, os treinadores foram gostando e eu faço as duas funç?es. Minha posiç?o é volante, mas nos últimos anos eu venho jogando na lateral e nem é mais uma improvisaç?o, é uma funç?o que eu aprendi a fazer", destacou.

O Le?o vai participar de tr?s competiç?es antes de chegar ? Série C, maior objetivo de 2015. Segundo o jogador, o clube precisa e tem condiç?es de fazer boas campanhas em todos os campeonatos anteriores antes do Brasileir?o.

"Até a Série C tem o Estadual, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, ent?o o ano começa agora. Temos que começar fazendo um bom Estadual e uma boa Copa do Nordeste. O Fortaleza tem condiç?es de fazer boas competiç?es, depois chegar na Série C e ter mais efici?ncia nas decis?es", ressaltou.

Quando perguntado sobre sua negociaç?o com o Tricolor, o atleta afirmou que "n?o pensou duas vezes" em vir defender as tr?s cores cearenses.

"Eu tinha um outro clube do Campeonato Paulista quase que acertado, mas quando surgiu o Fortaleza n?o tive o que pensar. Eles já ligaram pra mim esse ano, mas eu n?o pude vir, ent?o n?o pensei nem duas vezes. É um time que tem estrutura, tem um bom treinador, uma diretoria nova chegando, n?o tive o que pensar", disse.

Para finalizar, o lateral/volante falou sobre a Maior Torcida do Estado.

"É impossível n?o conhecer a torcida do Fortaleza, o que eles fizeram no jogo do Macaé foi lindo demais, é uma torcida diferente. É até parecida com a torcida do Santa, que passou por dificuldades, mas continua sendo apaixonada independente da fase que o time está e eu espero que ela esteja junto com a gente esse ano que vem e que nós possamos fazer um bom trabalho", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 30-12-14 em 11:16 AM Responder com Citação
Samuel



O meia Samuel fala sobre a sua vinda para o Tricolor de Aço.

"Pra mim é uma honra. Poder retornar a minha cidade, poder jogar e honrar essa camisa é um orgulho. Tenho família e amigos que est?o torcendo pra que tudo corra bem, joguei em vários lugares, hoje estou jogando na minha cidade e isso é especial", afirmou.

Samuel, quem tem seis acessos em sua carreira, disse que caso consiga subir para a Série B com o Fortaleza, este será o mais importante.

"Tenho seis acessos na minha carreira, 2013 foi o último com o Luverdense e eu espero contribuir com os meus companheiros pra conseguir mais um. Sem dúvida eu conseguindo o acesso em 2015 vai valer mais que os outros seis que eu conquistei", disse.

Sobre uma possível identificaç?o com a equipe rival, Samuel foi sucinto e disse ser profissional, além de ter reconhecido que foi um momento de infelicidade.

"Falei, mas eu sou profissional, ontem vesti a camisa do Luverdense e meu time era o Luverdense, agora eu visto a camisa do Fortaleza e sou Fortaleza. Nunca joguei na minha cidade e voc? pode ter certeza que vou honrar essa camisa e vou contribuir com o Fortaleza que é um time grande", ressaltou.


O jogador também falou sobre as suas características dentro do gramado.

"Sou meia ofensivo, crio e faço gols também. Sou até um meia finalizador demais (risos). E eu espero fazer gols, ajudar meus companheiros com passes e conseguir as vitórias pelo Fortaleza", destacou.

Quando perguntado qual é o caminho para chegar ?s conquistas no Tricolor, Samuel ressaltou o trabalho árduo.

"O caminho é trabalho. Sabemos que vamos enfrentar equipes qualificadas, mas é trabalhar intensamente, ter um grupo fechado e focado todos pelo mesmo objetivo e colocar Deus na frente pra nos ajudar nessa campanha", disse.

Concluindo, o meia falou sobre seu acerto com o clube.

