Fortaleza Esporte Clube. FEC. Ativo pela última vez: Nunca
Não fez Login [Login - Cadastro]
Descer para o final da página

Versão para impressão | Assinar | Adicionado aos Favoritos   Enviar nova mensagem
 Páginas:  1  ..  3  4  5
Autor: Assunto: Marcelo Chamusca, técnico do Fortaleza a partir de 25/11/2013 até 20/10/2015
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 2-7-15 em 11:56 AM Responder com Citação
DN, 02/07/15



Voc? é muito religioso. Como a religi?o influencia no seu trabalho?
Sou católico que vai ? igreja. Gosto de ir ? missa. Sempre que posso, vou. Gosto de assistir ? missa, de cumprimentar o padre e sempre trocar alguma informaç?o sobre o serm?o que ele falou naquele dia. Gosto de ler a bíblia, dos salmos.
Tem tr?s salmos que leio sempre antes dos jogos, isso é uma pratica minha há muitos anos. Tenho muita fé. E acho que a sustentaç?o da religi?o te dá uma confiança muito grande. Te faz acreditar mesmo nos momentos mais difíceis, que a perna treme, quando voc? acha que n?o vai dar, mas se tem fé e acredita, as coisas acabam acontecendo.
Tenho colocado Deus nas minhas palestras para os jogadores, respeitando muito a religi?o de cada um. Inclusive, achei muito bacana a iniciativa do Corr?a e do Lima. Logo após a nossa conquista do Cearense, eles fizeram um culto de agradecimento. Todos nós fomos: comiss?o técnica e jogadores. Porque é importante pedir, mas é importante também agradecer.

E a sua família como está?
Minha família está muito bem, graças a Deus. Sou casado com a Patrícia, que me acompanha há muito tempo. Já s?o 22 anos de casado. De relacionamento, s?o 27.
Ent?o, ela conhece minhas manias, minhas virtudes, meus defeitos. Temos dois filhos maravilhosos. Mateus, que tem 17 anos, e Marcele, que tem 21. Os dois estudando. Marcele estuda direito, o Mateus está no segundo grau. E sempre que t?m possibilidade, v?m aqui me ver. A Patrícia também, mas tem de voltar logo para cuidar das nossas coisas em Salvador. É uma vida difícil, voc? fica longe das pessoas que ama. É muito sacrificante ser treinador, mas a isso me dedico 24 horas.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 2-7-15 em 11:58 AM Responder com Citação
DN, 02/07/15



Se sente realizado na profiss?o?
Sou extremamente realizado na profiss?o que escolhi. Venho aqui e me divirto. Voc?s da imprensa, que acompanham o nosso dia a dia, é difícil me observarem cabisbaixo. Existem certas preocupaç?es, isso é verdade, somos muito cobrados, ?s vezes, só pelos resultados, mas n?o pelo trabalho que fazemos. O Silas tem raz?o: é muito sacrificante, desgastante e estressante.
Por exemplo, meu pai vai completar 84 anos e n?o vou poder participar da festa de aniversário dele. Por outro lado, meu pai é muito realizado. Tem dois filhos treinadores. Inclusive, dois anos atrás, ele sofreu um infarto e até falou brincando no hospital: "n?o tem coraç?o que aguente dois filhos treinadores". Ent?o, a gente se priva bastante. Mas eu n?o saberia viver sem futebol. Tanto que só consegui sobreviver tr?s meses sem ele. N?o aguentei e voltei.