"Eu já estava acertado com o Luverdense, iria continuar lá, outras equipes também tinham me ligado, mas eu preferi ficar no Luverdense, porém quando o diretor Marcelo Paz me ligou no dia 19 ou 20 eu n?o pensei duas vezes, pesou bastante eu vir jogar na minha terra e agora estou aqui. Recusei um time de série B pra estar aqui no Fortaleza, pela grandeza do clube, pelo que essa camisa representa. É a primeira experi?ncia que eu tenho de jogar na minha cidade, ent?o os ânimos est?o exaltados pra conquistar os objetivos, começando pelo campeonato cearense, que queremos o título", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
Madeira
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2398
Cadastrado: 4-8-03

Naturalidade: Caratinga-MG

O usuário não está online

Humor: Cauteloso

enviada em 30-12-14 em 10:01 PM Responder com Citação


Gostei da personalidade dele, esta babaquice de que ele torce Kanal, já nos prejudicou em outras ocasi?es., coisa de futebol amador.



Pra cima deles Le?o.
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 7-1-15 em 03:57 PM Responder com Citação
Lúcio Maranh?o



Até o momento, o Fortaleza já acertou a contrataç?o de 10 novos reforços para 2015. Porém, apenas um deles é atacante. Lúcio Maranh?o, que estava no futebol tailand?s, chega ao Pici para substituir Robert como 'camisa 9' tricolor. Mesmo sendo considerado um típico 'centroavante trombador', Lúcio garante que está preparado para desempenhar a funç?o que o técnico Nedo Xavier precisar.

"Eu n?o tenho prefer?ncia. O professor me conhece, sabe o jeito que eu gosto de jogar. Eu posso me considerar um camisa 9, que fica mais próximo da área pra finalizar a jogada, mas também posso me movimentar mais. Por isso estou me condicionando o mais rápido possível para ficar ? disposiç?o. Pode ter certeza que o Fortaleza vai ter muitas alegrias com o Lucio Maranh?o", destacou.

Entretanto, mesmo com boas condiç?es físicas, Lúcio Maranh?o só estará ? disposiç?o do técnico Nedo Xavier, no mínimo, a partir da 4? rodada do Campeonato Cearense, quando o Tricolor enfrenta o Horizonte, no dia 24 de janeiro.

PRIMEIRA IMPRESS?O DO ELENCO
"É um grupo maravilhoso, unido, com objetivo maior. E espero que com os treinamentos a gente possa melhorar cada vez mais".

CONDIÇ?O FÍSICA
"Estou me preparando a cada dia pra estar sempre ? disposiç?o do treinador. Já estou pegando no pesado pra me condicionar o mais rápido possível, quando tiver regularizado e ? disposiç?o fazer o meu melhor. Vim pra cá n?o foi pra brincar e sim pra conquistar títulos"

PRESS?O
"Estou preparadíssimo. É uma coisa normal, tranquila. É muito importante jogar em time de massa. Vou ter tranquilidade, mas a luta vai ser maior. Estou preparado e venho disposto a enfrentar todas as ocasi?es e a ajudar a todos".

OBJETIVOS
"Venho aqui pra fazer gols, dar sempre resultados positivos. Vim com o intuito de ajudar meus companheiros, tenho boa técnica, qualidade de passe, ent?o o primeiro objetivo é conquistar as vitórias e logicamente os gols v?o saindo naturalmente. O Robert esteve aqui e marcou 30 gols, é um grande atacante, ent?o eu espero chegar perto disso ou fazer até mais, mas o objetivo maior é do clube e eu espero fazer uma boa temporada no Fortaleza".




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 31-1-15 em 11:29 AM Responder com Citação
Adalberto



O zagueiro começou a entrevista fazendo uma análise do que está faltando para o Le?o conseguir os resultados.

"Acho que a ansiedade está atrapalhando um pouco. Sabemos que é difícil e todo jogador que está no grupo passou por situaç?es parecidas, mas temos que saber que quem vai mudar a história somos nós, n?o vai tirar todo mundo e trazer mais 20 ou 30 jogadores novos. Sabemos que os jogos v?o ser difíceis, mas se todo mundo entrar determinado sairemos com o objetivo", ressaltou.

E prosseguiu:

"Falta um pouco de tranqüilidade pra fazer o gol e a press?o atrapalha um pouco, mas todo jogador vive de press?o jogo a jogo e a oportunidade que aparecer na frente do gol tem que fazer. Acho que temos que fazer nossa parte, jogar mais alegre, tirar essa tens?o pro gol sair e sairmos com a vitória", afirmou.