E sobre a conquista do título cearense, como foi viver aquele momento, com um gol nos acréscimos?
Tenho muitas histórias de superaç?o, mas nada como aquela atmosfera, foi uma situaç?o ímpar, que nunca vivi. Primeiro, estar com aquele público, com duas torcidas apaixonadas. Segundo, a história que se cercou para aquilo acontecer. Cara, era um peso muito grande. E a gente convive com o torcedor todo dia, na rua, no treino, aqui, em lugares públicos...
Ent?o, a gente via o tanto que o nosso torcedor era sedento por essa conquista. Uma virada daquela, aos 45 do segundo tempo, porque o jogo estava controlado e, de uma hora para outra, nos desestabilizamos e acabamos tomando o segundo gol de uma forma que só se apegando muito a Deus. Voc? tem de ser muito forte. E vou lhe confessar: quando vi os caras saindo, comemorando, voltei para o banco e as pernas fraquejaram, olhei para o céu e falei 'n?o é possível que vou viver tudo isso de novo'. Mas no mesmo momento me veio uma força para n?o me sentar. Porque se me sentasse, era um gesto de que estaria me entregando. E tive uma presença de espírito muito grande, até me arrepio para falar. Pensei: 'se cair, vou cair de pé'. E continuei em pé. Aí, o Corr?a chegou para mim e disse 'quanto tempo falta, professor?' Respondi que faltavam quatro minutos para sermos campe?es. Tudo aconteceu no tempo certo e o dedo de Deus prevaleceu.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 2-7-15 em 11:59 AM Responder com Citação
DN, 02/07/15



Ent?o, voc? acha que Deus...
Sim, claro. Tenho fé de que nada acontece se voc? n?o tiver merecimento. E o que a gente faz aqui no dia a dia, o comprometimento desse grupo de trabalho, os heróis invisíveis, nossos funcionários: seu Manoel, Toinha, o nosso diretor Evangelista Torquato, que fez uma palestra no primeiro jogo que comoveu a todos contando sua história de vida, para n?o desistirmos nunca. Isso tudo é somatório. Mas o mais importante é que merecemos que isso acontecesse.
E buscamos no poder de acreditar. Mesmo no momento mais difícil, tivemos a presença de espírito. A gente teve a força necessária para continuar acreditando, e n?o é fácil. E acho que foi esse acreditar que fez com que a gente conquistasse o título.

Mário Kempes
Editor assistente




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
NonatodeManaus
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2752
Cadastrado: 2-10-03

Naturalidade: Pentecoste-CE.

O usuário não está online

Humor: Sempre confiante

enviada em 3-7-15 em 02:02 PM Responder com Citação


Cada dia sou mais f? desse cara.



Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
AlessandroFontenele
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2300
Cadastrado: 22-8-03


O usuário não está online

Humor: De Prima

enviada em 3-7-15 em 07:12 PM Responder com Citação


Bora, Chamusca.
Mas vamos dar condiç?o pro cara, né?
Jogar sem ataque e s em goleiro num dá n?o.
O Berna nunca foi grandes coisas quando era novo, imagina agora.
Mas a verdade é que um cone é bem melhor do que o Viola.
Agora a gente tem que arrumar um centroavante de verdade e um segundo atacante pra contrataque. Num é meia de aproximaç?o como o Maranh?o e o Sobralense n?o, é atacante mesmo. Cad? o Léo Jaime?
Abs, Alex




Bora, Le?o!
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 9-7-15 em 11:41 AM Responder com Citação
Tom Barros, 09/07/15, Perigo do placar minguado



Tenho enaltecido muito o Fortaleza, que faz a melhor campanha da Série C do Campeonato Brasileiro (16 pontos). E uma melhor campanha que vai além do seu grupo, pois no Grupo B, de onde sairá seu futuro adversário no mata-mata, o G-4 está assim: Tupi/MG (14 pontos), Brasil/RS (12), Londrina/PR (11) e Juventude/RS (10). Quando, porém, insisto num melhor índice de aproveitamento nas conclus?es, remeto a situaç?o para o mata-mata, onde o gol fora de casa é elemento definidor no caso de empate por pontos após as duas partidas. Ora, há tr?s jogos o Fortaleza vem marcando um gol por partida: 1 x 1 com o Asa, 1 a 0 no Salgueiro e 1 a 0 no América/RN. Esse placar minguado de 1 a 0 n?o me agrada porque n?o segura ninguém. Basta um vacilo para tudo mudar de rumo.

-.-.-.-.-.-.

Como diz o Lopez
Estou achando que o Chamusca mata os centroavantes, nesse seu esquema.





No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 6-8-15 em 04:07 PM Responder com Citação


O técnico Marcelo Chamusca assegura o comprometimento em busca da classificaç?o ?s quartas de final da Série C e destaca a importância do confronto de líderes do Grupo A, diante do Vila Nova, neste sábado, ?s 16h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO, em jogo válido pela 11? rodada.

O comandante tricolor projeta mais uma dura partida contra o time goiano - característica inerente ? competiç?o nacional, segundo ele - e admite que a disputa pela ponta da tabela é mais um atrativo para o duelo. O Le?o é o líder, com 23 pontos, enquanto o Vila Nova ocupa a segunda posiç?o, com tr?s pontos a menos.

"Todos os jogos da competiç?o s?o muito difíceis, cada um com sua característica. A gente sempre encara os jogos com muito respeito aos adversários. Nesses jogos de volta, n?o acredito que seja diferente. A expectativa é que todos os jogos sejam de muita dificuldade e a briga por posiç?es no campeonato vem mostrando isso. O Vila Nova, nosso próximo adversário, vive um momento bom na competiç?o, vai jogar em casa e é um clube com tradiç?o e história. A tabela da competiç?o já dá uma demonstraç?o: os dois times que est?o na frente. É uma briga pela liderança, um jogo altamente motivante para as duas equipes. A expectativa é de um jogo muito difícil", projetou.

Chamusca aponta a tradiç?o do adversário no cenário local e ressalta o bom momento da equipe. Com a lembrança do jogo do primeiro turno na memória, vencido pelo Tricolor de virada, na Arena Castel?o, o treinador alerta para a sequ?ncia invicta do Vila Nova e espera um confronto ? altura da campanha dos dois times.

"O time está em um momento bom, há cinco jogos sem perder, com a torcida motivada. O Vila Nova é um time de masse e com história grandiosa, como o Fortaleza. A história dos dois clubes já dá uma demonstraç?o da grandeza desse confronto. O Vila Nova está com um bom time. No nosso segundo jogo, o primeiro dentro de casa, ganhamos por 3 a 2, mas foi um jogo muito difícil", disse.

O Fortaleza viajou nesta quinta-feira para se adaptar ao clima goiano. As dimens?es maiores do gramado do Serra Dourada, porém, ser?o mais um ingrediente para a partida, mas Marcelo Chamusca n?o cr? que isso será prejudicial. O técnico prev? um jogo com maior qualidade técnica e exalta o padr?o tático da equipe.

"Quando se tem mais espaço, a possibilidade de melhorar a qualidade do jogo é maior, porque se tem mais espaço para trabalhar e n?o fica com tanto contato físico. Tem que saber se organizar e estar bem posicionado, até porque se correr errado ?s 16h, em Goiânia, em um campo daquele tamanho, vai se desgastar muito. Tem que ter intelig?ncia para jogar. N?o é só correr; tem que saber correr, se posicionar e estar com os espaços bem ocupados. Nosso time é organizado, preza pelo posicionamento tático e tem bom recomposiç?o. Ent?o, temos tudo para fazer um grande jogo", ponderou.

Assessoria de Comunicaç?o do Fortaleza Esporte Clube
Afonso Ribeiro e Raíssa Feijó
imprensa@fortalezaec.net




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
NonatodeManaus
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2752
Cadastrado: 2-10-03

Naturalidade: Pentecoste-CE.