Adalberto também falou sobre a briga pela titularidade na zaga leonina, tendo em vista que os seus companheiros de posiç?o também t?m tido boas atuaç?es nos jogos.

"Brigar por posiç?o no time briga dia a dia, acho que é uma amizade grande que eu tenho com o Max, Genilson e Lima e é uma briga saudável. Temos que brigar dentro de campo e onde o professor optar que eu jogue eu vou procurar dar meu melhor, jogar com minha raça, minha vontade pra ajudar meus companheiros", destacou.

Para finalizar, o jogador falou sobre o jogo deste domingo diante do S?o Benedito e a busca pela classificaç?o para a 2? fase do Campeonato Cearense.

"Acho que o ruim é quando se depende de alguém, mas só dependemos de nós mesmos. Vamos procurar trabalhar respeitando o S?o Benedito, sabemos que vai ser um jogo muito difícil, mas vamos entrar concentrados, fazer o gol e sair com a vitória", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 31-1-15 em 11:30 AM Responder com Citação
Dudu Cearense



Iniciando, o volante, que foi regularizado na tarde desta quinta-feira, falou sobre a expectativa da estreia.

"A motivaç?o é imensa, quero jogar, quero voltar minha forma o mais rápido possível, mas sem ultrapassar os meus limites, passo a passo e ajudar a equipe dentro de campo. N?o cheguei a conversar ainda com o Nedo sobre se vou começar jogando ou n?o domingo, mas vou ser uma opç?o e vou ganhando condiç?es durante os jogos", disse.

De acordo com Dudu, neste primeiro momento prefere jogar como 1? volante.

"Nesse momento ser 1? volante seria interessante, pra ganhar confiança, ritmo e depois 1? ou 2? dependendo do jogo posso alterar com o Correa", afirmou.

Concluindo, o atleta falou sobre sua estreia também no Campeonato Cearense, o qual nunca atuou como jogador profissional.

"Alegria muito grande, só o fato de eu crescer aqui, sair, conhecer o mundo e voltar agora jogando no Fortaleza, um time de tradiç?o com uma torcida imensa, estou muito motivado e começar com uma vitória vai ser muito bom pra mim", finalizou.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 20-3-15 em 12:50 PM Responder com Citação
Dudu Cearense



Prosseguiu:

"A titularidade n?o vem só em um jogo, ela vem em vários jogos, com a confiança do Chamusca, mas estou paciente, sem pressa, meu momento vai chegar e tenho que dar forças para quem está em campo. Acho que grupo vencedor é assim quem está fora quer entrar e quem está dentro n?o quer sair, mas sempre com uma disputa saudável. Ent?o é um momento de paci?ncia, a torcida está cobrando essa titularidade, a imprensa também, mas o comandante é o Chamusca e só vou entrar quando ele quiser, vou mostrar meu trabalho independente de estar em campo ou n?o", ressaltou.

Sobre o clássico, Dudu se mostrou satisfeito com a atuaç?o da equipe, mas triste pelo placar final.

"Classificamos e temos que estar satisfeitos pelo conteúdo do jogo, pelo volume, pelas chances que tivemos e manter os pés no ch?o que muita coisa ainda vai acontecer. Acho que a desconfiança acabou e a credibilidade voltou, a torcida está vendo que temos um padr?o de jogo, uma qualidade melhor, organizaç?o e uma equipe sólida e enquanto mantivermos isso é procurar evoluir, acertando alguns defeitos, porque n?o somos uma equipe perfeita, se pudermos manter isso vai ser excelente ao longo do ano", disse.

Finalizando, Dudu falou sobre a festa que a torcida fez na arquibancada, elaborando o primeiro mosaico 3D do Brasil.

"O que eu vi ontem foi impressionante, eu fiquei arrepiado, me deu um sentimento diferente, pelos times que passei na minha carreira vi poucos com uma torcida assim, com essa paix?o, nossa torcida é apaixonada. N?o ganhamos nada ainda e a torcida fez uma festa imensa, ela merece muitos títulos", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 19-5-15 em 10:30 AM Responder com Citação
Erivelton



Pra começar, o goleiro Erivelton falou sobre a sua atuaç?o no gol tricolor, no jogo diante do Verd?o do Cariri. O camisa 12 n?o foi muito acionado, porém teve muita tranquilidade durante os 90 minutos.