O usuário não está online

Humor: Sempre confiante

enviada em 9-8-15 em 03:42 AM Responder com Citação


Gosto muito do trabalho do Chamusca, já tenho escrito isso diversas vezes, mas o fantasma das eliminaç?es passadas ainda me assustam, e confesso que fico muito preocupado com essa fidelidade do nosso treinador ao time que ele considera titular.
Jogadores como Pio e Daniel Sobralense oscilam bastante em suas atuaç?es; Maranh?o evoluiu muito o seu futebol, mas acha que joga bem mais que a sua realidade; Lúcio Maranh?o eu nem jogador de futebol considero.
Quando se monta um bom elenco, com opç?es boas de reposiç?o, é para que essas peças sejam usadas em situaç?es que um ou outro jogador n?o estiver atuando bem, por contus?o, ou quando se precisa buscar outras alternativas dentro do jogo.
Essa fidelidade ao time que ele considera titular me lembra muito a tal família Scolari, treinador birrento que bancava seus preferidos e defendia como ninguém suas convicç?es, algumas bem equivocadas.
O mata mata está chegando, e n?o podemos correr riscos de por exemplo abdicar de jogar como na partida de hoje contra o Vila Nova, pensando no jogo da volta, olha o exemplo do Macaé ano passado.
Chamusca tem nas m?os a grande chance de consolidar de vez a carreira, ou a de carregar o rótulo de amarel?o e fracassado (Deus nos livre).




Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
Anaximandro
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2289
Cadastrado: 9-8-03

Naturalidade: Fortaleza

O usuário não está online

Humor: Campe?o Cearense de 2015

enviada em 9-8-15 em 02:57 PM Responder com Citação


Faço minha a sua escrita, Nonato.
O Chamusca me passa a impress?o de estar meio perdido, pois é visível a involuç?o do time nos últimos jogos, inclusive na vitória contra o Icasa.
É inadmissível que o time do FEC tome um calor do início ao final do jogo sem reagir, sem mostrar a ofensividade que o caracteriza(ou).
A burrice em manter lúcio Maranh?o, a insist?ncia com o Dudu, que n?o tem condiç?o de vestir a camisa de um time profissional, além de outras situaç?es.
E a teimosia persiste quando o time volta pro segundo tempo.
Sinceramente, n?o sei como transcorrer?o as próximas partidas, mas eu já deixei de acreditar nesse time; pra mim, se ocorrer um novo fracasso no mata mata, n?o será nenhuma surpresa.

[Editado em 9-8-2015 por Anaximandro]




Anaximandro
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
SérgioMaia
Sub-21
*****




Mensagens: 306
Cadastrado: 4-8-03

Naturalidade: Fortaleza/CE

O usuário não está online

Humor: desconfiado

enviada em 9-8-15 em 11:37 PM Responder com Citação


Sei n?o.
Acho que estamos todos escaldados - com toda raz?o. Os seis anos de série C nos tornaram céticos e desconfiados.
N?o vejo a qualidade que exigimos do nosso time nos nossos adversários.
Estou vendo agora Caxias e Juventude e o jogo é de amargar.
Só bola rifada, os times n?o d?o tr?s passes certos. O Caxias, tudo bem, tá mal na competiç?o. Mas o Juventude tá brigando pelas primeiras posiç?es.
Medonho
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
Anaximandro
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2289
Cadastrado: 9-8-03

Naturalidade: Fortaleza

O usuário não está online

Humor: Campe?o Cearense de 2015

enviada em 10-8-15 em 04:29 PM Responder com Citação


Citação:
Mensagem original enviada por SérgioMaia
Sei n?o.
Acho que estamos todos escaldados - com toda raz?o. Os seis anos de série C nos tornaram céticos e desconfiados.
N?o vejo a qualidade que exigimos do nosso time nos nossos adversários.
Estou vendo agora Caxias e Juventude e o jogo é de amargar.
Só bola rifada, os times n?o d?o tr?s passes certos. O Caxias, tudo bem, tá mal na competiç?o. Mas o Juventude tá brigando pelas primeiras posiç?es.
Medonho

Também consegui ver uma meia hora desse show de horrores que voc? mencionou: Juventude e Caxias.
Simplesmente horrível.
Acontece que um eventual adversário desses no morre morre n?o é sinal de que subiremos. Ano passado era impossível dizer que n?o subiríamos.
O Macaeba era um time horroroso, n?o fazia gol em ninguém, mas aí aconteceu aquilo que sabemos. E n?o é que o Macaeba foi campe?o da série C.
O time que aparentemente n?o iria nos incomodar, acabou sendo o campe?o. "Pegou ar" com a improvável eliminaç?o do Fortaleza e se superou.
Sem pieguismo e sem modéstia, mas o Fortaleza é de longe o melhor time e elenco dessa série C, afora o fato de ser o time mais representativo.
Mas isso n?o quer dizer, nem de longe, que subiremos, até porque o peso da camisa joga contra nós. Quem nós pegarmos na fase do morre morre jogará sem a press?o que iremos jogar.
Jogamos tr?s campeonatos nessa série C: a primeira fase, o morre morre, e depois, pra quem passa, a briga pelo título.




Anaximandro
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 11-9-15 em 11:13 AM Responder com Citação
O Povo, 11/09/15



Marcelo Chamusca diz n?o tirar da mente um só minuto o sonho de subir o Fortaleza para a Série B do Brasileiro. Chega a ser uma obsess?o, nas palavras dele. Um sentimento justificado por tudo que ele já passou no clube, pelo qual está na segunda temporada. Na bagagem, a frustraç?o do quase acesso em 2014, com a eliminaç?o para o Macaé.
No horizonte, a confiança de que “agora vai”. Em entrevista exclusiva ao O POVO, o treinador conta como está se preparando para encarar o mata-mata. E revela que vem sendo muito procurado para treinar outras equipes. Mas garante: nada o tira do Tricolor no momento.

O POVO - O que representaria para voc? subir o Fortaleza para a Série B?
Marcelo Chamusca - Seria, mais uma vez, um fato marcante na minha carreira. Quando fui contratado em dezembro de 2013, foi pra isso: subir o Fortaleza. Quando cheguei e comecei a sentir o clube, quando vi aquele momento ruim e pessimista, coloquei como meta fazer o Fortaleza voltar ? Série B. Eu passei por todos os estágios dessa construç?o. Desde o ano passado, no Estadual, depois na Série C, este ano teve a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e o Estadual, que nós ganhamos. Participei de um processo. Ent?o, conseguir conquistar uma meta depois um longo período que voc? está trabalhando, e ainda deixar um legado, para qualquer treinador é extremamente gratificante.

OP - O que voc? acha que deve ser feito de diferente este ano em relaç?o ao ano passado?
Chamusca - Precisamos ter um pouco mais de ambiç?o no primeiro jogo do mata-mata para poder trazer uma condiç?o melhor para o segundo jogo. Vamos rever algumas situaç?es. Ano passado, permiti a abertura dos treinos para a torcida. Isso acaba dando ao adversário uma certa condiç?o de usar isso como fator de motivaç?o. “Ó, os caras est?o fazendo festa lá”. Em momento nenhum o nosso intuito foi esse. Nosso intuito era trazer o torcedor para mais perto. Como treinador, também usaria esse fator como fator de motivaç?o. Só que ano passado eu n?o tinha noç?o do tamanho que ia ser quando a gente abrisse o treino. Hoje já tenho. De mil pessoas no aeroporto, quatro mil pessoas no treino pré-viagem. Essas experi?ncias fizeram com que eu ganhasse maturidade e experi?ncia maior.

OP - O que faz voc? crer que agora vai dar certo?
Chamusca - Todo mundo sofreu muito quando nós fomos eliminados pelo Macaé (2014). Mas ninguém sofreu mais do que eu, porque investi muito do meu tempo, do meu profissionalismo e da minha dedicaç?o. Continuo da mesma forma. Só que agora mais amadurecido, conhecendo melhor o clube. Hoje vivemos uma condiç?o melhor. Estamos muito fortalecidos pela conquista do título estadual, que ano passado nós n?o tivemos. Hoje vejo que os torcedores est?o pensando de forma diferente. (O acesso) É um compromisso que eu tenho com minha carreira enquanto treinador. Vivi tudo que eu poderia viver aqui. Minha obsess?o é conseguir o acesso e presentear o torcedor e a todos que est?o ansiosos por esse momento. Agora estou tendo uma nova oportunidade. E pode ter certeza que eu vou fazer de tudo para n?o perder essa chance.