"Acho que minha atuaç?o foi boa, foi bem tranquila n?o fui muito exigido, tiveram dois chutes, mas no todo foi tranquilo. Agora vou procurar manter a tranquilidade, venho trabalhando sempre pra poder ficar tranquilo, passar isso para os meus companheiros e fazer bons jogos", disse.

Erivelton n?o quis jogar com a camisa 1 e mesmo como titular do time preferiu vestir a 12.

"A intenç?o foi minha em jogar com a 12, pelo Deola jogar com a 1, ter sido campe?o com a 1, ent?o acho que esse número ficou marcado com ele, e se for pra eu fazer história aqui quero fazer com a número 12", afirmou.

O arqueiro também falou sobre o apoio que esta recebendo da torcida leonina.

"Fico feliz, fazem nove anos que estou aqui e esse apoio por parte da torcida é a primeira vez, ent?o fiquei feliz com isso. E agora vamos fazer um jogo em casa e jogar dentro de casa é sempre melhor, com o apoio da torcida. Espero entrar e fazer um bom jogo", ressaltou.

Quando perguntado se queria ter sido mais acionado durante o jogo do final de semana, para mostrar seu potencial, Erivelton deixou claro que n?o.

"N?o. Penso em buscar os tr?s pontos, o importante é conseguir a vitória, é melhor que apareça o grupo todo e n?o só um jogador", concluiu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
lopez03
Super Craque
*********




Mensagens: 7996
Cadastrado: 3-8-03

Naturalidade: quixadá-ce

O usuário não está online

Humor: Esperançoso pra voltar ? Segundona

enviada em 19-5-15 em 12:02 PM Responder com Citação


Torcendo muito pra ele n?o falhar, mas já vem um goleiro aí (parece ser o veterano Roberto, ex XV de Novembro, Ponte Preta...), que, certamente, virá pra ser titular.



Pra variar, MOTIVADO de novo, como deve ser um eterno APAIXONADO pelo FEC, dando um voto de confiança ? nova Direç?o

Jo?o Paulo de Oliveira - jpo.03
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 22-5-15 em 11:08 AM Responder com Citação
Lúcio Maranh?o



Contratado no início do ano como soluç?o para o setor ofensivo, o atacante Lúcio Maranh?o perdeu espaço para os concorrentes da posiç?o após más atuaç?es e escassez de gols (quatro em toda a temporada) e foi parar no banco de reservas. Lúcio diz, como na canç?o de Erasmo Carlos e Roberto Carlos, que “daqui para frente tudo vai ser diferente”. Basta que o treinador Marcelo Chamusca resolva confiar novamente no instinto goleador do atacante.

O camisa 9 se fia no seu desempenho para justificar o merecimento de uma nova oportunidade como titular. “A gente conversou sobre a minha evoluç?o no dia a dia. Estou evoluindo em termos táticos, em termos de finalizaç?o, estou melhorando cada vez mais, tanto com a perna esquerda como com a perna direita, na bola aérea, e vamos aperfeiçoar cada vez mais para n?o ter dificuldades”, argumenta o jogador. Se Chamusca dará nova chance para o atacante ser titular n?o se sabe, pois o treino de ontem, no Castel?o, foi fechado ? imprensa.

O próprio Lúcio Maranh?o atribui a má fase dentro de campo a acontecimentos ocorridos fora dele. Tudo culminou na perda de um beb? sofrida pela esposa do atacante, algumas semanas atrás. Seria o terceiro filho de Lúcio, ele é pai de g?meos. Torcedores do Le?o souberam e foram até o Pici demonstrar solidariedade através de faixas no alambrado. “Fiquei emocionado. Graças a Deus eles viram a minha situaç?o toda e fico até curioso, né? Como eles sabem tanto da minha vida desta forma para saber me ajudar no momento certo? Espero retribuir dentro de campo”, agradece.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 9-6-15 em 11:31 AM Responder com Citação
Dudu Cearense, 09/06/15



Por que voc? voltou para a sua terra para jogar pelo Fortaleza?
Eu tinha propostas de Série B e A, mas queria dois anos de contrato, pois é muito rápido, muito instável. N?o estou em um momento bom no Fortaleza porque n?o estou jogando. N?o é porque estou mal fisicamente, é por opç?o. O (jogador) que está na minha frente está melhor porque está jogando. Respeito completamente. Imagina se eu fizesse quatro meses de contrato? Tinha ido embora, ninguém queria ficar comigo. Dois anos, n?o. Sei que se ficar aqui, no ano que vem vou arrebentar. Independentemente de estar jogando ou n?o, estou com a consci?ncia tranquila.