OP - Caso o time conquiste o acesso, como imagina que ficaria sua imagem perante a torcida?
Chamusca - Temos a possibilidade grande de deixar o nosso nome mais marcado ainda, porque o título estadual já marcou, pelo período que o time ficou sem títulos. Ainda mais da forma como foi. Eu acho que o meu nome vai ficar muito forte perante a torcida. N?o só pela conquista, mas pelo trabalho que é reconhecido. Pelo o que fazemos no dia a dia, pela nossa postura. Hoje sou extremamente realizado pelo que já fiz no Fortaleza, mas sei que falta a cereja no bolo, que é a nossa ansiedade maior, do nosso torcedor, que é o acesso.

OP - Como voc? v? essa valorizaç?o do seu trabalho no mercado, em que voc? é procurado por vários clubes?
Chamusca - É natural pelo trabalho que já venho realizando aqui. Os clubes veem que estou aqui há um ano e meio e que estou aqui com uma estatística muito positiva. As pessoas veem que o Fortaleza tem um padr?o, uma forma do time jogar. Nosso trabalho é reconhecido porque trabalhamos com excel?ncia. O treinador mais novo, mais estudioso, que está se atualizando, acaba tendo essa visibilidade.

OP - Esta semana seu nome foi ventilado como possível técnico do Náutico. Houve proposta?

Chamusca - Neste momento, nenhuma proposta pra mim é mais importante do que subir o Fortaleza. Pode anotar o que disse. Quando precisei sair no final do ano passado, n?o foi por dinheiro. N?o coloco dinheiro na frente. Já recebi várias propostas. Até dobrando o meu salário. Isso n?o me mobiliza. O que me mobiliza é o projeto, é o objetivo, o que o clube vai me oferecer, é eu estar feliz no lugar. Quando saí é porque tinha uma situaç?o que n?o estava me agradando. N?o tem nada que me faça, nada, nenhum dinheiro, nenhuma mobilizaç?o externa, que faça perder o foco do meu objetivo maior, que é subir o Fortaleza.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
NonatodeManaus
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2752
Cadastrado: 2-10-03

Naturalidade: Pentecoste-CE.

O usuário não está online

Humor: Sempre confiante

enviada em 11-9-15 em 02:42 PM Responder com Citação


Sou f? do Marcelo Chamusca, pelo que fez ano passado quando acreditou e colocou para jogar jovens valores revelados pelo Clube.
Gosto do seu estilo de jogo, sempre ofensivo mas sem descuidar de uma forte marcaç?o, onde todos voltam para marcar, como exige o futebol moderno.
É um cara relativamente jovem, ainda tem muito a aprender e a desenvolver em sua carreira como treinador.
Além disso demonstra humildade, ao admitir ter lhe faltado ambiç?o (coragem) no jogo de ida contra o Macaé.
Como ainda n?o inventaram o profissional, o homem perfeito, seu maior defeito em minha modesta opini?o, é que demora muito em substituir, mas aí tem o atenuante de n?o ter essas opç?es todas no banco.
Mas, raramente ele substitui antes dos 25 minutos do segundo tempo, como se aquele jogador que n?o rendeu nada no primeiro tempo fosse começar a resolver, sem se falar que o atleta que entra terá pouco tempo para mostrar serviço.
Trata-se de um grande profissional, eu diria um dos melhores das séries B e C do brasileir?o.




Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 20-9-15 em 11:13 AM Responder com Citação


Após a semana de preparaç?o para o confronto com o Botafogo-PB, neste domingo, a partir das 19h, no estádio Almeid?o, em Jo?o Pessoa/PB, válido pela 17? rodada da Série C, o técnico Marcelo Chamusca garante que o Fortaleza está em condiç?es de ter um bom desempenho e conquistar o triunfo para se manter na liderança do Grupo A.

Em entrevista coletiva, o comandante tricolor explicou a indefiniç?o no setor ofensivo da equipe, comentou sobre as demais alteraç?es por desfalques e suspens?es, analisou o time paraibano, falou sobre a disputa pela primeira colocaç?o da chave e opinou sobre o meia Jean Mota, recém-contratado pelo Le?o.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
NonatodeManaus
Craque
********


Avatar


Mensagens: 2752
Cadastrado: 2-10-03

Naturalidade: Pentecoste-CE.

O usuário não está online

Humor: Sempre confiante

enviada em 22-10-15 em 11:19 AM Responder com Citação


Chega o fim o ciclo do treinador Marcelo Chamusca no Fortaleza.
Ele, que chegou oriundo do modesto Salgueiro, n?o tem do que se queixar, pois o Fortaleza mesmo estando na série C lhe deu muita visibilidade, e hoje n?o é mais um ilustre desconhecido como quando chegou ao Pici.
É um treinador relativamente jovem, ainda tem muito a crescer na profiss?o, desde, é claro, que queira estudar para isso e rever alguns dos seus conceitos.
O que eu acho do Marcelo Chamusca é que ele sabe armar seu time para um jogo bonito, ofensivo, mas que precisa evoluir muito em outros quesitos, como por exemplo:
1) N?o vejo o Chamusca capaz de armar seu time para anular as jogadas fortes do adversário, vide o primeiro jogo contra o Brasil, onde todos sabíamos que o forte do time gaúcho era o jogo aéreo, que eles abusaram de fazer o jogo todo e o Fortaleza nada fez para impedir.
2) O mais grave defeito dele é o fato de ele trabalhar com quase 30 jogadores no elenco, e usar apenas uns 15, desprezando os demais.
3) Demora demasiadamente para substituir, jamais o faz antes dos 15 ou 20 minutos do segundo tempo.
4) É muito teimoso, e essa teimosia tende para burrice, ao bancar a perman?ncia no time titular de alguns jogadores sem nenhuma capacidade técnica ou em péssimo momento...ano passado o Marcelinho Paraíba andava em campo, armava os contra ataques adversários, mas foi titular absoluto em toda a série C...esse ano fomos para o jogo final precisando vencer, e nossa refer?ncia no ataque era o Lúcio Maranh?o, jogador que teve uma única fase boa na vida no Asa, e de lá para cá nada mais fez...e foi titular.
5) N?o vejo o Marcelo Chamusca fazer mudanças em esquema tático, joga sempre da mesma forma, tornando o nosso time muito previsível, e quando jogamos com times que tinham treinadores inteligentes, nosso time era anulado.
Resumindo, ele teve uma oportunidade em um time grande, de massa, ganhou bem e acredito recebeu em dia.
Vá com Deus e sucesso em sua carreira, seja humilde e tente aprender com seus erros.




Visualizar o Perfil do Usuário Enviar e-mail para o usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário Este usuário tem MSN Messenger
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 22-10-15 em 06:32 PM Responder com Citação
Saiu



Nesta terça-feira, a Diretoria Executiva do Fortaleza Esporte Clube e Marcelo Augusto Oliveira Chamusca selaram, em comum acordo, a saída do treinador do comando técnico do time profissional de futebol.

Marcelo Chamsuca, 49 anos, comandou o Tricolor entre janeiro a outubro de 2014 e março a outubro de 2015. No total, foram 86 jogos ? frente da equipe, com 50 vitórias, 27 empates e nove derrotas. O técnico obteve o título do Campeonato Cearense deste ano, chegou ?s quartas de final da Copa do Nordeste e levou duas vezes o Le?o ?s quartas de final do Campeonato Brasileiro.

"Nós tínhamos contrato com ele até o final da Série C. É um treinador jovem, promissor, que tem muito conhecimento e compet?ncia. De comum acordo, decidimos que cada um seguirá a sua vida. Vamos começar a procura de um novo treinador", afirmou o presidente Jorge Mota.