Como voc? analisa a sua carreira após o ano de 2007?
Na época do Olympiakos, estava arrebentando, mas acabei n?o indo para a Seleç?o. Por isso preferi voltar ao Brasil, para ter mais visibilidade, e acabou n?o dando certo. A volta foi muito complicada porque na época do Atlético (Mineiro), a equipe n?o estava t?o forte como hoje e eu estava em um período de readaptaç?o. A equipe precisava que eu jogasse urgente, mas eu n?o tinha a resposta que queria ainda. No outro ano, foi um erro ficar esperando pela oportunidade. Se eu saísse no começo de 2012, teria sido até melhor para mim. Joguei pouco, fui para o Goiás na Série B, fomos campe?es. Tive uma boa sequ?ncia em 2013, fui muito bem. Mas no Brasil é muito instável. Amanh? voc? pode arrebentar e no outro dia n?o prestar mais.

Quais s?o os seus sonhos e metas?
Quando fui convidado pelo Fortaleza, através do Marcelo Paz, falei 'quero ir para ser campe?o'. Minha meta foi conquistada com o Estadual. Estavam há quatro anos sem títulos e cheguei sendo campe?o. Quero colocar a mentalidade vencedora. E n?o é falar, é mostrar no campo, no treinamento. Hoje sou exemplo para os mais jovens aqui. Temos uma torcida que n?o condiz com a nossa condiç?o de Série C. Uma torcida imensa, apaixonada, com sede de títulos. Vi agora, no Cearense, as carreatas, as festas. Imagina sendo campe?o da Série C e subindo para a Série B e da B para a A.

Como tem sido o relacionamento com a direç?o do clube?
Est?o conduzindo da melhor maneira possível e fazendo o melhor para a gente, fora e dentro de campo. Fazemos nossa parte, que é n?o ter indisciplina, desavenças e vaidades dentro do clube. A diretoria está em um bom caminho e está tudo encaixado.

-.-.-.-.-
Complemento o que ele disse
1.
N?o estou em um momento bom no Fortaleza porque n?o estou jogando. N?o é porque estou mal fisicamente, é por opç?o...

De todos nós tricolores.
E quem se escala é o próprio jogador. Faça por onde.

2.
Se ficar aqui no ano que vem, vou arrebentar...

Com as finanças do FEC ou com nossa paci?ncia?




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
NonatodeManaus
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2752
Cadastrado: 2-10-03

Naturalidade: Pentecoste-CE.

O usuário não está online

Humor: Sempre confiante

enviada em 9-6-15 em 04:27 PM Responder com Citação


Citação:
Mensagem original enviada por guaramiranga
Por que voc? voltou para a sua terra para jogar pelo Fortaleza?
Eu tinha propostas de Série B e A, mas queria dois anos de contrato, pois é muito rápido, muito instável. N?o estou em um momento bom no Fortaleza porque n?o estou jogando. N?o é porque estou mal fisicamente, é por opç?o. O (jogador) que está na minha frente está melhor porque está jogando. Respeito completamente. Imagina se eu fizesse quatro meses de contrato? Tinha ido embora, ninguém queria ficar comigo. Dois anos, n?o. Sei que se ficar aqui, no ano que vem vou arrebentar. Independentemente de estar jogando ou n?o, estou com a consci?ncia tranquila.

Como voc? analisa a sua carreira após o ano de 2007?
Na época do Olympiakos, estava arrebentando, mas acabei n?o indo para a Seleç?o. Por isso preferi voltar ao Brasil, para ter mais visibilidade, e acabou n?o dando certo. A volta foi muito complicada porque na época do Atlético (Mineiro), a equipe n?o estava t?o forte como hoje e eu estava em um período de readaptaç?o. A equipe precisava que eu jogasse urgente, mas eu n?o tinha a resposta que queria ainda. No outro ano, foi um erro ficar esperando pela oportunidade. Se eu saísse no começo de 2012, teria sido até melhor para mim. Joguei pouco, fui para o Goiás na Série B, fomos campe?es. Tive uma boa sequ?ncia em 2013, fui muito bem. Mas no Brasil é muito instável. Amanh? voc? pode arrebentar e no outro dia n?o prestar mais.

Quais s?o os seus sonhos e metas?
Quando fui convidado pelo Fortaleza, através do Marcelo Paz, falei 'quero ir para ser campe?o'. Minha meta foi conquistada com o Estadual. Estavam há quatro anos sem títulos e cheguei sendo campe?o. Quero colocar a mentalidade vencedora. E n?o é falar, é mostrar no campo, no treinamento. Hoje sou exemplo para os mais jovens aqui. Temos uma torcida que n?o condiz com a nossa condiç?o de Série C. Uma torcida imensa, apaixonada, com sede de títulos. Vi agora, no Cearense, as carreatas, as festas. Imagina sendo campe?o da Série C e subindo para a Série B e da B para a A.

Como tem sido o relacionamento com a direç?o do clube?
Est?o conduzindo da melhor maneira possível e fazendo o melhor para a gente, fora e dentro de campo. Fazemos nossa parte, que é n?o ter indisciplina, desavenças e vaidades dentro do clube. A diretoria está em um bom caminho e está tudo encaixado.

-.-.-.-.-
Complemento o que ele disse
1.
N?o estou em um momento bom no Fortaleza porque n?o estou jogando. N?o é porque estou mal fisicamente, é por opç?o...

De todos nós tricolores.
E quem se escala é o próprio jogador. Faça por onde.

2.
Se ficar aqui no ano que vem, vou arrebentar...

Com as finanças do FEC ou com nossa paci?ncia?


Só pode estar de brincadeira o Dudú, isso me parece mais como deboche.




Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 14-6-15 em 01:37 PM Responder com Citação
O Povo, 14/06/15: Ele só precisa de uma chance?



O volante Dudu Cearense sonha com uma vaga no time titular do Fortaleza para provar que é uma boa opç?o no meio-campo tricolor. Contratado no início da temporada com status de grande jogador, o volante, que já defendeu a seleç?o brasileira e foi campe?o da Copa América, em 2004, pelo Brasil (a seleç?o estreia na competiç?o neste domingo), espera retomar a boa fase atuando pelo Le?o. Ele entrou em apenas um terço dos 34 jogos do Tricolor no ano.

Mas o flerte com a titularidade n?o está fácil. Foi na vitória de 2 a 1, do Fortaleza sobre o River-PI, pela Copa do Brasil, no dia 16 de abril, que Dudu teve sua última chance na equipe principal. De lá para cá, o jogador conseguiu apenas ser relacionado no banco.

O atleta se diz pronto para agarrar uma nova chance e deixa claro que sua condiç?o física n?o é problema. “O time é forte e a concorr?ncia é grande. Aí, depende de como o Chamusca quer que eu jogue. A expectativa quando cheguei foi muito grande, mas é impossível corresponder se eu só estiver fora de campo”, afirma.

Dudu diz que n?o há mal estar pela condiç?o de reserva pouco utilizado, mas admite que a realidade é bem diferente daquela que sonhou quando assinou contrato. “Quando cheguei no Fortaleza tinha muita esperança de jogar todos os jogos. Mas agora eu só penso em estar bem comigo mesmo, jogando ou n?o”, diz.

POUCA EXPECTATIVA
Nada leva a crer que a situaç?o do atleta tenha uma reviravolta num futuro próximo. Nos quatro jogos do Fortaleza pela Série C, Dudu só foi relacionado em dois e mesmo assim n?o entrou em campo. Mas ele n?o esmoreceu. Enquanto a maior parte do elenco retorna amanh? de uma folga de uma semana, o jogador permaneceu dando expediente no Pici, treinando com outros jogadores que se recuperam de contus?o, como o volante o Corr?a.

É preciso trabalhar, pois os números do jogador n?o s?o animadores. Entrou em campo oito vezes durante o ano, tr?s delas no decorrer da partida. N?o conseguiu fazer gol e nem dar assist?ncia. N?o deixa de ser um reserva de luxo para Marcelo Chamusca.