"Tivemos um consenso. Ele entendeu que o ciclo dele aqui já tinha terminado. Foi uma coisa acordada e foi muito bom porque tivemos um relacionamento muito bom durante a temporada, tenho muito a agradecer a ele pelo título de 2015, em que nos ajudou a conquistar, mas infelizmente o acesso n?o veio e temos que ir adiante", explicou o mandatário.

"Sou extremante grato ? diretoria, pela oportunidade; aos jogadores, pela dedicaç?o nos treinamentos e jogos; ? comiss?o técnica e todos os funcionários do clube, que trabalharam arduamente para nos oferecer as melhores condiç?es possíveis para o exercício das nossas funç?es e para extrair o máximo dos atletas; ? imprensa, que tem papel fundamental para a sociedade por meio de seus registros históricos e pela maneira respeitosa com que nos tratamos ao longo deste período; e, principalmente, aos torcedores, apaixonados pelo Le?o, que nos deram apoio total e irrestrito durante todos os momentos e que certamente merecem um clube cada vez maior", agradeceu Chamusca. Além do treinador, o auxiliar técnico Caé Cunha e o analista de desempenho Leonardo Porto também deixam o clube.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
guaramiranga
Super Craque
*********


Avatar


Mensagens: 6541
Cadastrado: 1-8-03

Naturalidade: Botija - Guarami

O usuário não está online

Humor: Esses DIRETORES s?o de PRIMEIRA!

enviada em 29-10-15 em 08:17 PM Responder com Citação
Graziani



Marcelo Chamusca falou nesta quarta-feira com exclusividade ao Resenha Esporte Clube, do Esporte Interativo, programa exibido direto do Recife. O técnico assumiu sua parcela de culpa na eliminaç?o do Fortaleza para o Brasil de Pelotas, nas quartas de final da Série C, mas também responsabilizou os jogadores e a diretoria. Ele tem raz?o. N?o é justo atacar um lado apenas da história. A incapacidade de passar por mais um mata-mata foi geral.

Da entrevista, discordei de Chamusca quando ele citou que o Fortaleza jogou melhor do que o Brasil nos dois jogos, o que n?o ocorreu. No primeiro, o time gaúcho foi melhor, com boa vantagem, inclusive. Apontar o regulamento como causa do insucesso também n?o é coerente. Apesar de ser esdrúxulo e injusto, n?o era algo desconhecido e o Fortaleza tinha que se preparar para tal.

No mais, Chamusca poderia ter montado um time mais ousado no jogo contra o Brasil no Castel?o, mas ele é muito bom técnico, tem ótimos números pelo Fortaleza, trabalha bastante, estuda, é responsável e sério. Estava cercado de bons profissionais. Seu analista de desempenho, por exemplo, Leonardo Porto – o entrevistamos no Futebol do POVO – acaba de ser contratado pelo Santos a pedido de Dorival Junior.

Entretanto, era hora dessa relaç?o com o Fortaleza ser interrompida. Melhor para o clube, que precisa se renovar e tentar outras alternativas para subir. N?o há uma forma pronta e acabada. Sou a favor de trabalhos longos, mas n?o havia chance alguma de sustentar um bom clima com as eliminaç?es para Macaé e Brasil-RS. Machucou demais a torcida.

Para o técnico também era o momento certo da desvinculaç?o. Ele necessita trilhar outros caminhos, conhecer novos clubes, experimentar, vencer, perder, provar para si mesmo que pode ter sucesso depois dos 20 meses dedicados ao tricolor. Ele é jovem para a funç?o e se nada sair do trilho em alguns anos estará treinando times da Série B e também da Série A com sucesso.




No final, nós nos lembraremos do sil?ncio de nossos amigos e n?o das palavras de nossos inimigos. Luther King
Visualizar o Perfil do Usuário Visualizar todas as mensagens do usuário Enviar Mensagem Privada ao Usuário
 Páginas:  1  ..  3  4  5
Enviar nova mensagem


Subir para o início da página