Que campanha é essa para Dudu ser titular?




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
lopez03
Super Craque
*********




Mensagens: 7996
Cadastrado: 3-8-03

Naturalidade: quixadá-ce

O usuário não está online

Humor: Esperançoso pra voltar ? Segundona

enviada em 15-6-15 em 08:14 PM Responder com Citação


PeloamordeDeus!

Só teríamos a ganhar se o Dudu emplacasse.

Minha humilde opini?o.




Pra variar, MOTIVADO de novo, como deve ser um eterno APAIXONADO pelo FEC, dando um voto de confiança ? nova Direç?o

Jo?o Paulo de Oliveira - jpo.03
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 20-6-15 em 05:36 PM Responder com Citação
Tiago Azul?o



Destaque no Campeonato Mineiro deste ano com a camisa da Caldense, o meia Tiago Azul?o chegou ao Parque dos Campeonatos no dia 26 de maio. Há quase um m?s no Fortaleza, o armador de 27 anos se diz habituado ao clube, elogia o ambiente interno e promete bastante empenho para ter mais oportunidades de vestir a camisa tricolor no decorrer da Série C.

Após algumas semanas parado entre o fim do Estadual e o acerto com o Le?o, o apoiador n?o poupa esforços para recuperar o tempo perdido. Na última semana, o elenco ganhou folga, seguindo a programaç?o de pausa de 20 dias no Campeonato Brasileiro em meio ? Copa América, mas Tiago Azul?o dispensou a pausa e treinou diariamente no estádio Alcides Santos.

"Nós, do pelot?o de trás, temos que trabalhar muito mais do que quem vem jogando, porque o ritmo é outro, é diferente. O pessoal pegou folga na semana passada, mas eu, Dudu e Hudson ficamos treinando. Foi bom demais para nós para manter o ritmo, porque seria ruim se nós parássemos. Estamos esperando oportunidade, mas futebol é produtividade. N?o tem como mudar uma equipe que está ganhando. O grupo está coeso, fechado, com bom ambiente no vestiário, ent?o tem tudo para dar certo", disse.

Tiago Azul?o estreou pelo Tricolor na vitória sobre o Cuiabá por 3 a 1, na Arena Pantanal. Depois, atuou pela primeira vez diante da torcida no empate por 1 a 1 com o ASA, na Arena Castel?o. O meia admite que n?o estava no ápice da forma física, mas garante evoluç?o nas próximas partidas.

"Fisicamente, eu ainda n?o estava muito bem. No último jogo, eu entrei um pouco melhor porque o time estava atacando mais, realmente, e tive uma participaç?o pelo lado direito. No futebol, voc? tem que se enquadrar com as características do treinador e dos jogadores, e estou ganhando isso no dia a dia", afirmou.

A pausa da competiç?o nacional se encerrará para o Fortaleza no próximo dia 28, com a partida diante do Salgueiro, ?s 19h, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro/PE, válida pela quinta rodada. Invicto, o Le?o é o líder do Grupo A, com dez pontos, e mira se consolidar no G-4 para assegurar vaga nas quartas de final. "Já disputei a Série C e a cada ano fica mais difícil, porque times fortes caem e clubes que est?o se estruturando sobem", falou Tiago Azul?o.
[img]
http://www.fortalezaec.net/Arquivos/Fotos/514x386/201506182041-tiago-azulao.jpg
[/img




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 20-6-15 em 05:41 PM Responder com Citação
Dudu Cearense



Em preparaç?o intensa junto com os companheiros para o reinício da Série C, no jogo contra o Salgueiro, no próximo dia 28, ?s 19h, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro/PE, pela quinta rodada da competiç?o, o volante Dudu Cearense afirmou que está ? disposiç?o da comiss?o técnica tricolor para ser utilizado e aguarda nova oportundiade na equipe.

"N?o estou tendo a sequ?ncia que eu quero devido aos meus companheiros estarem muito bem. Estamos em uma guerra, que é a Série C, e eu sou o soldado da equipe. Existe um pelot?o de frente, e eu estou um pouco atrás, trabalhando muito para conseguir minha oportunidade, que pode chegar no próximo jogo ou quando quiser o professor Chamusca", disse o meio-campista. "O pelot?o de trás está trabalhando muito forte. Quem está na frente n?o quer sair, e quem está fora quer entrar. É uma disputa sadia e salutar entre todos, que é importante, e quem ganha é o Fortaleza", completou.

Com currículo extenso, o vitorioso volante de 32 anos, natural de Fortaleza, destacou que o histórico n?o é suficiente para se destacar no futebol atual. Campe?o estadual deste ano com o Le?o, Dudu Cearense também já conquistou títulos como Copa do Nordeste, Copa América, Campeonato Mundial sub-20, campeonatos nacionais de Grécia e Rússia, além de outros estaduais.

"No Brasil, n?o existe isso. O nome e a história n?o jogam, o que vale é hoje. Sou um cara que trabalha muito no dia a dia, me dou bem com todo mundo no vestiário. Tenho ética no meu trabalho e respeito meu clube e meus companheiros. Tenho que estar pronto para fazer minha parte bem feita quando chegar a oportunidade", declarou.

Dudu Cearense destacou que o Tricolor deve manter o foco de retornar ? Série B a cada rodada do Campeonato Brasileiro e alertou que o primeiro objetivo na competiç?o nacional é se consolidar no G-4 do Grupo A para selar a classificaç?o para as quartas de final, fase em que é decidido o acesso.

"Temos que pensar em subir a cada jogo. Nosso primeiro objetivo é classificar para a segunda fase, que é totalmente diferente. Acho que o último jogo foi uma simulaç?o do mata-mata, com o time todo atrás, esperando os contra-ataques", falou o camisa 22.
-.-.-.-.-

Como disse Lopez: Todos ganharíamos se Dudu Cearense voltasse a jogar.

Futebol.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 24-6-15 em 07:06 PM Responder com Citação
Pio



Artilheiro do Fortaleza na temporada, ao lado do meia Éverton, com sete gols (tr?s no Campeonato Cearense, um na Copa do Nordeste e tr?s na Série C), o volante Pio comemora a boa fase com a camisa tricolor. O camisa 8 diz que trabalha diariamente para qualificar a finalizaç?o e pretende prolongar o bom momento até o final do ano para alcançar os objetivos do Le?o.

"Passei bons momentos em outras equipes, mas 2015 é meu melhor momento, com a camisa do Fortaleza, e espero manter essa performance junto com meus companheiros para que possamos alcançar nosso objetivo", disse. "Uma das minhas qualidades é a finalizaç?o, bola parada. A cada dia tento aperfeiçoar e aprimorar minha finalizaç?o. Graças a Deus, está dando certo nos jogos", festejou o jogador cearense.

Apesar da boa fase, Pio alerta que n?o há cadeira cativa no time titular e destaca a briga natural e sadia por posiç?o. Recuperado de les?o muscular, o volante Corr?a volta a ser mais uma opç?o para os jogos do Campeonato Brasileiro, e o camisa 8 diz que a decis?o de definir a equipe está nas m?os da comiss?o técnica.

"É bom assim, dando dor de cabeça para o Chamusca. Com todo o respeito, ele que se vire para escalar o time. Mas creio que quem estiver melhor, treinando bem e mostrando que quer conquistar seu espaço na equipe titular, tem que fazer valer a pena", opinou Pio.

Depois da pausa de 20 dias da Série C em meio ? Copa América, o Fortaleza volta a disputar uma partida oficial no próximo domingo, diante do Salgueiro, a partir das 19h, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro/PE, pela quinta rodada. Pio destaca a qualidade do time pernambucano, que é o terceiro colocado e ainda está invicto, mas assegura que o Tricolor, líder do Grupo A, com dez, pontos, buscará o terceiro triunfo consecutivo fora de casa.

"Sabemos que vai ser uma partida muito difícil. O Salgueiro é uma equipe muito qualificada e é muito difícil jogar nos seus domínios, mas o Fortaleza está bem preparado", declarou. "O Fortaleza sempre entra para vencer e n?o vai ser diferente contra eles. Claro, temos que respeitar a equipe do Salgueiro, que é muito qualificada, mas o Fortaleza está ciente do dever que tem que fazer", completou o meio-campista.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
 Páginas:  1  2  3  4
Enviar nova mensagem


Subir para o início da página